Pelo menos 59 infetados com covid-19 participaram em escaladas ao Everest

1

Pelo menos 59 pessoas infetadas com covid-19 participaram em escaladas ao Everest em 2021, segundo entrevistas e relatos em redes sociais pelos próprios e pelas suas equipas.

De acordo com New York Times, Jangbu Sherpa terá sido a primeira pessoa a chegar ao pico, a 11 de maio, depois de ter estado doente. Hospitalizado em abril, liderou a expedição em maio.

O Nepal é dos países mais afetados pela pandemia e origem da delta plus, considerada ainda mais perigosa que a variante delta. Apesar dos testemunhos de infetados, o governo e o departamento de turismo não reconheceram os surtos no local, mesmo com evacuações aéreas de doentes e cancelamento de expedições.

Só após a temporada das escaladas é que as agências organizadoras começaram a perceber o número crescente de infeções por covid-19, principalmente no acampamento base onde se mistura um maior número de montanhistas.

O New York Times estimou que, em 2019, a indústria em redor da escalada e caminhadas no Everest terá gerado receitas de dois mil milhões de dólares.

  Taísa Pagno //

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE