Índia vai lançar missão à Lua na próxima segunda-feira

Marshall Space Flight Center / NASA

A agência espacial da União Indiana informou nesta quinta-feira que vai efetuar na próxima segunda-feira o lançamento da nave não-tripulada para a Lua depois de a missão ter sido abortada esta semana.

O organismo Indian Space Research Organization disse que o lançamento da Chandrayaan-2 foi agendado para a madrugada da próxima segunda-feira acrescentando que os especialistas corrigiram os problemas técnicos que tinham sido detetados.

A missão que pretende enviar para a Lua uma nave de 640 toneladas foi cancelada na segunda-feira passada, uma hora antes do lançamento. A nave não tripulada deveria alunar em 6 ou 7 de setembro, depois de permanecer na órbita da Lua.

A Chandrayaan, que em sânscrito significa “cratera”, foi projetada para alunar no pólo sul do satélite da Terra e está equipada com um veículo que vai explorar depósitos de água detetados pelas missões orbitais que a agência espacial indiana realizou anteriormente.

K. Sivan, presidente da Indian Space Research Organization disse que a missão Chandrayaan-2 custou 140 milhões de dólares e é a mais significativa operação espacial da União Indiana devido às complexidades técnicas envolvidas na alunagem. O responsável descreveu a alunagem como “terríveis 15 minutos” referindo-se ao tempo que vai durar a operação.

Caso a missão tenha sucesso a União Indiana passa a ser o quarto país a conseguir alunagens do mesmo género, depois das operações dos EUA, Rússia e República Popular da China. Depois da Chandrayaan-2, a Índia pretende tornar-se no quarto o país a enviar humanos ao espaço, missão que pretende realizar até 2022.

Os EUA, que assinalam este ano o 50.º aniversário da missão que levou Neil Armstrong e Buzz Aldrin à Lua, estão a preparar uma nave espacial tripulada que deverá ser enviada ao polo sul da superfície lunar até 2024.

A primeira missão da Índia à Lua foi realizada em 2008 e, entre 2013 e 2014, o país colocou um satélite em órbita ao redor de Marte, tendo esta sido a sua primeira missão interplanetária.

O primeiro-ministro da India, Narendra Modi, disse que o país demonstrou a sua capacidade como potência espacial quando testou com sucesso uma arma antissatélite, em março passado, estando ao nível dos Estados Unidos, da Rússia e da China.

Num país em que 1,3 mil milhões de pessoas são pobres e que tem uma das maiores taxas de mortalidade infantil, há quem questione os mais de 125 milhões de euros que custa Chandrayaan-2.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. …125 milhões, a dividir por 1350 milhões daria aproximadamente 93mil euros a cada pessoa pobre, isto na Índia é uma fortuna e erradicaria a pobreza instantaneamente se esta dependesse apenas dos números…
    posso estar a ser inocente mas, efectivamente, esta malta tem as prioridades trocadas e compreende-se bem o último parágrafo.

    • Hahahaaa…
      Mas tu pensas?!
      Com essa capacidade para fazer contas, ainda chegas a Ministro da Finanças ou, quem sabe, ao FMI!!

      • …devo desculpas aos doutos e atentos comentadores, a quem agradeço a correcção, confesso que fiz a conta de cabeça, e, 125 (milhões) a dividir por 1350 (milhões) daria aproximadamente 0.09 (milhões <- mehda), ou seja aprox 90mil euros.
        Não tenho qualquer pretensão política, relax.

RESPONDER

O Nepal proibiu, mas mulheres continuam a ser forçadas a dormir em "cabanas menstruais"

"Chaupadi" é uma tradição hindu, característica do Nepal, que força as mulheres a dormirem num abrigo quando estão menstruadas por serem consideradas impuras. Segundo o IFLScience, uma nova investigação mostra que 77% das raparigas que vivem …

O golo "doloroso" de Ansu Fati que fez dele o mais jovem jogador a marcar na Champions

Ansu Fati, avançado do Barcelona, tornou-se no mais jovem jogador de sempre a marcar um golo na Liga dos Campeões. Com 17 anos e 40 dias de idade, o espanhol faz mais uma vez história …

Almeida Henriques suspeito de receber avença enquanto esteve no Governo por favores a empresário

Almeida Henriques, antigo secretário de Estado Adjunto da Economia e Desenvolvimento Regional do Governo de Passos Coelho, e atual presidente da Câmara de Viseu, é suspeito de ter recebido dinheiro por favores ao empresário Agostinho …

Costa responde a Ventura: Programa do Governo não muda "semana sim semana não"

Recorrendo à ironia, o primeiro-ministro, António Costa, respondeu esta terça-feira ao deputado único do Chega, afirmando que o programa do Governo não muda "semana sim, semana não" consoante as críticas. No debate quinzenal na Assembleia da …

Pela primeira vez, porcos nascem com células de macaco (e morrem uma semana depois)

Pela primeira vez, cientistas chineses criaram pequenos leitões com órgãos que continham células de macaco. Os animais acabaram por morrer todos no espaço de uma semana. Os investigadores travam uma longa batalha para vir a desenvolver …

Iniciativa Liberal anuncia voto contra OE2020

O deputado único e presidente da Iniciativa Liberal (IL) anunciou esta terça-feira que o partido votará contra o Orçamento do Estado para 2020, depois de uma reunião com o Governo. "Este orçamento vai dar corpo ao …

Funcionários admitidos até 2005 podem perder férias se estiverem de baixa prolongada

Os funcionários públicos admitidos antes de 2006 e que estiverem de baixa por doença superior a 30 dias podem vir a perder dias de férias, segundo uma proposta do Governo ainda em negociação com os …

Tiroteio num supermercado em Nova Jersey faz seis mortos

As autoridades de Nova Jersey, nos Estados Unidos, informaram que o tiroteio registado num supermercado, esta terça-feira, causou seis mortos, entre os quais um polícia e dois suspeitos da autoria dos disparos. Os disparos foram ouvidos …

Atividade das amígdalas cerebelosas associada a comportamentos de bullying nos jovens

Certos padrões na atividade cerebral dos adolescentes, nomeadamente nas amígdalas cerebelosas, foi associada a comportamentos de bullying. Estes jovens revelaram ser menos empáticos perante rostos temerosos. O bullying é um problema social que afeta muitas crianças …

Já se sabe o que provocou o colapso violento do Kilauea

A erupção de 2018 em Kilauea, no Havai, caracterizou o espetacular colapso da caldeira do vulcão. Agora, novas investigações constatam que esta mudança dramática foi desencadeada por um pequeno derrame de magma do reservatório abaixo …