Índia não quer criminalizar violação marital porque os homens podem “sofrer”

O Governo indiano considerou, esta terça-feira, que criminalizar a violação marital poderia destabilizar o casamento e fazer com que fosse uma arma fácil para que as mulheres pudessem acusar falsamente os maridos.

Criminalizar a violação em contexto conjugal poderia “destabilizar” os casamentos e tornar os homens vulneráveis ao assédio por parte das suas esposas. Foi esta a justificação do Governo indiano em resposta a um pedido apresentado no Supremo Tribunal de Nova Deli, avança a Reuters.

Vítimas e grupos em defesa dos direitos humanos estão a tentar alterar a legislação indiana relativamente a este assunto, mas o Governo afirma que os maridos iam começar a ser falsamente acusados de violação se esta mudança fosse para a frente.

“Temos de nos assegurar que a violação conjugal não se converte num fenómeno que possa destabilizar a instituição do matrimónio, além disso, seria uma ferramenta fácil para assediar os maridos”, lê-se na declaração do Supremo Tribunal, citada pela agência.

A mesma declaração destaca ainda que a nação não deve “seguir cegamente os países ocidentais”, que criminalizam esta prática, e sublinhou que a iliteracia e a diversidade fazem da Índia um país único.

A violência sexual contra mulheres ocorre com grande frequência neste país. São muitos os casos de jovens violadas a caminho da escola ou em casa pelos familiares, bem como de mulheres levadas por homens em carros e violadas por gangues.

Só na capital registaram-se 2.199 casos durante o ano de 2015, o que dá uma média de seis violações por dia. As violações que são denunciadas ascendem às 20 mil por ano, embora se estime que o número deverá ser muito maior.

As normas conservadoras e patriarcais do país fazem com que seja difícil para as vítimas falar sobre a violência sexual levada a cabo pelos maridos, destacam ativistas.

Mais de 40% das mulheres casadas, com idades entre os 15 e 49 anos, já sofreram de violência doméstica, de acordo com dados do Governo, aumentando para 70% entre as noivas menores de idade.

ZAP // RT

PARTILHAR

RESPONDER

Trump chega a acordo com os democratas sobre orçamento para evitar “shutdown"

O Presidente norte-americano anunciou, esta segunda-feira, ter chegado a acordo com a oposição democrata quanto ao orçamento, evitando assim a perspetiva de paralisação (“shutdown”) da administração federal até às próximas Presidenciais. "Estou feliz por anunciar que …

Bianca Devins foi assassinada e as imagens partilhadas centenas de vezes na Internet

Uma jovem de 17 anos foi assassinada quando acompanhava o namorado a um concerto, nos Estados Unidos. O companheiro, que ainda tentou o suicídio após o crime, partilhou fotografias do cadáver da vítima na Internet, …

VianaPolis chega a acordo com casal. Já só restam sete moradores no prédio Coutinho

A VianaPolis informou, esta terça-feira, ter chegado a acordo com um casal que detinha um apartamento no prédio Coutinho, em Viana do Castelo, onde ainda permanecem sete pessoas em cinco frações. Em declarações à agência Lusa, …

Ghosn processa Nissan e Mitsubishi na Holanda

Carlos Ghosn, ex-presidente da Nissan e da Mitsubishi e ex-CEO da Renault, processou as duas fabricantes de automóveis japonesas e reclama uma indemnização de 15 milhões de euros. Carlos Ghosn instaurou à Nissan e à Mitsubishi …

Faturas detalhadas de telecomunicações estão a confundir os clientes, alerta a Deco

As faturas detalhadas de telecomunicações, adotadas na sequência da decisão da Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom), estão a confundir os clientes, revelou esta terça-feira a Deco Proteste, que considerou que a medida do regulador deve …

Catarina Martins entreabre porta a nova geringonça

Catarina Martins lembrou que nas últimas legislativas se fez na política "o que nunca se tinha feito antes" e alerta que o que se conseguiu alcançar "não chega" face a "tudo o que há para …

Destroços de navio interditam praia em Torres Vedras

A praia do Navio, em Santa Cruz, está interdita a banhos e a desportos náuticos devido ao aparecimento de destroços de um navio afundado. A praia do Navio, em Santa Cruz, no concelho de Torres Vedras, …

Ministro da Justiça demite-se após eleição de Boris Johnson (e não é o único)

O ministro da Justiça britânico, David Gauke, anunciou a sua demissão após ser conhecida a eleição de Boris Johnson para a liderança dos conservadores e a sua designação como primeiro-ministro do Reino Unido. No domingo, David …

TdC deteta pagamentos "ilegais" do Serviço de Saúde da Madeira a empresa que pertencia ao presidente

A sociedade gerida pelo então presidente do Serviço de Saúde da Madeira recebeu 116 mil euros do Serviço de Saúde da Madeira. O Serviço de Saúde da Madeira (SESARAM) autorizou "ilegalmente" o pagamento de 116 mil …

Fábio Coentrão apontado ao FC Porto

O lateral esquerdo, que se encontra neste momento sem clube, terá sido alvo de sondagem por parte do FC Porto para reforçar a equipa de Sérgio Conceição. Segundo o jornal A Bola, Fábio Coentrão já foi …