Índia vai construir 3.000 quilómetros de muros ao longo das ferrovias para evitar mortes

O Governo indiano quer construir mais de três mil quilómetros de muros – barreiras de cimento com cerca de 2,7 metros de altura – ao longo das vias férreas que atravessam zonas residenciais.

A Índia planeia construir mais de três mil quilómetros de muros ao longo das ferrovias numa tentativa de reduzir as dezenas de milhares de mortes provocadas por atropelamentos por comboios.

O Governo indiano informou que irá construir uma barreira de cimento com 2,7 metros de altura ao longo das vias férreas que atravessam zonas residenciais, adianta o jornal britânico The Guardian.

Segundo o The Indian Express, a decisão foi tomada pelo Ministério das Ferrovias após a recente tragédia no Punjab, em que 61 pessoas morreram atropeladas por um comboio, durante a celebração do festival hindu de Dusshera.

De acordo com os dados oficiais do Governo, nos últimos três anos morreram mais de 49 mil pessoas em acidentes deste tipo. As autoridades indianas especulam ainda que muitas das vítimas mortais poderiam estar distraídas com os seus telemóveis na hora do acidente.

Na Índia, os comboios são um meio de transporte vital. Diariamente, circulam 12 mil composições, transportando mais do dobro da população portuguesa: 23 milhões de passageiros.

No entanto, apesar de crucial, é uma rede muito problemática. Só no ano de 2015, morreram 33.700 pessoas vítimas de acidentes ferroviários. Segundo o diário, muitas delas morrera por quedas de composições a abarrotar ou sendo atingidas por outros comboios enquanto viajavam no exterior das carruagens.

Aliás, só na rede que serve a cidade de Mumbai morreram nos últimos cinco anos mais de 18 mil pessoas.

Em 2012, um relatório do Governo indiano classificou este problema de “massacre“. Ainda assim, o Governo relativizou o problema, adiantando que o número de mortes é proporcional à dimensão da rede e do número de utilizadores.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Messi já tem uma decisão tomada em relação ao seu futuro

Andoni Zubizarreta, dirigente do Barcelona, garante que Lionel Messi já tomou uma decisão em relação ao seu futuro no clube, embora não saiba qual é. Depois da novela que foi a situação de Lionel Messi no …

Menos dinheiro para estradas e mais para as empresas. Governo apresenta a versão final do PRR

O Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) vai ser divulgado na sua versão final esta sexta-feira. Durante a manhã, será apresentado ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. A apresentação do Plano de Recuperação e …

Os lobos de Yukon mudaram a dieta para sobreviver à extinção da Idade do Gelo

Os lobos cinzentos (Canis lupus) do território de Yukon, no Canadá, sobreviveram à extinção no final da última Idade do Gelo adaptando a sua dieta ao longo de milhares de anos. Os lobos cinzentos estão entre …

Termina esta sexta-feira 2.ª fase de adesão a medidas voluntárias na TAP

Termina esta sexta-feira a segunda e última fase de adesão a medidas voluntárias para os trabalhadores da TAP, depois de a companhia ter concedido mais uma semana aos colaboradores para analisarem as opções. A TAP anunciou …

EDP entrega aos deputados contratos das barragens, mas pede confidencialidade

Depois do pedido de esclarecimentos de alguns deputados, a EDP enviou ao Parlamento mais de 1500 páginas de documentos sobre os negócios das barragens, mas pediu confidencialidade.  A EDP já enviou ao Parlamento a sua resposta …

Tiroteio em armazém da FedEx nos EUA faz pelo menos oito mortos

Pelo menos oito pessoas morreram, esta quinta-feira à noite, no tiroteio ocorrido num armazém da empresa de serviços postais FedEx em Indianápolis, no estado norte-americano do Indiana. Segundo a porta-voz da polícia de Indianápolis, Genae Cook, …

Cientistas traduziram a estrutura de uma teia de aranha em música

Uma equipa de investigadores garante ter criado música a partir de uma teia de aranha. Os cientistas traduziram a estrutura de uma teia numa melodia — algo que pode ter aplicações que vão desde melhores …

Mais de 10 deputados suspeitos de declararem moradas falsas. Duarte Pacheco e João Almeida entre eles

A deputada do Bloco de Esquerda, Sandra Cunha, renunciou ao mandato na Assembleia da República por estar a ser investigada pelo Ministério Público (MP) por falsa morada. Contudo, a bloquista não é a única. De acordo …

"Decisão histórica". Supremo confirma anulação das sentenças contra Lula da Silva

O Supremo Tribunal Federal (STF) manteve, esta quinta-feira, a anulação das condenações ao ex-Presidente na Lava Jato de Curitiba, por corrupção, rejeitando um recurso da Procuradoria-Geral da República (PGR). Por oito votos contra três, o Supremo …

Houve "um erro de contagem". DGS retifica e Beja pode avançar para a 3.ª fase de desconfinamento

Esta quinta-feira, o primeiro-ministro, António Costa, anunciou que Beja era um dos sete concelhos que não passavam para a terceira fase do desconfinamento. Paulo Arsénio, presidente da Câmara Municipal de Beja, disse que os dados …