Índia introduz exame nacional de “ciência bovina”. Críticos dizem que é “propaganda hindu”

A Índia introduziu um exame nacional de “ciência bovina” para “infundir curiosidade” sobre as vacas, de acordo com as autoridades. Os críticos defendem que a medida politiza o animal e é um esforço promocional do governo nacionalista hindu do país.

De acordo com a CNN, o Governo indiano introduziu um exame nacional de “ciência bovina” opcional que acontecerá anualmente, principalmente para estudantes de escolas e universidades, embora o público em geral também possa realizá-lo, segundo a Rashtriya Kamdhenu Aayog (RKA), uma agência criada em 2012 para a proteção de vacas sob o Ministério da Pesca, Produção Animal e Leiteira.

As vacas são um tema controverso na Índia. Muitas pessoas entre a maioria da população hindu do país consideram o animal sagrado. Por isso, maioria dos estados proibiu a sua matança.

A RKA lançou um guia de estudo para exames de 54 páginas, que inclui tópicos como “significado religioso” e “significado médico” das vacas. “A vaca é um património vivo não só dos hindus, mas da humanidade”, lê-se no documento. “Nas tradições mundiais, a vaca representa fertilidade, prosperidade e vida, e é frequentemente chamada de ancestral mãe, talvez por ser o primeiro mamífero a ser domesticado pelo homem”.

O documento afirma que a atividade de abate em grande escala leva a grandes terramotos, uma afirmação não comprovada que sugere que a dor emitida por massacres em massa pode gerar stresse suficiente para desencadear uma reação sísmica.

O guia também afirma que as vacas nativas – indianas – produzem a melhor qualidade de leite do mundo em comparação com as “vacas exóticas”.

De acordo com o documento, as vacas nativas são “suficientemente inteligentes para não se sentar em lugares sujos” e são mais emotivas. “Sempre que uma pessoa desconhecida se aproxima da vaca desi, ela levanta-se imediatamente”, afirma o documento.

“A ciência bovina deve ser explorada”, disse Vallabhai Kathiria, presidente da RKA, numa conferência de imprensa na terça-feira passada. “Eu sou um cirurgião de cancro, por isso posso atestar isso. Mesmo que uma vaca não dê leite, as fezes e a urina de vaca são muito preciosos”, acrescentou.

“Ferramenta de propaganda para o governo hindu”

O impulso político para impor proibições relacionadas com as vacas aumentou desde que o primeiro-ministro Narendra Modi – cujo Partido Bharatiya Janata (BJP) está fortemente alinhado com os nacionalistas hindus conservadores – chegou ao poder em 2014.

Aliás, na campanha eleitoral de 2014, Modi prometeu acabar com uma “revolução rosa” – uma frase que usou para descrever o abate de gado em todo o país.

Pessoas suspeitas de matar vacas – ou mesmo apenas de comer carne destes animais – foram mortas em ataques violentos no país. Um grande número dessas pessoas inclui muçulmanos. Porém, os crimes de vigilância de vacas na Índia terão sido alegadamente ignorados ou encobertos pelas autoridades desde a ascensão de Modi ao poder.

Um membro da oposição do Partido do Congresso Nacional Indiano, Priyank Kharge, criticou a medida no Twitter. “Querem explorar a ciência bovina durante a pandemia e não dão a mínima para os protocolos científicos a serem seguidos pelas empresas durante a vacinação de toda a população”, escreveu, referindo-se à aprovação de emergência de duas vacinas na Índia no início da semana.

O fotógrafo e ativista Sujatro Ghosh, cuja série de fotografias de mulheres indianas a usar máscaras de vacas em 2017 se tornou viral nas redes sociais, considerou o exame “outra ferramenta de propaganda para o governo nacional hindu“.

“Após a ascensão do governo de extrema direita na Índia, a vaca tornou-se um animal político”, disse Ghosh. “A vaca é usada como ferramenta para dividir as pessoas e o exame é visto como uma forma de colocar a vaca num pedestal. Estes políticos não se importam com vacas, só se preocupam com política”.

Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Talvez cheguem a um equilibrio em que as vacas aprendam algumas palavras, enquanto a população passe a incluir a palavra “mu” no seu dicionário.

    Querem um exemplo mais – literalmente – bovino de controlo sobre as massas do que este? Para quê apregoar teorias rebuscadas conspirativas, quando estas são tão visíveis?

RESPONDER

"Checkmate". Rússia apresenta o seu novo jacto de combate revolucionário

O novo jacto é a aposta do governo russo para as exportações e pode vir a ditar o fim da supremacia (aérea e no mercado) do F-35 norte-americano. A Rússia apresentou o protótipo do novo jacto …

"É demasiado tarde". As palavras dos médicos aos doentes com covid-19 que recusaram a vacina

Estados Unidos da América contam com 48.49% da população totalmente vacinada, apesar de o processo ter estagnado nas últimas semanas. Os números de novas infeções crescem, assim como as mortes face ao crescimento galopante da …

"Pingdemic". Há uma nova "pandemia" a causar escassez de comida e combustível no Reino Unido

As medidas de distanciamento social no Reino Unido caíram e, como consequência, centenas de milhares de pessoas estão a ser notificadas para cumprir isolamento. A partir desta segunda-feira o uso de máscara e outras medidas de …

O lago mais improvável de Roma é um refúgio urbano (que impulsiona o ativismo ambiental)

O lago mais improvável de Roma, que nem sequer devia existir, motivou uma luta pela proteção ambiental do local. No anos 90, num local de construção a apenas alguns quilómetros a leste do Coliseu de Roma, …

Afeganistão. EUA lançam ataques aéreos enquanto Talibãs exigem a renúncia do Presidente

Os Estados Unidos (EUA) entraram num confronto pela cidade de Kandahar, realizando ataques aéreos em apoio às forças afegãs, enquanto os Talibãs apelam ao Presidente Ashraf Ghani para renunciar. O porta-voz do Pentágono, John Kirby, avançou …

A primeira casa impressa em 3D no Canadá é inspirada na sequência de Fibonacci

Depois de ter inspirado inúmeros edifícios, a sequência de Fibonacci serviu de musa à empresa de impressão em 3D Twente Additive Manufacturing (TAM), que criou a primeira casa impressa em 3D do Canadá. A Fibonacci House é …

Marcha do Orgulho de Budapeste será um protesto contra as leis anti-LGBTQI, diz organização

A marcha do Orgulho em Budapeste, que ocorrerá no sábado, será "uma celebração, mas também um protesto", disseram os organizadores, enquanto a comunidade LGBTQI húngara se prepara para desafiar a escalada da campanha anti-homossexual do …

PSD propõe máximo de 215 deputados e divisão de grandes círculos eleitorais

O PSD apresentou, esta sexta-feira, a sua proposta para a reforma do sistema eleitoral, que fixa um máximo de 215 deputados, menos 15 do que o total atualmente em vigor. A proposta do PSD para a …

Variante Lambda: o que saber sobre a nova mutação que preocupa as autoridades

Está a ter um foco mais circunscrito à América Latina, mas já houve dois casos desta mutação em Portugal. A OMS está atenta e de momento classifica a Lambda como uma variante de interesse. Foi inicialmente …

PSD força audição de Eduardo Cabrita sobre inquérito da IGAI

O PSD recorreu à figura da audição potestativa a que os partidos têm direito a usar regimentalmente para ouvir membros do Governo e entidades públicas.  O PSD requereu esta sexta-feira a audição parlamentar obrigatória do ministro …