Incentivos para o interior dão para viver na praia. Cada trabalhador pode receber até 4.800 euros

A ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, lançou uma dezena de incentivos para atrair mais empresários e trabalhadores para o interior. Porém, não é preciso ir em em direção à fronteira com Espanha para beneficiar deles.

Em declarações ao semanário Expresso, a ministra deu o seguinte exemplo: uma família lisboeta pode apenas descer pouco mais de 50 quilómetros até Setúbal, apanhar o ferry até Tróia e instalar-se numa das muitas praias da costa alentejana, onde beneficiará de vários subsídios a fundo perdido destinados aos territórios do interior.

O trabalhador pode beneficiar de um apoio inicial até 4.827 euros para incentivar a mobilidade geográfica. Já o empresário pode receber até 82.106 euros por cada posto de trabalho criado em qualquer dos territórios alvo de discriminação positiva pelas políticas públicas.

Os pequenos e médios empresários e as entidades de economia social podem receber, por cada novo posto de trabalho criado, um subsídio a fundo perdido até 1900,60 euros por mês, ao longo de três anos.

Ao fim de três anos, o empresário terá recebido 68.421,45 euros por cada um dos três primeiros postos de trabalho criados, 54.737,16 entre o quarto e o sexto e 41.052,87 a partir do sétimo. O subsídio total pode chegar aos 82.105,74 caso a empresa seja recente, o projeto seja de empreendedorismo social ou o trabalhador contratado tenha algum tipo de incapacidade, venha de uma família monoparental, seja refugiado, sem-abrigo ou vítima de violência doméstica.

“Este interior é um conceito socioeconómico e não geográfico”, explicou a ministra Ana Abrunhosa ao Expresso.

O mapa do interior abrange a esmagadora maioria do território de Portugal continental, ao incluir 165 municípios e 73 freguesias de outros 21 municípios. Porém, só responde por 20% da população, 20% das empresas e 14% do pessoal ao serviço das empresas.

O mapa do interior foi proposto pela Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) e aprovado pelo Governo em 2017. Em meados de 2019, o anterior secretário de Estado da Valorização do Interior, João Catarino, disse que queria “encolher” o mapa para concentrar os apoios públicos nos territórios mais fragilizados do interior. A estratégia era privilegiar um menor número de territórios através de uma política mais agressiva de incentivos comunitários e fiscais.

Por outro lado, agora, Ana Abrunhosa prefere manter o mapa como está, com o litoral sul incluído. “Este é o mapa que continua a ser defendido pela ANMP. Não há alterações previstas a curto prazo porque não faz sentido estar sempre a mudar a base com que se trabalham as políticas territoriais”, disse.

Através do novo programa +CO3SO, o primeiro objetivo é canalizar 312 milhões de euros de fundos comunitários para este interior, incentivando 590 milhões de euros de novos investimentos e a criação de 2.310 novos postos de trabalho diretos.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Já agora O ALgarve tambem está incluído? Ou é so Troia? Do Porto são 550km e de Lisboa 220Km. Lá estamos nós. Troia é interior. O outro não sabia o que era um paiol, esta não sabe o que é o interior!!

  2. Se assim é tal como se relata aqui, estaremos perante uma situação incrível, no entanto melhor será não irem muito na conversa pois a porrada virá de seguida sempre há boa espertice portuguesa.

  3. E que tal a ministra ir também para o interior e livrar-nos da sua profunda incompetência. Deixou a CCDRC numa lástima. Uma estrutura que não funciona, que não quer saber das pessoas e das empresas e que anda ao Deus dará. Irá fazer o mesmo no ministério?!

RESPONDER

Miguel Oliveira em segundo lugar no GP da Alemanha de MotoGP

O piloto português Miguel Oliveira (KTM) terminou hoje na segunda posição o Grande Prémio da Alemanha de MotoGP, oitava prova do Mundial de velocidade de motociclismo, vencida pelo espanhol Marc Márquez (Honda). Miguel Oliveira, que partiu …

Mais três mortos e 941 novos casos de covid nas últimas 24 horas

Portugal voltou a registar nas últimas 24 horas uma ligeira redução no número de infeções confirmadas pelo coronavírus SARS-CoV-2, com 941 casos, e três mortes associadas à covid-19, segundo a Direção-Geral da Saúde. O boletim epidemiológico …

"Cemitério verde". Estado de Oregon irá permitir (brevemente) a compostagem de corpos humanos

O estado de Oregon tornou-se o terceiro dos Estados Unidos a legalizar um novo processo de compostagem do corpo humano. A governadora do Oregon, Kate Brown, aprovou o projeto de lei que irá permitir o sepultamento …

Responsável pelo RGPD demitido por Medina trabalhava há 33 anos na Câmara de Lisboa

O encarregado de proteção de dados da Câmara Municipal de Lisboa, que o presidente Fernando Medina exonerou devido à polémica da partilha de dados de ativistas com a embaixada da Rússia, trabalhava na autarquia há …

Portugal quase a entrar na "zona vermelha de risco". Variante Delta prevalece em Lisboa e Vale do Tejo

A região de Lisboa está sobre pressão há algumas semanas, mas o resto do país também está prestes a entrar numa situação epidemiológica menos boa. A incidência nacional encontra-se próxima dos 120 casos por 100 …

Pandemia continua a "empurrar" reclusos para fora das grades. Já saíram 2850

As cadeias portuguesas continuam a soltar reclusos que ainda não cumpriram toda a pena, numa altura em que não existem praticamente casos de infecção por covid-19 no sistema prisional. O regime especial de perdão das penas, …

Condutor de carrinha atropela participantes em desfile LGBT (e faz um morto)

O condutor de uma carrinha atropelou pessoas que desfilavam numa marcha de "orgulho gay" em Wilton Manors, perto de Fort Lauderdale na Florida, causando pelo menos um morto e ferindo outra. As autoridades estão ainda a …

Descoberta "pequena Pompeia" no sótão de um antigo cinema em Verona

Arqueólogos descobriram uma "Pompeia em miniatura" no sótão de um antigo cinema no centro histórico da cidade italiana de Verona. Segundo a agência italiana Ansa, autoridades da Superintendência de Arqueologia, Belas Artes e Paisagismo de Verona, …

Colapso de escola na Bélgica matou afinal quatro portugueses

As autoridades belgas confirmaram este domingo a morte de cinco pessoas, entre as quais quatro portugueses, no desabamento de uma escola em obras na cidade de Antuérpia. No balanço de sábado, as autoridades belgas registaram mais …

Chega e IL dizem que cerco na AML é "inconstitucional". Ventura recorre ao Supremo Tribunal Administrativo

André Ventura, líder do Chega, contestou a decisão do Governo de limitar a circulação na AML. Considerando que a medida é inconstitucional, entregou uma "Intimação para proteção de direitos, liberdade e garantias" no Supremo Tribunal …