Incêndios 2017. União Europeia admite ter falhado na ajuda a Portugal

epp_group_official / Flickr

Christos Stylianides, comissário Europeu para a Ajuda Humanitária e Gestão de Crises

“Foi doloroso não ter resposta para Portugal.” A União Europeia lamenta não ter estado à altura do apelo lançado pelo país aquando da tragédia dos fogos de outubro de 2017.

Esta segunda-feira, o comissário Europeu para a Ajuda Humanitária e Gestão de Crises, Christos Stylianides, admitiu, em Madrid, a “angústia” que sentiu quando, na altura dos incêndios em outubro de 2017, telefonou a cada um dos governantes dos vários países da União Europeia com a tutela da Proteção Civil com o intuito de trazer ajuda para Portugal na segunda vaga de incêndios desse ano e não teve sucesso.

Perante o pedido de ajuda de Portugal, houve países que responderam que necessitavam dos seus próprios meios de combate a incêndios naquelas datas. Outros admitiram já não dispor desses mesmos meios à data dos acontecimentos.

Com esta dificuldade e a falta de cooperação dos Estados-membros da União Europeia, o comissário lamentou a situação: “A minha angústia perante as respostas dos outros ministros, dizendo que não tinham meios…”, disse, citado pelo Observador.

Dois anos volvidos, Stylianides descreve mesmo esses “momentos difíceis” como “uma das situações mais dolorosas da minha vida”, precisamente por “não ter resposta para Portugal”.

Nessa altura, o Mecanismo de Proteção Civil da União Europeia (MPCU) desencadeou a estratégia “rescUE”, que conta para os anos 2019/2020 com um orçamento de cerca de 200 milhões de euros, e que pretende servir como um “rede de segurança adicional”, embora nas palavras do Comissário Europeu, precise de mais dinheiro para funcionar como é suposto.

O “rescEU” prevê a criação de uma reserva de ativos a nível europeu para responder a catástrofes, incluindo aviões de combate aos incêndios florestais, bombas de água especiais, equipas de busca e salvamento em meio urbano, hospitais de campanha e equipas médicas de emergência.

De acordo com o responsável, o plano foi acelerado precisamente depois dos problemas de falta de solidariedade e mobilização de meios de combate a fogos entre países da União Europeia.

Estas informações foram avançadas aos jornalistas no âmbito de uma visita organizada pela Comissão Europeia a Madrid, ao centro onde está estacionada a frota inicial de meios aéreos de combate a incêndios do “rescEU”, composta por sete aviões e seis helicópteros. Este contributo chega por parte de países como a Croácia, França, Itália, Espanha e Suécia.

No entanto, a Comissão Europeia assume que é ainda insuficiente. A longo prazo, espera conseguir aumentar as capacidades e os meios, com 75% dos custos operacionais a serem suportados pela União Europeia.

Além disso, adianta o diário, será utilizado o sistema de satélites Copernicus para cartografar as emergências resultantes dos incêndios e o Centro de Coordenação de Resposta de Emergência da União Europeia foi reforçado com uma equipa de apoio aos incêndios florestais, com a participação de peritos.

Os incêndios florestais que deflagraram em Portugal em 2017 mataram mais de 100 pessoas e destruíram 442 milhares de hectares de floresta e povoamentos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Há uma nova denúncia contra Harvey Weinstein

O produtor de cinema Harvey Weinstein, que enfrenta dois processos por agressão sexual em Nova Iorque, terá uma nova audiência na próxima segunda-feira para ser informado de uma nova denúncia apresentada, informou na quinta-feira o …

Venezuela. Maduro ordena construção de novo satélite de telecomunicações

Nicolás Maduro anunciou que a Venezuela vai ter um novo satélite de telecomunicações, que vão ser feitos investimentos para ativar as redes 4G e 5G nas operadoras estatais e para levar fibra ótica aos venezuelanos. "Ordeno …

Departamento de Justiça dos EUA enviou email com link para site supremacista e antissemita

Uma divisão do Departamento de Justiça norte-americano enviou um email para juízes de imigração com um link para um blogue supremacista branco, repleto de referências antissemitas. A mensagem, enviada pelo gabinete executivo de avaliação de imigração …

Indonésia tenta parar violência na Papua com envio de tropas e corte da Internet

O corte do acesso à Internet na Papua e territórios adjacentes e o envio de pouco mais de um milhar de efetivos do exército são a resposta do Governo indonésio à onda de distúrbios que …

Itália tem até terça-feira para formar novo Governo

O Presidente de Itália disse esta quinta-feira, após consultas com os partidos, que há uma maioria parlamentar disposta a formar um novo Governo, pelo que vai permitir estas negociações e convocará novamente os partidos na …

Câmara de Cascais paga multa de 200 mil euros por construção ilegal na praia

A Câmara Municipal de Cascais foi condenada a pagar 200 mil euros pela construção ilegal de um acesso em betão à praia do Abano. A construção que data a 17 de junho de 2009 foi conduzida …

Ocean Viking vai desembarcar em Malta. Reservas de mantimentos estão a chegar ao fim

As reservas de mantimentos para os 356 ocupantes do navio Ocean Viking só são suficientes para quatro dias, alertou esta sexta-feira a organização Médicos Sem Fronteiras frisando que o navio está há 19 dias no …

"Não se cumpre a lei". Veterinários acusam autoridades de não recolherem animais abandonados

O bastonário da Ordem dos Médicos Veterinários, Jorge Cid, acusou ontem as autoridades de não estarem a cumprir a lei que obriga a recolher os animais abandonados. Em setembro de 2018, passou a ser aplicada no …

"A Leonor é transexual. Ela existe. É a minha filha." Pais ao lado do Governo e contra a direita

A polémica em torno da Lei de Identidade de Género continua, com as críticas da Direita e com uma petição contra a legislação que já vai em mais de 27 mil assinaturas. Associações de pais …

Médicos de fertilidade usaram o seu próprio esperma em centenas de pacientes

Uma longa reportagem do The New York Times dá conta de vários casos de mulheres que recorreram a médicos especialistas em fertilidade à procura de esperma anónimo e acabaram por receber o esperma do próprio …