Incêndio em Paris faz pelo menos oito mortos e 30 feridos. Uma mulher foi detida

Benoit Moser / EPA

Oito pessoas morreram e pelo menos 30 ficaram feridas na sequência do incêndio que deflagrou, durante a madrugada, num prédio localizado num dos bairros mais caros de Paris.

As autoridades suspeitam que o incêndio, que foi combatido por mais de 200 operacionais durante cerca de seis horas, foi um ato criminoso e já detiveram uma mulher suspeita.

As autoridades afirmaram ainda que conseguiram retirar cerca de 50 pessoas que se encontravam no prédio de oito andares. De acordo com o jornal francês Le Monde, dos 30 feridos, seis são bombeiros.

O edifício fica na Rua Erlanger, 16.º distrito e é um dos bairros mais caros e tranquilos de Paris, perto do popular parque Bois de Boulogne e a cerca de um quilómetro do estádio Roland Garros e perto do estádio do Paris Saint-Germain.

O procurador de Paris, Remy Heitz, afirmou que “a investigação está apenas a começar” e que ainda é muito cedo para determinar a causa do incêndio, mas que os dados preliminares apontam para um ato criminoso.

“Nesta altura, com todos os elementos que temos disponíveis, a hipótese criminal é aquela que está em cima da mesa”, afirmou o procurador do Ministério Público de Paris, Rémy Heitz. O magistrado referiu ainda que uma das habitantes do imóvel foi abordada pela polícia durante a manhã e acabaria por ser detida “não longe dos factos e não longe do incêndio”.

Os bombeiros no local descrevem um “cenário de violência inacreditável”. Alguns dos habitantes refugiaram-se no topo do edifício que data dos anos 1970 e outros gritavam por socorro das suas janelas. Trinta habitantes foram resgatados com a ajuda de escadas. Perto do foco do incêndio, algumas das ruas neste que é um dos bairros mais luxuosos de Paris foram cortadas pela polícia e pelos bombeiros.

“O balanço de vítimas pode ainda vir a aumentar porque as operações de reconhecimento ainda estão em curso nos últimos andares do imóvel, onde o fogo foi mais violento”, explicou o porta-vos dos bombeiros no local, Clément Cognon, à Agence France-Press (AFP).

O incêndio acontece menos de um mês depois de uma explosão de gás num edifício em Paris, no nono bairro da capital francesa, que causou quatro mortos e cerca de 50 feridos. Um outro incêndio a 27 de dezembro em Seine-Saint-Denis, nos subúrbios de Paris, provocou quatro mortos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Países "lutam" por fundos europeus para neutralizar emissões de carbono

Um novo fundo de 100 mil milhões destinado a neutralizar as emissões de dióxido de carbono na Europa até 2050 está em disputa por vários países. A Comissão Europeia quer implementar um fundo de 100 mil …

Tribunal japonês suspende atividade de reator nuclear que tinha recebido luz verde

Um tribunal no Japão ordenou esta sexta-feira que o reator nuclear da central de Ikata (oeste do país) pare por razões de segurança, numa decisão que revoga uma anterior que deu luz verde ao seu …

Panamá. Sete corpos encontrados em vala comum em área indígena controlada por seita religiosa

Os corpos de sete pessoas foram encontrados na quinta-feira numa vala comum numa área indígena do Panamá controlada por uma seita religiosa, entre eles o de uma grávida e cinco dos seus filhos. Outras 15 …

Deixar de dar aulas com mais de 60 anos só no pré-escolar e 1.º ciclo

A possibilidade de os professores com mais de 60 anos deixarem de dar aulas para "desempenhar outras atividades", prevista no Orçamento do Estado de 2020, será apenas aplicada ao pré-escolar e 1.º ciclo, esclareceu o …

Aumento extra de dez euros pode beneficiar 1,6 milhões de pensionistas

O aumento extra de dez euros nas reformas até 658,2 euros, confirmado esta quinta-feira pelo secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, pode vir a beneficiar cerca de 1,6 milhões de pensionistas. A estimativa é avançada …

Rui Pinto vai a julgamento por 93 crimes

A juíza do Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa decidiu que Rui Pinto vai ser julgado por 93 crimes, e não 147 como estava acusado. O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa decidiu esta sexta-feira levar …

Um "palhaço" que vai apunhalar os iranianos nas costas. Líder supremo do Irão arrasa Trump

O líder supremo do Irão classificou esta sexta-feira o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, como "um palhaço" que finge querer ajudar os iranianos, mas vai atacá-los pelas costas com "um punhal envenenado". As declarações do …

"Lava que se farta". Justiça dá razão a Ana Gomes no processo movido por Isabel dos Santos

A ex-eurodeputada Ana Gomes venceu um dos processos que foi movido contra ela por Isabel dos Santos. Em causa estão publicações no Twitter, onde a diplomata acusava a empresária angolana de estar a usar Portugal …

Secretário da Cultura brasileiro vai ser demitido depois de se inspirar em discurso nazi de Goebbels

Roberto Alvim, secretário da Cultura brasileiro, fez um discurso esta quinta-feira copiando um discurso muito conhecido do ministro da propaganda de Adolf Hitler, Joseph Goebbels. O secretário da Cultura do Brasil, Roberto Alvim, divulgou um vídeo …

Presidente da Guatemala anuncia corte de relações com Venezuela

O novo Presidente da Guatemala, Alejandro Giammattei, anunciou na quinta-feira que ordenou o corte de relações com a Venezuela e o encerramento da embaixada neste país. Alejandro Giammattei, médico e ex-diretor do Sistema Penitenciário da Guatemala, …