Incêndio de Monchique atingiu 74 casas, 30 de primeira habitação

Filipe Farinha / Lusa

O presidente da Câmara de Monchique, Rui André, avançou nesta quinta-feira que 74 casas foram afetadas pelos fogos de Monchique, que lavraram durante uma semana no concelho, 30 das quais de primeira habitação.

“A Câmara Municipal de Monchique começou logo a fazer o levantamento imediato com técnicos, arquitetos e engenheiros no terreno, e pudemos comprovar que os números eram superiores àqueles que avançámos inicialmente, até por mim próprio”, afirmou Rui André aos jornalistas, à porta da Câmara de Monchique, no distrito de Faro.

O autarca fez este novo balanço do edificado afetado à saída de uma reunião com o presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, e deputados da Comissão parlamentar de Agricultura e Mar, que se reuniram nesta quinta-ffeira em Monchique com autarcas dos concelhos afetados pelo incêndio e com responsáveis das diversas entidades envolvidas na resposta aos danos causados pelo fogo.

“Neste momento temos mais de 30 casas de primeira habitação afetadas, temos também cerca de 74 casas afetadas. Mas depois existe um conjunto alargado de casas que foram afetadas numa área de apoio, num apoio agrícola ou de animais, muitas edificações junto às habitações que ficaram danificadas, e essas, à partida – tirando as de primeira habitação – não vão ter nenhum tipo de apoio”, disse o autarca social-democrata.

A 9 de agosto, o presidente da autarquia tinha dito à Lusa que o número de casas destruídas, total ou parcialmente, durante o incêndio poderia chegar a “cerca de 50”. No dia seguinte, o primeiro-ministro indicou que pelo menos 17 casas de primeira habitação tinham ficado destruídas.

Rui André disse que a autarquia algarvia está a fazer “uma ficha individual de cada habitação, para ver quais as soluções” que se podem aplicar, até porque entre as afetadas “algumas são casas próprias e outras casas alugadas e emprestadas”. “E cada uma vai exigir uma solução diferente”, sublinhou, frisando que, neste momento, “é importante saber se este programa da Porta de Entrada se adequa a estas necessidades ou não”.

Rui André advertiu que, “para já, aquilo que é evidente é que as pessoas vão ter que entrar com uma parte desse dinheiro” e “vão ter que, do seu rendimento e da sua taxa de esforço, entrar com uma parte de cerca de 25%, durante 15 anos, para recuperar estas casas”.

“E por isso é importante ver cada caso e vermos o volume das obras que temos de fazer, e vamos tentar perceber se este programa — que será uma experiência piloto aqui e nunca foi aplicado no país — será a resposta que precisamos ou não”, acrescentou.

Algumas das pessoas já estão a arrendar casas para viver, outras permanecem em casas de familiares e há também a possibilidade de recorrerem a uma unidade hoteleira, mediante o pagamento de um valor por dia, explicou Rui André, quantificando o apoio em 5 euros por metro quadrado, no caso do aluguer, e 53 euros por dia, na unidade hoteleira.

“Isto pressupõe um protocolo e um acordo entre a Câmara e o Estado para depois ser disponibilizado às pessoas, situação que até ao momento ainda não aconteceu”, realçou o autarca, garantindo que, se o programa em causa “chegar tarde ou não responder às necessidades das pessoas”, a autarquia vai “avançar com o apoio”.

“As pessoas não deixarão de ser apoiadas, se mais ninguém pagar, a câmara vai assegurar isso”, garantiu ainda Rui André, frisando que “há pessoas – e isto é sinal da humildade e do tipo de pessoas com que se está a tratar – que preferem, ainda que as suas estejam parcialmente danificadas, manter-se nas suas casas”.

O incêndio rural, combatido por mais de mil operacionais, levou uma semana a ser dominado, no dia 10 de manhã. Tinha deflagrado no dia 3 à tarde, em Monchique, distrito de Faro, e atingiu também o concelho vizinho de Silves, depois de ter afetado, com menor impacto, os municípios de Portimão (no mesmo distrito) e de Odemira (distrito de Beja).

Quarenta e uma pessoas ficaram feridas, uma dos quais em estado grave (uma idosa que se mantém internada em Lisboa). De acordo com o Sistema Europeu de Informação de Incêndios Florestais, as chamas consumiram quase 28 mil hectares.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Espanha sem mortes pelo segundo dia consecutivo. Há 41 mil profissionais de saúde infetados

Espanha registou esta terça-feira o segundo dia consecutivo sem mortes associadas à covid-19, mantendo-se o total 27.127 de óbitos desde o início da pandemia, anunciaram as autoridades de saúde. O ministério da Saúde de Espanha informou …

Petição pela "anulação imediata" do Avante já conta com mais de 16 mil assinaturas

Uma petição online para a "anulação imediata" da Festa do Avante!, a festa anual organizada pelo PCP, conta já com mais de 16 mil assinaturas. Às 10:30 desta quarta-feira, a petição, disponível no portal Petição Pública, …

Venda de Wendel ao Everton sofre revés. Nápoles e Nice entram em jogo

A licença de trabalho pode deitar por terra uma eventual transferência de Wendel para o Everton. O Nápoles é o favorito na corrida à sua contratação, mas o Nice também está atento. As negociações entre o …

Celebrações do 10 de junho só terão oito pessoas. “É como achei que devia ser o 25 de abril e o 1º de maio”

A “cerimónia simbólica” comemorativa do Dia de Portugal que se realizará no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, terá apenas oito presenças, incluindo o chefe de Estado e o presidente desta edição do 10 de Junho, …

O futebol português está de volta. Uma corrida de dois cavalos e a montra para Amorim

A bola volta hoje a rolar em Portugal após a interrupção devido à pandemia de covid-19. Regresso o futebol que tão bem conhecemos, mas de uma forma como nunca vimos antes. Estádios desertos e jogos quase …

Cientistas identificam fóssil do inseto mais antigo do mundo

Um fóssil de um milípede descoberto em 1899 é o inseto mais antigo do mundo, concluiu um novo estudo. O espécime em causa tem 425 milhões de anos. Uma equipa de investigadores da Universidade do Texas …

Jorge Jesus renova com o Flamengo por mais uma época

O treinador português anunciou, esta quarta-feira, que vai ficar mais uma época nos brasileiros do Flamengo, até junho de 2021. "Digam à nação que fico!". É esta a frase que acompanha a fotografia publicada, esta quarta-feira, …

Governo deixa cair lay-off simplificado. Novo apoio vai variar em função da quebra de faturação

O apoio às empresas em lay-off que retomarem a atividade será diferenciado em função da quebra de faturação, com vista a direcionar as ajudas públicas “a quem mais precisa”, afirmou esta terça-feira a ministra do …

Grupo de precários da Casa da Música dispensado de serviço via e-mail "meia hora depois" de uma vigília de protesto

Cerca de 13 trabalhadores "precários" da Casa da Música, no Porto, foram dispensados dos concertos que tinham alocados para o mês de junho. Em declarações à Lusa, Hugo Veludo, um dos 13 assistentes de sala …

Sete detidos em operação na Quinta da Fonte ficam em prisão preventiva

Os sete homens que foram detidos numa operação policial no bairro da Quinta da Fonte, em Loures, na segunda-feira, ficaram em prisão preventiva, a medida de coação mais gravosa, revelou à agência Lusa a Polícia …