Uma importante cidade indiana está prestes a ficar sem água (e não será a única)

No ano passado, cerca de meio milhão de pessoas que vivem na Cidade do Cabo estava em pânico. A cidade estava a três meses de se tornar a primeira grande metrópole a esgotar completamente as suas fontes de água.

Hoje, em Chennai – a sexta maior cidade da Índia -, 4,6 milhões de pessoas ficaram sem água. A meio de uma das ondas de calor mais longas da Índia na história recente e temporais de monções, a Chennai Metro Water teve que cortar as provisões em 40%. Há semanas que os moradores da cidade sofrem com a escassez severa de água.

A água é uma das substâncias vitais que mantém as cidades humanas a funcionar sem problemas. Sem água, muitos serviços públicos em Chennai, incluindo hotéis e restaurantes, tiveram que fechar completamente.

O ar condicionado foi desativado em espaços públicos, os funcionários estão a ser mandados para casa, os hospitais estão em dificuldades e, todos os dias, os moradores precisam se alinhar durante horas ao sol escaldante, à espera que camiões de água do governo sejam trazidos das áreas externas do estado.

Aqueles que podem pagar dependem de tanques privados de água, embora estes sejam quase inacessíveis para as 820 mil pessoas que vivem nas favelas da cidade. De acordo com um relatório recente da CNN, uma família inteira nas favelas recebe apenas 30 a 40 litros de água por dia, cerca de trinta vezes menos que a família americana média.

A situação está a tornar-se terrível e está a causar tensão na cidade. Há histórias recentes de vizinhos a esfaquear-se uns aos outros por causa do acesso à água e alguns dos camiões estão a ser sequestrados nas suas rotas.

O Supremo Tribunal local condenou o governo do estado por inação e falta de previsão. Durante semanas foi aparente que as águas subterrâneas em torno e em Chennai estão severamente esgotadas e que os reservatórios locais estão secos. No entanto, o governo fez pouco mais do que esperar que as chuvas viessem.

Um responsável disse à BBC que “só a chuva pode salvar Chennai desta situação”. O próprio ministro-chefe afirmou esta semana que a crise da água estava a ser desproporcionalmente dominada pelos media. Mas nenhuma dessas afirmações é verdadeira, de acordo com o Science Alert.

A cidade começou a perfurar novos poços, apesar de a água subterrânea ser escassa. Mesmo agora, há pouca ou nenhuma reciclagem de água ou água da chuva em toda a Índia, embora essa possa ser a única solução do país.

A crise pode ter começado inicialmente em Chennai, mas especialistas sugerem que deve surgir em todo o país se as estratégias atuais da água não mudarem. Hoje, cerca de 600 milhões de pessoas na Índia enfrentam níveis elevados de stress hídrico e apenas cerca de um quarto de todas as famílias têm acesso a água potável em casa.

No ano passado, um relatório do governo indiano advertiu que até 2020, 21 cidades indianas, incluindo Delhi e Bangalore, provavelmente ficarão sem água subterrânea, impactando tanto a segurança alimentar como a da água para mais cem milhões de pessoas. “Até 2030, projeta-se que a demanda de água do país será o dobro da oferta disponível, o que implica escassez severa de água para centenas de milhões de pessoas e uma perda eventual de 6% no PIB do país”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Isto é um problema politico uma vez que na permacultura ou na agricultura sintropica há muitos anos que se ensinam as técnicas de cultivar a água e recuperar solos e recursos hídricos. Agora politicos que são o problema e dos quais não se podem esperar soluções tal qual aqui em Portugal é ser mesmo burro continuar a votar nesta gente e esperar que as coisas mudem.

RESPONDER

Operação Lex. Juiz Vaz das Neves arguido por corrupção e abuso de poder

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa Vaz das Neves é arguido na Operação Lex por suspeitas de corrupção e abuso de poder relacionadas com a distribuição eletrónica de processos, disse à Lusa fonte …

Governo quer licenças de trabalho parcial pagas para pais no primeiro ano dos filhos

O Governo quer implementar licenças de trabalho parcial remuneradas para pais e mães de crianças no seu primeiro ano de vida, no âmbito do programa para a conciliação entre vida profissional e vida familiar e …

Covid-19. Portugal "tem de preparar-se para o pior" e ter plano de contingência

Ricardo Mexia, presidente da Associação Nacional de Médicos de Saúde Pública, defende que Portugal tem de se preparar para o pior e, por esta altura, já devia ser conhecido o plano de contingência em ação. "Convém …

Misteriosa mensagem esculpida numa rocha em França foi finalmente decifrada

A inscrição, gravada há 250 anos numa rocha na região francesa da Bretanha, foi finalmente decifrada graças a um concurso lançado pelo município. O mistério, que há muitos anos intrigava a comunidade científica e curiosos de …

Transferência de Bruno Fernandes rendeu 16 milhões ao BCP e ao Novo Banco

A transferência de Bruno Fernandes do Sporting para o Manchester United foi rentável não apenas para o clube de Alvalade, mas também para os Bancos que são os principais financiadores do emblema. Millennium BCP e …

Braga 0-1 Rangers | "Guerreiros" eliminados por pé Kent

O Sporting de Braga caiu nos 16 avos-de-final da Liga Europa. Após a derrota por 3-2 na visita ao Rangers na semana passada, após estar a vencer por 2-0, os “arsenalistas” foram donos e senhores …

Violada, drogada e raptada. Cantora Duffy explica o seu desaparecimento da cena musical

A cantora galesa Duffy que fez sucesso, em 2008, com a música "Mercy", esteve vários anos afastada dos holofotes do mundo da música e explica, agora, que isso se deveu ao facto de ter sido …

Neeleman continua na TAP, mesmo com a entrada da Lufthansa

David Neeleman vai manter-se como acionista da companhia aérea portuguesa, mesmo que a Lufthansa venha a entrar no capital da TAP. Sabe-se que a Lufthansa está a estudar, juntamente com a United Airlines, a aquisição dos …

Escócia aprova plano para dar tampões e pensos grátis a todas as mulheres

O Parlamento escocês aprovou, esta terça-feira, um projeto de lei para disponibilizar gratuitamente produtos de higiene feminina a todas as mulheres. A Escócia será o primeiro país a avançar com uma medida deste tipo. O plano …

Bruxelas regista lentidão no desenvolvimento da ferrovia e dos portos portugueses

A Comissão Europeia fez hoje várias observações sobre a lentidão do desenvolvimento de projetos na ferrovia e nos portos portugueses, num relatório elaborado no âmbito do pacote de inverno do semestre europeu. Abordando os setores ferroviário …