Imagens revelam que a Coreia do Norte oculta local onde armazena armas nucleares. EUA planeiam agir

(h) Maxar

Imagens de satélite revelam que a Coreia do Norte está a ocultar local onde armazena armas nucleares

As imagens de satélite mostram que a Coreia do Norte tomou medidas para ocultar uma instalação, que as agências de inteligência dos EUA acreditam estar a ser usada para armazenar armas nucleares. A situação fez soar os alarmes e evidencia a necessidade de Biden articular uma estratégia de relações com o país.

Capturadas pela Maxar a 11 de fevereiro, e analisadas por especialistas do Middlebury Institute, as imagens mostram que a Coreia do Norte construiu novas estruturas em  Yongdoktong ao longo do ano de 2020.

Vários especialistas acreditam que os esforços provavelmente têm a intenção de esconder duas entradas de túneis subterrâneos que levam à instalação onde as armas nucleares são armazenadas.

Yongdoktong já tinha sido anteriormente identificado pelo Centro de Inteligência dos EUA como uma suspeita instalação de armazenamento de armas nucleares da Coreia do Norte e ainda se acredita que seja usada para esse propósito, referiu um oficial de inteligência dos EUA à CNN.

As imagens de satélite obtidas reafirmam o que é amplamente tido como certo pelas autoridades e pelos especialistas de segurança nacional dos EUA: a Coreia do Norte continua a desenvolver armas nucleares, enquanto planeia uma forma de esconder as que já estão produzidas.

O portal 38 North revela que as imagens de satélite mostram fumo a sair da central, várias vezes. De acordo com o portal, o facto “sugere que os trabalhos podem fazer parte do processo de extração de plutónio necessário para o fabrico de armas nucleares”. O plutónio é um dos dois componentes essenciais para a fabricação de armas nucleares, assim como o urânio enriquecido.

Os principais aliados dos EUA estão a aguardar os detalhes sobre a estratégia política de Joe Biden para a Coreia do Norte, que esperam que seja anunciada publicamente nas próximas semanas, altura em que o Governo deverá concluir uma revisão, avança o CNN.

Além de enfatizar o compromisso de trabalhar ao lado dos aliados regionais, a administração Biden detalhou muito pouco sobre os seus planos de se envolver diplomaticamente com a Coreia do Norte. Apenas alguns dos altos funcionários reafirmaram o compromisso dos EUA com a “desnuclearização”.

“A visão do presidente é sem dúvida de que o míssil balístico da Coreia do Norte, e outras atividades relacionadas à proliferação, constituem uma séria ameaça à paz e segurança internacionais e minam o regime global de não proliferação”, disse o porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, no último mês.

Alguns ex-funcionários do Centro de Inteligência dos EUA alertam que os recentes esforços para inibir as imagens de satélite dos espiões americanos, pode ter o objetivo de lembrar a administração Biden que o trabalho nesses programas continua, enquanto a Casa Branca decide que conduta irá tomar.

A tática da Coreia do Norte de tentar usar “engano e negação” não é nova, explicou um ex-funcionário que, em declarações à CNN, referiu que os norte-coreanos usam a tática para chamar a atenção dos EUA para um assunto, permitir erros de cálculo e negar que o estão realmente a fazer.

O secretário de Estado Tony Blinken deixou claro que o governo está a considerar aumentar a pressão sobre Pyongyang e atraí-los com diplomacia, acrescentando que nada pode ser feito sem consultar os aliados.

Ana Isabel Moura Ana Isabel Moura, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Já pode "adotar" um pedaço de Notre-Dame para ajudar na sua reconstrução

Uma organização está a dar a oportunidade de o público ajudar na reconstrução de artefactos específicos da catedral de Notre-Dame, em França, que foi parcialmente destruída por um incêndio em 2019. De acordo com a cadeia …

Proporção divina identificada na gerbera

Descobrir como se formam os padrões distintos e omnipresentes das cabeças das flores tem intrigado os cientistas há séculos. Quando se pede a alguém que desenhe um girassol, quase todas as pessoas desenham um grande círculo …

Audi apresenta o novo Q4 e-tron que traz uma autonomia até 520 km

Ainda antes do verão, a Audi vai colocar no mercado o seu primeiro SUV elétrico concebido de raiz e não adaptado a partir de uma plataforma concebida para motores a combustão. O Q4 e-tron destaca-se pela …

Vanuatu em alerta depois de um corpo com covid-19 ter dado à costa

Vanuatu proibiu viagens de e para a sua principal ilha três dias depois de ter dado à costa um corpo de um pescador filipino, que testou positivo à covid-19. De acordo com a Radio New Zealand, …

Cientistas russos querem criar a primeira vacina comestível contra a covid-19

O Instituto de Medicina Experimental de São Petersburgo, na Rússia, anunciou o seu plano de concluir dentro de um ano os testes pré-clínicos da primeira vacina comestível do mundo contra o novo coronavírus. Em entrevista à …

Em plena crise política, o país mais pobre das Américas ainda não recebeu nenhuma vacina

Numa altura em que a maior parte dos países já têm o processo de vacinação a decorrer, o governo do Haiti ainda não garantiu uma única dose da vacina contra o coronavírus. O país mais pobre …

Afinal, Leonardo da Vinci não esculpiu o busto de Flora

Está terminada a controvérsia que durou mais de cem anos após a aquisição do Busto de Flora em 1909, por Wilhelm von Bode. A datação por radiocarbono revelou, recentemente, que a obra não foi …

Crise climática "implacável" intensificou-se em 2020, diz relatório da ONU

Houve uma intensificação "implacável" da crise climática em 2020, com a queda temporária nas emissões de carbono devido ao confinamento a ter um impacto pouco significativo nas concentrações de gases de efeito de estufa, revelou …

Já se sabe o que causou a misteriosa "tempestade de asma", que vitimou dez pessoas em 2016

Em 2016, na cidade de Melbourne, aconteceu o evento de "tempestade de asma" mais grave do mundo. Os cientistas descobriram agora o culpado. No dia 21 de novembro de 2016, as urgências de um hospital em …

Carlos César reivindica papel do PS na construção da democracia e no combate à corrupção

O presidente do PS defendeu, esta segunda-feira, que se deveu ao seu partido o aprofundamento da democracia e os avanços no combate à corrupção, embora admitindo desvios", "erros" e "omissões num ou outro momento da …