Imagens revelam que a Coreia do Norte oculta local onde armazena armas nucleares. EUA planeiam agir

(h) Maxar

Imagens de satélite revelam que a Coreia do Norte está a ocultar local onde armazena armas nucleares

As imagens de satélite mostram que a Coreia do Norte tomou medidas para ocultar uma instalação, que as agências de inteligência dos EUA acreditam estar a ser usada para armazenar armas nucleares. A situação fez soar os alarmes e evidencia a necessidade de Biden articular uma estratégia de relações com o país.

Capturadas pela Maxar a 11 de fevereiro, e analisadas por especialistas do Middlebury Institute, as imagens mostram que a Coreia do Norte construiu novas estruturas em  Yongdoktong ao longo do ano de 2020.

Vários especialistas acreditam que os esforços provavelmente têm a intenção de esconder duas entradas de túneis subterrâneos que levam à instalação onde as armas nucleares são armazenadas.

Yongdoktong já tinha sido anteriormente identificado pelo Centro de Inteligência dos EUA como uma suspeita instalação de armazenamento de armas nucleares da Coreia do Norte e ainda se acredita que seja usada para esse propósito, referiu um oficial de inteligência dos EUA à CNN.

As imagens de satélite obtidas reafirmam o que é amplamente tido como certo pelas autoridades e pelos especialistas de segurança nacional dos EUA: a Coreia do Norte continua a desenvolver armas nucleares, enquanto planeia uma forma de esconder as que já estão produzidas.

O portal 38 North revela que as imagens de satélite mostram fumo a sair da central, várias vezes. De acordo com o portal, o facto “sugere que os trabalhos podem fazer parte do processo de extração de plutónio necessário para o fabrico de armas nucleares”. O plutónio é um dos dois componentes essenciais para a fabricação de armas nucleares, assim como o urânio enriquecido.

Os principais aliados dos EUA estão a aguardar os detalhes sobre a estratégia política de Joe Biden para a Coreia do Norte, que esperam que seja anunciada publicamente nas próximas semanas, altura em que o Governo deverá concluir uma revisão, avança o CNN.

Além de enfatizar o compromisso de trabalhar ao lado dos aliados regionais, a administração Biden detalhou muito pouco sobre os seus planos de se envolver diplomaticamente com a Coreia do Norte. Apenas alguns dos altos funcionários reafirmaram o compromisso dos EUA com a “desnuclearização”.

“A visão do presidente é sem dúvida de que o míssil balístico da Coreia do Norte, e outras atividades relacionadas à proliferação, constituem uma séria ameaça à paz e segurança internacionais e minam o regime global de não proliferação”, disse o porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, no último mês.

Alguns ex-funcionários do Centro de Inteligência dos EUA alertam que os recentes esforços para inibir as imagens de satélite dos espiões americanos, pode ter o objetivo de lembrar a administração Biden que o trabalho nesses programas continua, enquanto a Casa Branca decide que conduta irá tomar.

A tática da Coreia do Norte de tentar usar “engano e negação” não é nova, explicou um ex-funcionário que, em declarações à CNN, referiu que os norte-coreanos usam a tática para chamar a atenção dos EUA para um assunto, permitir erros de cálculo e negar que o estão realmente a fazer.

O secretário de Estado Tony Blinken deixou claro que o governo está a considerar aumentar a pressão sobre Pyongyang e atraí-los com diplomacia, acrescentando que nada pode ser feito sem consultar os aliados.

Ana Isabel Moura, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Selecção da Lituânia falhou os Mundiais porque...chegou atrasada

Per Strand venceu, António Morgado ficou em sexto, mas os ciclistas da Lituânia acabaram por marcar a prova de estrada de juniores, nos Mundiais em Flandres. Per Strand Hagenes é o novo campeão mundial júnior de …

Gil Vicente 1-2 Porto | Dragão canta de galo com dois golaços

Foi sofrer até ao fim. Sérgio Conceição tinha alertado que não seria fácil bater o Gil Vicente e foi isso que ocorreu na noite desta sexta-feira em Barcelos. O FC Porto apenas a um minuto dos …

Na II Guerra Mundial, um erro "humilhante" destruiu dois imponentes navios de guerra da Marinha Real

No dia 10 de dezembro de 1941, os japoneses afundaram os imponentes Prince of Wales e Repulse. A culpa foi do almirante Thomas Phillips que, na sequência de um "erro humilhante", acabou também por falecer. Winston …

O robô Atlas, da Boston Dynamics, faz parkour (e até dá um mortal para trás)

O Atlas é, sobretudo, um projeto de investigação: um robô que ajuda os engenheiros da Boston Dynamics a trabalhar em melhores sistemas de controlo e perceção. O parkour é um verdadeiro desafio para os seres humanos, …

Na Tailândia, um "cemitério" de táxis foi transformado numa horta sobre rodas

Desde pimentos a pepinos, beringelas e até mangericão. Num parque de estacionamento ao ar livre em Banguecoque, os táxis abandonados transformam-se em hortas para alimentar os trabalhadores. A pandemia de covid-19 obrigou os táxis de Banguecoque …

Morreu o "último nazi" canadiano, aos 97 anos

Um ucraniano que serviu como tradutor no regime nazi morreu na quinta-feira na sua casa, em Ontário, no Canadá, encerrando uma luta de décadas para deportá-lo e acusá-lo de cúmplice no assassinato de dezenas de …

No Sri Lanka, elefantes traficados foram resgatados. Mas voltaram às pessoas que os compraram ilegalmente

Um tribunal do Sri Lanka devolveu elefantes resgatados a pessoas influentes que foram acusadas de os terem comprado ilegalmente. Durante alguns anos, elefantes selvagens permaneceram na corda bamba de uma intensa batalha de custódia judicial entre …

Sporting 1-0 Marítimo | Porro volta a decidir de penálti

Que sofrimento! É normal ver os “grandes” dominarem por completo os seus adversários, mas nesta partida entre Sporting e Marítimo, em Alvalade, praticamente só houve uma equipa a atacar e a procurar o golo. Ainda assim, …

A falhar pagamentos e com 260 mil milhões de dívida - como é que a Evergrande chegou até aqui?

A situação da imobiliária chinesa Evergrande, que tem uma dívida maior do que a economia portuguesa, está a deixar o mundo ansioso sobre uma eventual repetição da história da crise de 2008, que começou com …

A lava do vulcão de Las Palmas já destruiu mais de 200 casas, mas uma permanece intacta na devastação

Como se protegida por um manto de invencibilidade, a construção escapou à força da lava que a serpenteou para felicidade dos seus proprietários, um casal de reformados dinamarquês que escolheu fixar-se naquele território precisamente pela …