A Ilha de Páscoa está lentamente a desaparecer

A Ilha de Páscoa, no Chile, um dos lugares mais misteriosos da Terra e lar da famosa civilização polinésia que construiu os moais, há cerca de dois mil anos, está lentamente a desaparecer.

De acordo com uma reportagem do New York Times, o aumento dos níveis do mar está a causar a erosão das costas da Ilha de Páscoa, no Chile, e consequentemente têm vindo a deteriorar as plataformas onde se encontram as famosas estátuas e os vestígios antigos da civilização Rapa Nui.

Perante este cenário, a Organização das Nações Unidas (ONU) já lançou um aviso para assegurar que a erosão da costa pode acabar por completo com estas peças arqueológicas. Os cientistas prevêem que as águas subam cerca de 1,5 metros até ao ano de 2100, mas temem que as tempestades e as ondas se tornem uma ameaça ainda maior”, destaca o jornal norte-americano.

“Sentimo-nos impotentes com tudo isto, quando não podemos proteger os ossos dos nossos próprios antepassados”, lamenta Camilu Rapu, líder dos Ma’u Henua, a organização indígena que controla o Parque Nacional Rapa Nui, que se estende por toda a ilha. “É uma dor enorme”, diz ainda.

No ano passado, as autoridades deram o alerta depois da queda de uma estrutura rochosa de três metros de altura, na costa sul da ilha, devido ao forte impacto das ondas. Os arqueólogos responsáveis procuraram diminuir as consequências do colapso com a construção de uma barreira marinha, graças ao financiamento de 400 mil dólares que chegou do Governo japonês. No entanto, já se começa a estudar a possibilidade de mover as estátuas e as plataformas cerimoniais (ahus) para outro lugar.

Segundo o jornal, outra área que está em perigo é a cratera vulcânica de Orongo, adornada de petroglifos, que retratam uma concorrência ancestral para obter ovos de aves, em que participavam os homens jovens da ilha antes da chegada dos europeus. Os desenhos simbólicos gravados na rocha são vulneráveis às tempestades e a erosão poderia destruí-los.

Embora seja possível fixar as gravuras noutras pedras mais estáveis ou colocá-los num museu, Rafael Rapu, chefe indígena e arqueólogo, acredita que, dessa forma, perderiam “o contexto e parte da sua história”.

Além destes problemas, o eventual desaparecimento destes sítios arqueológicos pode também representar um problema financeiro para a ilha com cerca de seis mil habitantes, pois o turismo é o eixo principal da sua economia. Só em 2017, este património mundial atraiu mais de 100 mil turistas e produziu cerca de 70 milhões de dólares de receitas para o comércio local.

PARTILHAR

RESPONDER

Cabul exige esclarecimentos depois de Trump afirmar ter planos que podem "varrer o Afeganistão da face da terra"

Depois que o presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, ter dito que tem planos militares que poderiam acabar com o Afeganistão e matar milhões de pessoas, Cabul reagiu com indignação e exigiu esclarecimentos. Após os …

Aos 16 anos, jovem prodígio rejeita oferta do Barcelona e parte para o PSG

Xavi Simons, jogador dos iniciados do Barcelona, anunciou esta terça-feira nas redes sociais que vai deixar a equipa. De acordo com o Mundo Desportivo, o futuro do jogador é o Paris Saint-Germain. Xavi Simons, jogador dos …

ISCEM não é o único. Há mais 5 politécnicos privados que vão ter de fechar portas

Além da Escola Superior de Comunicação Empresarial, há mais cinco instituições privadas que vão fechar no próximo ano letivo por não terem o aval da Agência de Acreditação do Ensino Superior. Além do encerramento do ISCEM, …

EUA. Depois de 20 anos preso, ADN prova inocência de homem condenado por homicídio e violação

Depois de ter estado 20 anos preso pela violação e assassínio de Angie Dodge, Christopher Tapp foi considerado inocente de todas as acusações. As novas técnicas de análise de ADN e os novos conhecimentos de …

Controlinveste de Joaquim Oliveira falida e com dívida de 750 milhões de euros

A Controlinveste, do empresário Joaquim Oliveira, está falida, somando dívidas de 750 milhões de euros para 153 mil euros em ativos, avança o Jornal Económico.  De acordo com o diário de economia, que cita o relatório …

Governo britânico quer missão de proteção marítima europeia para Estreito de Ormuz

Jeremy Hunt quer garantir uma "passagem segura de tripulações e mercadorias" numa região que considera "crucial". O ministro dos Negócios Estrangeiros britânico quer medida executada já. O governo britânico quer organizar uma missão de proteção marítima …

Maria Luís Albuquerque fora das listas do PSD

A ex-ministra das Finanças Maria Luís Albuquerque está fora da lista de candidatos a deputados do PSD por Setúbal, e o líder parlamentar Fernando Negrão será segundo por este círculo, confirmaram à Lusa fontes da …

Trump chega a acordo com os democratas sobre orçamento para evitar “shutdown"

O Presidente norte-americano anunciou, esta segunda-feira, ter chegado a acordo com a oposição democrata quanto ao orçamento, evitando assim a perspetiva de paralisação (“shutdown”) da administração federal até às próximas Presidenciais. "Estou feliz por anunciar que …

Bianca Devins foi assassinada e as imagens partilhadas centenas de vezes na Internet

Uma jovem de 17 anos foi assassinada quando acompanhava o namorado a um concerto, nos Estados Unidos. O companheiro, que ainda tentou o suicídio após o crime, partilhou fotografias do cadáver da vítima na Internet, …

VianaPolis chega a acordo com casal. Já só restam sete moradores no prédio Coutinho

A VianaPolis informou, esta terça-feira, ter chegado a acordo com um casal que detinha um apartamento no prédio Coutinho, em Viana do Castelo, onde ainda permanecem sete pessoas em cinco frações. Em declarações à agência Lusa, …