Identificados os dois espanhóis que fugiram após atropelamento de graffiters na Maia

A PSP do Porto identificou dois espanhóis que, na noite de segunda-feira, fugiram do apeadeiro de Águas Santas, na Maia, após três jovens terem sido colhidos mortalmente por um comboio.

O acidente provocou “três vítimas, um português e dois espanhóis”, e outros “dois elementos ausentaram-se do local e já foram identificados” pela polícia, comunicou uma fonte do Comando da PSP do Porto à agência Lusa.

As vítimas são dois espanhóis, de 18 e 20 anos, e um português, residente na Senhora da Hora, em Matosinhos, que faria 19 anos na próxima quarta-feira.

A polícia encontrou ainda um Seat Ibiza preto de matrícula espanhola nas proximidades do local do acidente. “A PSP está agora a fazer diligências no sentido de apurar os factos”, concluiu a mesma fonte. A investigação decorre em coordenação com as autoridades de Espanha.

O acidente ocorreu na segunda-feira, cerca das 20h20, quando um grupo de jovens tentava pintar as carruagens de um comboio que se encontrava parado no apeadeiro de Águas Santas-Palmilheira e foi atingido por um comboio que vinha em sentido contrário, cruzando a uma velocidade de quase 120 km/h, na linha que faz a ligação Campanhã (Porto) – Ermesinde (Valongo).

Backjump

De acordo com o apurado pelo Jornal de Notícias, o acidente terá acontecido enquanto os jovens faziam “backjump”, um desafio que consiste em ações-relâmpago de pintura em carruagens enquanto estas estão momentaneamente paradas nas estações para recolher e deixar sair os passageiros.

No local foram encontradas várias latas de tinta utilizadas para o efeito, sugerindo que os jovens estariam a grafitar o comboio que fazia a ligação entre a estação de Campanhã e a da Régua, no apeadeiro de Águas Santas-Palmilheira.

Trata-se de um fenómeno internacional que já existe há alguns anos em que os graffiters filmam as ações para serem partilhadas na Internet.

De acordo com MrDheo, um dos graffiters portugueses mais conhecidos, é frequente os jovens viajarem para outros lugares para “colecionarem modelos de comboios diversificados”. Terá sido esse o caso dos espanhóis que acompanhavam a vítima portuguesa.

O JN refere que a CP gasta 300 mil euros por ano em limpezas após estes actos de vandalismo, recorrentes nas estações portuguesas.

O presidente da Câmara da Maia, Bragança Fernandes, considera que estas ações só terão solução “quando a CP colocar redes ou grades no local, impedindo a passagem”, mas reconhece que a solução passa pela existência de “espaços próprios para os jovens grafitarem”.

ZAP

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Pintar comboios, edifícios alheios, paredes etc. com graffiti é um crime grave ao património que deve ser severamente punido. São comportamentos marginais e criminosos que destroem as nossas paisagens urbanas e que têm de ser encarados como tal. Pessoalmente preferia que esses 3 jovens estivessem agora na prisão em vez de estarem mortos. Mas pagaram pelo comportamento marginal que tiveram, embora talvez um preço demasiado alto, é certo. Que isso sirva para reflexão a outros jovens com comportamentos idênticos.

      • Não estes até parece serem sócios do Sócrates e o “nosso” carro em questão teria sido emprestado pelo Marocas que por acaso até lá estaria e lhes gritou, ponham-se em fuga!

  2. É da responsabilidade das autoridades investigar o que realmente aconteceu, porque o que tem vindo a público não se aproxima daquilo que provavelmente aconteceu, a não ser a certeza de que morreram 3 jovens que efectuavam graffitis numa carruagem.

  3. Houve pelo menos uma vantagem, as carruagens não ficaram danificadas e são menos três a praticar vandalismo no país que nos custa muito caro!

Merkel admite: Greta Thunberg teve influência nas novas medidas alemãs pelo ambiente

A chanceler alemã, Angela Merkel, afirmou nesta sexta-feira que o seu governo decidiu ser mais ambicioso nas medidas contra as alterações climáticas como resposta à mobilização e marchas pelo ambiente de crianças e adolescentes inspirados …

Google paga prémios até centenas de milhares de euros para descobrir bugs

A Google aumentou o valor dos prémios que oferece a quem descobrir bugs nos seus produtos e serviços. Alguns dos prémios podem mesmo chegar aos milhares de euros. Ganhar dinheiro ao descobrir bugs é algo desconhecido …

Identificado suspeito do incêndio no estúdio de animação no Japão. Queixa-se de plágio

Esta quinta-feira, um incêndio no estúdio de animação KyoAni provocou 33 mortos e 35 feridos. Confirmadas as suspeitas de que o desastre resultara de fogo posto e que o autor usara gasolina para propagar as …

Nunca ninguém mandou tanto tempo como Benjamin Netanyahu

Benjamin Netanyahu foi o primeiro chefe de Governo de Israel a nascer no país — em Telavive, a 21 de outubro de 1949, um ano após a criação do Estado.  Foi também o primeiro-ministro mais …

Vulcão Etna acordou e entrou de novo em erupção

O Etna voltou a acordar lançando lava de uma das crateras localizadas na área desértica do topo do vulcão siciliano, de acordo com o Instituto Nacional Italiano de Geofísica e Vulcanologia (INGV). A atividade é intermitente …

Agência Europeia para a Segurança da Aviação alerta para limitações dos Airbus 321neo

A Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA) publicou na passada quarta-feira um estudo sobre um problema nos Airbus 321neo que pode dar origem a uma “redução do controle do avião”. O documento alerta todas as …

Carlos Vinícius por 17 milhões no Benfica. É o terceiro reforço mais caro das águias

O Benfica anunciou hoje como reforço o avançado brasileiro Carlos Vinícius, que assina por cinco temporadas, com o clube "encarnado" a pagar 17 milhões de euros ao Nápoles pela transferência. Os encarnados confirmaram a contratação do …

"Acharam que era empregado de mesa". Deputado Hélder Amaral denuncia racismo no Parlamento Europeu

O deputado do CDS-PP Hélder Amaral revela que foi vítima de racismo no Parlamento Europeu. O único deputado afro-descendente com assento parlamentar refere que "acharam que era empregado de mesa". Esta revelação foi feita por Hélder …

Há mais cinco dias para pagar o IVA (e mais mudanças noutros impostos)

Os deputados aprovaram esta sexta-feira, a proposta do Governo que altera diversos códigos fiscais, entre os quais mais cinco dias para o pagamento do IVA e eliminação de garantia para dívidas mais baixas de …

Deputado vai ser testemunha no caso do incêndio de Monchique. Mas não conhece o arguido

O deputado social democrata Cristóvão Norte vai testemunhar em defesa do suspeito do crime de incêndio, que deflagrou em Monchique em 2018, mas não conhece o arguido nem a sua advogada. O deputado foi um dos …