“Ice Boy” reacende debate sobre pobreza na China

Wang, apelidado de Ice Boy, percorreu quase cinco quilómetros para ir para a escola com temperaturas de nove graus negativos. Esta situação despoletou um debate sobre a pobreza na China rural.

Um aluno chinês, de oito anos, reacendeu a discussão online sobre a pobreza infantil depois de ter sido apelidado de Ice Boy, rapaz de gelo em português. O menino terá percorrido quase cinco quilómetros quando o termómetro marcava 9 graus negativos.

De acordo com a BBC, as fotografias do menino que chegou congelado à escola, na segunda-feira, tornaram-se virais. Numa das fotografias, é possível ver as mãos de Wang sujas e inchadas do frio. Noutra, o rapaz está com as bochechas inchadas e vermelhas, vestido com um casaco fino.

Quem tirou as fotografias a Wang foi o professor, tendo enviado para o diretor da escola e a outros colegas. As fotografias chegaram rapidamente às redes sociais e aos media nacionais, até se tornarem virais com a hashtag #IceBoy.

De acordo com o Público, que cita a agência estatal China News Service, o menino andou 4,5 quilómetros para chegar à escola em Ludian, na província de Yunnan – um percurso que demora cerca de uma hora a ser feito. Muitos dizem que não está a ser feito o suficiente para ajudar as crianças mais carenciadas dos meios mais rurais da China.

“Esta criança sabe que a educação pode mudar o seu destino“, lê-se num comentário. Numa das fotografias, o pequeno Wang está com as mãos por cima de um teste, no qual conseguiu um resultado de 99%.

O menino vive com a avó e com a irmã, numa casa “feita de argila e tijolos”. Segundo jornalistas do site Pear Video, esta é “uma criança deixada para trás, uma das dezenas de milhões de crianças que não veem os pais que se terão mudado para diferentes cidades em busca de meios para as sustentar”.

Segundo o jornal, a história do Ice Boy tem gerado uma onda de protestos para que mais seja feito para ajudar estas “crianças deixadas para trás”. Há empresas, inclusivamente, que começaram a fazer doações depois de terem conhecido a história de Wang.

O debate em torno da situação de Wang surge dias depois de uma fotografia de uma criança de raça negra a ver fogo de artifício, durante as celebrações de Ano Novo na praia de Copacabana, no Brasil, ter causado discussões sobre os preconceitos raciais no país.

//

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. “o pequeno Wang está com as mãos por cima de um teste, no qual conseguiu um resultado de 99%.” Rasurado como está duvido muito dos 99%, mas fica sempre bem na foto 😉

RESPONDER

NASA vai procurar aquíferos nos desertos com tecnologia já usada em Marte

Uma parceria entre a NASA e a Fundação Qatar tem como objetivo procurar as cada vez mais escassas águas que estão enterradas nos desertos do Saara e da Península Arábica. Este processo deverá ser desenvolvido …

Os aeroportos mudam o nome das pistas (e a culpa é dos pólos magnéticos da Terra)

O pólo norte magnético pode mover-se até 64 quilómetros por ano. Isto pode ser um problema para os pilotos de aviões. A pista 17L/35R, no Aeroporto Internacional de Austin-Bergstrom, no estado norte-americano do Texas, não terá …

Rússia quer ultrapassar Tom Cruise e ser a primeira a gravar um filme no Espaço

O ator Tom Cruise quer rodar um filme no Espaço, mas a Rússia quer ser a primeira, de acordo com um comunicado da agência espacial Roscosmos. Os Estados Unidos e a Rússia são, novamente, os protagonistas …

Os animais perdem o medo dos predadores depois de contactarem com o Homem

Uma nova investigação concluiu que os animais selvagens perdem rapidamente o medo dos seus predadores depois de entrarem em contacto com o Homem. A maioria dos animais selvagens, como é o caso dos leões, exibe …

Há mais 884 casos confirmados e oito óbitos por covid-19 em Portugal

De acordo com o último boletim divulgado epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), Portugal regista, este sábado, mais oito óbitos e 884 novos casos de infeção pelo novo coronavírus. Assim, Portugal contabiliza, desde o início da …

Negros norte-americanos estão a comprar armas em valores recorde

O número de afro-americanos a comprar armas aumentou drasticamente. Em causa, estará uma resposta ao agravar das tensões sociais no país devido ao movimento Black Lives Matter. Nos Estados Unidos, os protestos do movimento Black Lives …

Sporting paga 5 milhões e "rouba" Bruno Tabata ao Braga

O Sporting conseguiu 'roubar' Bruno Tabata ao Sporting de Braga. O extremo do Portimonense assina pelos 'leões' num contrato válido por cinco temporadas. Bruno Tabata está a caminho do Sporting CP, avança este sábado o jornal …

Há (pelo menos) 16 escolas com casos de covid-19, mas não há dados oficiais

Nem o Ministério da Educação, nem a Direcção Geral de Saúde (DGS) revelam o número de casos de covid-19 nas escolas, depois da reabertura do ano lectivo. Mesmo sem dados oficiais, é possível contabilizar, pelo …

Deixar Bilbau não dá bom resultado (lembra-se da grande equipa de Bielsa?)

Javi Martínez tenta contrariar a tendência dos seus antigos companheiros de equipa no famoso Atlético de Bilbau, que só aceita no seu plantel futebolistas nascidos no País Basco ou com ascendência familiar basca. Javi Martínez, herói …

Tatuagens racistas, saias curtas, cabelos e bigodes estranhos proibidos na PSP

Os polícias que tenham tatuagens com símbolos, palavras ou desenhos de natureza partidária, extremista, racista ou que incentivem à violência têm seis meses para as remover, de acordo com novas normas da PSP que também …