“Ice Boy” reacende debate sobre pobreza na China

Wang, apelidado de Ice Boy, percorreu quase cinco quilómetros para ir para a escola com temperaturas de nove graus negativos. Esta situação despoletou um debate sobre a pobreza na China rural.

Um aluno chinês, de oito anos, reacendeu a discussão online sobre a pobreza infantil depois de ter sido apelidado de Ice Boy, rapaz de gelo em português. O menino terá percorrido quase cinco quilómetros quando o termómetro marcava 9 graus negativos.

De acordo com a BBC, as fotografias do menino que chegou congelado à escola, na segunda-feira, tornaram-se virais. Numa das fotografias, é possível ver as mãos de Wang sujas e inchadas do frio. Noutra, o rapaz está com as bochechas inchadas e vermelhas, vestido com um casaco fino.

Quem tirou as fotografias a Wang foi o professor, tendo enviado para o diretor da escola e a outros colegas. As fotografias chegaram rapidamente às redes sociais e aos media nacionais, até se tornarem virais com a hashtag #IceBoy.

De acordo com o Público, que cita a agência estatal China News Service, o menino andou 4,5 quilómetros para chegar à escola em Ludian, na província de Yunnan – um percurso que demora cerca de uma hora a ser feito. Muitos dizem que não está a ser feito o suficiente para ajudar as crianças mais carenciadas dos meios mais rurais da China.

“Esta criança sabe que a educação pode mudar o seu destino“, lê-se num comentário. Numa das fotografias, o pequeno Wang está com as mãos por cima de um teste, no qual conseguiu um resultado de 99%.

O menino vive com a avó e com a irmã, numa casa “feita de argila e tijolos”. Segundo jornalistas do site Pear Video, esta é “uma criança deixada para trás, uma das dezenas de milhões de crianças que não veem os pais que se terão mudado para diferentes cidades em busca de meios para as sustentar”.

Segundo o jornal, a história do Ice Boy tem gerado uma onda de protestos para que mais seja feito para ajudar estas “crianças deixadas para trás”. Há empresas, inclusivamente, que começaram a fazer doações depois de terem conhecido a história de Wang.

O debate em torno da situação de Wang surge dias depois de uma fotografia de uma criança de raça negra a ver fogo de artifício, durante as celebrações de Ano Novo na praia de Copacabana, no Brasil, ter causado discussões sobre os preconceitos raciais no país.

//

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. “o pequeno Wang está com as mãos por cima de um teste, no qual conseguiu um resultado de 99%.” Rasurado como está duvido muito dos 99%, mas fica sempre bem na foto 😉

RESPONDER

Encontrado vestígio de vida animal mais antigo de sempre

Investigadores da Universidade da Califórnia afirmam ter descoberto o vestígio mais antigo de vida animal conhecido, de formas de vida que existiram há mais de 635 milhões de anos. O estudo publicado esta segunda-feira na revista …

Inundações no sul de França fazem 12 mortos

O número de mortos nas inundações na zona de Carcassonne, na região de Aude, no sudoeste de França, subiu para 12, anunciaram nesta segunda-feira as autoridades, referindo que há uma pessoa desaparecida. O primeiro-ministro francês, Édouard …

Ursos polares famintos estão a comer baleias (e isso ajuda-os a sobreviver ao aquecimento)

Há mais de um ano, ursos polares reuniram-se num ilha ao largo da costa norte da Sibéria para devorar uma baleia morta. Um estudo recente defende que, no passado geológico, os ursos polares podem ter …

Morreu Paul Allen, cofundador da Microsoft

Paul Allen, cofundador da Microsoft, morreu com 65 anos durante a tarde desta segunda-feira, anunciou a sua empresa, a Vulcan Inc, em nome da família.  Paul Allen tinha retomado recentemente tratamentos contra um linfoma não-Hodgkin, diagnosticado …

Todas as missões da NASA deveriam procurar vida extraterrestre

A procura por sinais de vida alienígena deve fazer parte de todas as missões futuras da NASA. A organização deve expandir o seu leque sobre possíveis sinais extraterrestres, de forma a conseguir identificá-los, aponta um …

Cientistas alcançam a primeira aceleração de eletrões em ondas de plasma

Físicos demonstraram uma nova técnica para acelerar eletrões a energias muito altas em distâncias muito curtas, uma técnica que permitirá alcançar novos avanços na física de partículas a preços mais modestos. O Large Hadron Collider (LHC) …

Casais de ratos do mesmo sexo tiveram crias

Cientistas da Academia Chinesa fizeram nascer crias de ratos de casais do mesmo sexo através de uma nova técnica que utiliza células estaminais modificadas. A nova técnica desenvolvida pelos cientistas chineses mistura células estaminais modificadas que …

Cientistas revertem casos de Diabetes tipo 2

Num novo estudo, cientistas bloquearam a proteína VDAC1 nas células que produzem insulina e conseguiram reverter casos de Diabetes tipo 2. Os investigadores também conseguiram mostrar que é possível prevenir o surgimento da doença. O estudo, …

Brexit. May diz que acordo “ainda é possível”, mas divergência que resta é “frustrante”

A primeira-ministra britânica, Theresa May, admitiu esta segunda-feira que "ainda é possível" um acordo que permita uma saída ordeira do Reino Unido da União Europeia, mas a divergência que resta com Bruxelas é "frustrante. Numa declaração …

Abrandamento económico pode dificultar consolidação orçamental em Portugal

A agência de notação financeira Fitch reconhece a "trajetória firme de descida" da dívida pública portuguesa, mas adverte que o abrandamento da economia e as pressões sobre o investimento poderão dificultar a consolidação orçamental nos …