Huawei lança sistema operativo próprio já este ano

A Huawei confirmou que já está a trabalhar num sistema operativo próprio da marca que será lançado na China em 2019 e internacionalmente no ano seguinte. A Huawei foi proibida pela Google de usar o sistema operativo Android nos seus telemóveis.

Depois de a Huawei perder acesso ao Android, Play Store e apps do Google, a empresa chinesa teve de se adaptar e desenvolver o seu próprio sistema operativo (SO). Primeiras notícias davam conta que estaria já disponível no próximo mês, mas a marca desmentiu e disse que só seria lançado em finais de 2019 na China e em 2020 no resto do mundo.

O sistema operativo intitulado “HongMeng” (poderá mudar o nome para Ark OS) substituirá assim o Android. A Google concedeu um prazo que se prolonga até 19 de agosto para a Huawei se adaptar à perda das funcionalidades e da tecnologia que antes era fornecida parcialmente pela empresa americana.

Empresas como a Intel, Qualcomm, Micron e ARM também cortaram os seus negócios com a empresa chinesa, seguindo o exemplo da Google.

Apesar de tudo, a Huawei não foi apanhada de surpresa. De acordo com Alaa Elshimy, diretor administrativo e vice-presidente da empresa no Médio Oriente, disse que a Huawei já tinha um sistema operativo preparado como plano B desde janeiro de 2018.

“Não queríamos trazer o sistema operacional para o mercado, pois tínhamos um forte relacionamento com a Google”, explicou Elshimy. Apesar de ter também admitido que o SO seria lançado já no próximo mês, a empresa contactou a TechRadar e desmentiu as declarações, confirmando que só está disponível nas datas anteriormente anunciadas.

Todas as aplicações que estavam disponíveis com o Android estarão também disponíveis com este novo sistema operativo. As apps estarão disponíveis para download na Huawei AppGallery.

“As sanções dos EUA não afetarão o sistema operativo da empresa de maneira alguma, já que somos autosuficientes em muitos aspetos”, disse Elshimy. Anualmente, a Huawei gastava 11 mil milhões de dólares em bens e serviços dos Estados Unidos, mas terá agora de mudar os seus hábitos após as restrições.

Quanto ao Wi-Fi e ao Bluetooth, o diretor administrativo da Huawei diz que se deverão manter intactos no novo sistema operativo.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Pior que uma Huawei com backdoors num sistema Android(open source), é uma Huawei num SO proprietário, onde ninguém sabe o que ali se passa…
    Para quem acha que a Huawei rouba dados e informação dos utilizadores, então pode ficar ainda mais preocupado porque a probabilidade de o fazer num sistema próprio é MUITO maior.
    Já agora, a Huawei é conhecida no mundo pelo roubo de várias patentes, entre outras acções menos licitas, logo não é nada descabida a preocupação em relação à Huawei, mesmo existindo um aproveitamento económico como é óbvio! De qualquer forma a Huawei não é flor que se cheire…

  2. e qual è a garantia que temos actualmente que os nossos dados e informaçoes nao estao a servir os interesses de quem domina o actual sistema?
    Entao nao è verdade que o que escrevemos no facebook serve para obter informaçoes, sobre o que gostamos, e sao posteriormente vendidas a grandes grupos economicos?

  3. talvez nasça algo curioso deste braço de ferro entre naçoes ,em que as empresas estao na linha da frente ,nasceu a
    guerra fria da era da globalizaçao

RESPONDER

"Solução razoável". Marcelo promulga já aumento do salário mínimo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai promulgar já esta sexta-feira o diploma que estabelece um aumento do salário mínimo nacional para 635 euros em 2020, que considera "uma solução razoável, a pensar …

Filósofo francês diz aos homens para violarem mulheres. "Eu violo a minha todas as noites"

O filósofo e escritor francês Alain Finkielkraut afimrou na quarta-feira, durante um programa da TF1 sobre casos de violação divulgados pelos media, que diz aos homens para violarem as suas mulheres. "Eu violo a minha …

Ex-administrador da TAP Luís Rodrigues é o novo presidente da SATA

O antigo administrador da TAP Luís Rodrigues é o novo presidente da transportadora aérea açoriana SATA, informou hoje o executivo regional. "O presidente do Governo [Regional], Vasco Cordeiro, comunicou à Assembleia Legislativa o nome de Luís …

Mãe que deixou recém-nascido no caixote do lixo não quis abortar

A jovem cabo-verdiana, em prisão preventiva por suspeitas de ter abandonado o seu filho recém-nascido no lixo, teve a oportunidade de abortar, mas não quis. O Supremo Tribunal de Justiça rejeitou, esta quinta-feira, o pedido de …

Face Oculta. MP pede 12 anos e 10 meses para Manuel Godinho

O Ministério Público (MP) defendeu esta sexta-feira a aplicação de uma pena única de 12 anos e 10 meses de prisão para o sucateiro Manuel Godinho, principal arguido do processo Face Oculta, durante a audiência …

Maioria acredita que Governo vai durar quatro anos

Uma sondagem da Aximage revela que a maioria das pessoas entrevistadas acredita que António Costa vai concluir a sua legislatura, mesmo com um Governo que consideram de "estrutura exagerada". Uma sondagem da Aximage para o Jornal …

Tecnologia usada em Marte ajuda a detectar fugas de água em Gaia

Um sistema "pioneiro em Portugal" que recorre a tecnologia usada em Marte, para detectar água, está a ser utilizada pela empresa municipal Águas de Gaia, em Vila Nova de Gaia, para detectar fugas no sistema …

É segredo de Estado e custou mais de 100 milhões. "Máquina do Fisco" analisa 600 mil facturas por hora

O sistema informático que sustenta a "máquina do Fisco" já custou ao Estado mais de 100 milhões de euros e é tão secreto que nem a localização física dos servidores que o sustentam é conhecida. …

Empresário alemão investigado por suspeitas de orgias com menores em Cascais

O empresário alemão Matthias Schmelz, representante em Portugal dos aspiradores da marca Rainbow, está a ser investigado por suspeitas de lenocínio e pagar por orgias com menores na sua casa na zona de Cascais, avançou …

A nova fábrica da Tesla não vai ser no Reino Unido por causa do Brexit

O presidente executivo da Tesla admitiu que as incertezas à volta do Brexit tiveram peso na decisão de abrir a primeira fábrica da empresa na Europa antes em Berlim. A Tesla anunciou, esta terça-feira, que vai …