“Modo de medicina para desastres.” Hospitais do Reino Unido sob pressão crescente

Giuseppe Lami / EPA

A esperança de que o novo ano traria o alívio da pandemia no Reino Unido está a desfazer-se. O Governo britânico está perante uma reviravolta face ao aumento do número de infeções graves de covid-19.

Os hospitais do Reino Unido estão novamente a lutar contra o número crescente de doentes nos cuidados intensivos. O número diário de infeções por covid-19 também não parece estar a diminuir, pelo que a esperança de um começo de ano com algum regresso à normalidade está a esmorecer, avança o The Guardian.

Com o agravamento da crise sanitária no país, o hospital Nightingale, no centro de Londres, deverá começar a receber pacientes covid-19 na próxima semana, pela primeira vez desde a primavera.

Os hospitais no leste da capital estão sob uma pressão sem precedentes. As unidades de Essex e Buckinghamshire já declararam uma espécie de estado de emergência que lhes permite pedir apoios ao governo local. Da mesma forma, outros grandes hospitais do país estão a preparar-se para o pior.

O diário britânico escreve que, pelo quarto dia consecutivo, os casos diários chegaram a 50 mil, e há quase 24 mil pessoas hospitalizadas. Esta sexta-feira, morreram 613 pessoas infetadas com covid-19, sendo que uma delas era uma criança de oito anos com problemas de saúde subjacentes.

Os cientistas britânicos confirmaram que a circulação da nova variante do coronavírus aumentou os casos em cerca de três vezes em novembro.

Ao contrário do que se previa inicialmente, algumas regiões de Londres vão manter as escolas primárias encerradas. Esta reviravolta pode levar os pais de outras áreas a exigir o encerramento das escolas.

Os grandes hospitais da capital, como o Royal London, Barts e UCLH, estão a converter as suas enfermarias em unidades de cuidados intensivos para receber mais pacientes infetados com covid-19.

O The Guardian teve acesso a um e-mail, enviado para a equipa do hospital Royal London, que referia que a instituição está em “modo de medicina para desastres“.

Embora Londres esteja a sofrer com o grande aumento de casos relacionados com a nova variante do vírus, a verdade é que o resto do país não fica muito atrás, de acordo com a Confederação do NHS, que representa as organizações do NHS.

Liliana Malainho Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Afinal, o SEF ainda não foi extinto. Governo vai publicar decreto-lei

Afinal, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) ainda não foi extinto. Segundo o Ministério da Administração Interna, o Governo vai "aprovar por decreto-lei a orgânica do novo serviço público [SEA] e as novas competências …

Mais quatro mortes e 553 casos nas últimas 24 horas

De acordo com a Direção-Geral da Saúde, Portugal registou nas últimas 24 horas 553 novos casos de covid-19 e quatro mortes associadas à doença. Portugal regista hoje mais quatro mortes relacionadas com a covid-19, 553 novos …

Familiares das vítimas do voo MH-17 na Ucrânia vão pedir indemnizações

Uma das advogadas das vítimas do voo MH-17 da Malaysia Airlines anunciou que 290 familiares apresentaram pedido de indemnização contra os quatro suspeitos do acidente. Uma advogada das vítimas do derrube do voo da Malasya Airlines …

1.º de Maio. CGTP duplica lotação, UGT festeja online com ex-ministros socialistas

As centrais sindicais voltam a estar divididas quanto às comemorações do 1.º de Maio. A CGTP vai organizar dois desfiles e duplicar a concentração na Alameda Dom Afonso Henriques; a UGT cancelou qualquer iniciativa presencial …

"Vice" da bancada do PS contestado por pedir autocrítica do partido sobre Sócrates

Pedro Delgado Alves defendeu que o PS deveria refletir sobre a ação de José Sócrates. O deputado foi contestado por outros dirigentes do grupo parlamentar, nomeadamente Ana Catarina Mendes, que reagiu de forma dura à …

Japão responde à China e garante que derrame de Fukushima será seguro

O vice-primeiro-ministro japonês, Taro Aso, reafirmou esta sexta-feira, em resposta às críticas da China, que a descarga da central nuclear de Fukushima aprovada pelas autoridades japonesas estará dentro dos limites de segurança da água potável. "Estou …

Ninguém quer "a batata quente" do caso Sócrates. Ivo Rosa e Carlos Alexandre com nota máxima

Os juízes Ivo Rosa e Carlos Alexandre foram avaliados com a nota máxima de "Muito Bom" pelo Conselho Superior da Magistratura em inspecções realizadas entre 2013 e 2018, ou seja, abarcando o período da investigação …

João Leão afasta criação de imposto de solidariedade para pagar crise pandémica

O ministro das Finanças, João Leão, argumenta que a criação de um imposto de solidariedade para pagar a crise pandémica não ajudaria nem seria benéfica. Em entrevista ao semanário Expresso, o ministro das Finanças, João Leão, …

Isabel de Castela ficou conhecida por cheirar mal. Novos documentos põem fim aos mitos

A famosa rainha Isabel I de Castela, em Espanha, era conhecida por se lavar pouco e cheirar mal. Contudo, documentos recém-descobertos mostram que possuía uma quantidade enorme de perfumes de grande valor. Isabel I financiou a …

De Cristas aos encontros com Salgado. PS já tem 14 perguntas sobre o Novo Banco para Passos

Depois de Carlos Moedas e Cavaco Silva, o PS já tem perguntas que quer fazer ao ex-primeiro-ministro Pedro Passos Coelho no âmbito da comissão de inquérito ao Novo Banco.  De acordo com o semanário Expresso, o …