Hospitais públicos têm mais de 650 milhões de euros de dívidas em atraso

As dívidas em atraso dos hospitais pertencentes ao Serviço Nacional de Saúde têm vindo a crescer desde o início do ano. Em setembro, o valor fixava-se nos 650 milhões de euros.

Hospitais públicos acumulam 651,6 milhões de euros em dívidas com mais de 90 dias — representando 40,5% do valor devido a fornecedores. Este foi o valor registado em setembro e é o mais alto do ano. Os dados são do Portal do Serviço Nacional de Saúde e foram avançados esta sexta-feira pelo jornal Público.

O Ministério da Saúde garante que, conjuntamente com o Ministério das Finanças, “continuam fortemente empenhados em obter um valor histórico na redução dos pagamentos em atraso no SNS e têm desenvolvido uma articulação próxima no sentido de ir ao encontro das necessidades do setor, mantendo a execução do plano de liquidação de pagamentos em atraso”.

O gabinete de Marta Temido já tinha definido como prioridade a “eliminação dos pagamentos em atraso até 2020”. O Governo tem injetado capital ao longo do ano, levando a várias oscilações nas dívidas dos hospitais.

Apesar do esforço do Governo, as dívidas em atraso têm crescido continuamente. Em junho, o valor era de 480,6 milhões de euros, aumentando 171 milhões em apenas três meses.

O Centro Hospitalar Lisboa Norte, Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, o Centro Hospitalar Lisboa Ocidental, o Centro Hospitalar Lisboa Central e o Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho são os hospitais públicos com a maior dívida em atraso. O Centro Hospitalar Lisboa Norte é também o que demora mais tempo a pagar (341 dias), segundo os dados do Serviço Nacional de Saúde.

Apenas 20% dos hospitais pagam a menos de 90 dias, com o prazo médio de pagamento aos fornecedores a estar fixado nos 158 dias. Os hospitais Magalhães Lemos, Francisco Zagalo, Arcebispo João Crisóstomo e o Instituto Gama Pinto são os que demoram menos tempo a pagar, demorando menos de 30 dias.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Na África do Sul, há uma associação entre violência sexual e gravidez indesejada

Na África do Sul, as meninas que sofreram violência sexual têm maior probabilidade de relatar uma gravidez indesejada em comparação com aquelas que nunca sofreram violência sexual. Na África do Sul, a taxa de gravidez na …

Hackers russos associados ao ataque em hospital alemão que resultou na morte de uma paciente

O ataque informático num hospital alemão na semana passada, que resultou na morte de uma paciente em estado crítico, pode ter sido causado por um grupo russo com ligações ao crime cibernético. A informação é …

Paços 0-2 Sporting | “Leão” competente estreia-se com triunfo

Após o adiamento do jogo da primeira jornada ante o Gil Vicente, devido a vários casos de Covid-19 nas duas equipas, o Sporting estreou-se na Liga NOS 2020/21 e não vacilou. Na visita ao Paços de …

Medicamentos para a tensão arterial diminuem mortalidade em doentes com covid-19

Um estudo de meta-análise concluiu que medicamentos para a tensão arterial, ao contrário do que se pensava, reduzem a mortalidade em pacientes com covid-19. No início da pandemia, havia a preocupação de que certos medicamentos para …

A ilha mais povoada do Hawai pode perder 40% das suas praias até 2050

A subida do nível das águas do mar pode fazer com que a ilha mais povoada do Havai perca 40% das suas praias, alerta uma nova investigação. Em causa está a ilha de Oahu, a …

Pela primeira vez em 10 anos, a Wikipédia vai mudar de aparência

A icónica Wikipédia vai, pela primeira vez em 10 anos, ser modificada para tornar o site mais acessível - e menos "assustador" - para novos utilizadores. A Wikipédia tem sido parte integrante da cultura da web …

Encontrados medicamentos ilegais em suplementos para o cérebro

Cientistas encontraram medicamentos ilegais, não aprovados nos Estados Unidos, em suplementos que alegadamente melhoram o desempenho cognitivo. Clareza mental, criatividade aprimorada e uma memória extremamente nítida são algumas das promessas feitas a quem compra suplementos de …

Voluntários oferecem-se para cumprir pena de jovem acusado de blasfémia

Num ato de solidariedade, 120 voluntários pediram para cumprir a pena de um jovem nigeriano condenado a 12 anos de prisão por blasfémia. Entre os voluntários está o diretor do Memorial de Auschwitz. Ao todo, 120 …

ADN ajuda a identificar assassino em série num dos mais infames casos da Austrália

Uma amostra de ADN ajudou a justiça australiana a considerar um homem como culpado pelo assassinato de duas mulheres na década de 1990, encerrando um caso que permaneceu sem solução durante quase 25 anos. Durante quase …

Mais 665 casos e nove mortes por covid-19 em Portugal

Portugal regista, este domingo, mais 665 novos casos positivos e nove mortes por covid-19, segundo boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Assim, desde o início da pandemia, Portugal conta com 73.604 infetados e 1.953 …