Horas depois da saída de May, Boris Johnson ameaça com No Deal

Poucas horas depois de Theresa May ter anunciado a sua demissão, o favorito à sua sucessão diz que o Reino Unido vai “sair da UE, a 31 de outubro, com acordo ou sem”.

“Vamos sair da União Europeia a 31 de outubro, com acordo ou sem. A melhor maneira de conseguir um bom acordo, é preparando-nos para um não acordo”, disse Boris Johnson, ex-ministro dos Negócios Estrangeiros de Theresa May, favorito à sua sucessão na liderança do Partido Conservador e no N.º 10 de Downing Street.

Johnson falava na Suíça, durante uma conferência económica, poucas horas depois de a primeira-ministra britânica anunciar a sua demissão da liderança dos conservadores e da chefia do governo britânico.

Johnson elogiou o trabalho e a paciência de May, prometendo: “Um novo líder terá a oportunidade de fazer as coisas de forma diferente e agora chegou a altura de um novo governo”, avança o Diário de Notícias.

Para Boris Johnson, um segundo referendo sobre o Brexit é “uma ideia muito má” porque divide o país. No referendo de 23 de junho de 2016, 52% dos eleitores votaram a favor da saída do Reino Unido da UE, 48% votaram a favor da permanência britânica no clube europeu.

Esta sexta-feira, uma porta-voz do presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, disse ainda que “a nossa posição em relação ao Acordo de Retirada e tudo o resto está fechada. Não há alterações em relação a isso”.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Parece que afinal quem tem medo do 2º referendo são os politicos, pois este senhor diz que o 2º referendo iria dividir o país, mas no 1º referendo a votação foi 52% / 48% ??? Muito interessante!!!! No entanto, aquando do 1º referendo, as pessoas não estavam tão informadas como agora, qual o problema de referendar agora? Porque razão os políticos não querem saber qual o resultado que existiria agora?
    Interesses escondidos talvez …..

RESPONDER

UEFA confirma três jogos de suspensão para Neymar

A UEFA anunciou, esta quarta-feira, que rejeitou o recurso do Paris Saint-Germain e manteve os três jogos de suspensão a Neymar, na sequência de insultos aos árbitros na partida com o Manchester United, da Liga …

Transportes estão cada vez mais cheios. Carris vai comprar 100 novos autocarros

A Carris vai lançar dois concursos para a aquisição de 100 novos autocarros, 70 dos quais a gás natural e 30 elétricos, anunciou o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina. Falando na apresentação da …

Apenas 59% dos habitantes da Europa ocidental confiam na vacinação. França é o país com mais dúvidas

Na Europa oriental, apenas metade da população olha para as vacinas como uma forma segura de prevenção de saúde. No caso da zona ocidental, o número sobe para os 59%, mas fica ainda distante dos …

César Peixoto é o novo treinador da Académica

O antigo futebolista é o novo treinador da Académica, sucedendo a João Alves no comando técnico dos estudantes, anunciou o clube que integra a II Liga portuguesa. César Peixoto vai ser apresentado às 17h00, em conferência …

Tribunal diz que ausência de resistência de vítima de violação é "desejo de sobreviver"

Quando as vítimas não resistem, revelam "o desejo de sobreviver a uma situação cujo controlo não detêm", adotando um comportamento de preservação, diz o Tribunal da Relação de Lisboa. O Tribunal da Relação de Lisboa considerou …

Draghi abre a porta a cortes nas taxas de juro

Mario Draghi afirmou esta terça-feira que se o objetivo de ficar abaixo dos 2% de inflação estiver ameaçado, "estímulos adicionais serão necessários". O presidente do BCE admitiu mesmo uma descida das taxas. O presidente do BCE, Mario …

SNS dá “sinais de cansaço” e tem sistema “que não é amigo do cidadão”

A Convenção Nacional da Saúde concluiu esta terça-feira que o SNS “dá sinais de cansaço” e avisa que os portugueses “não podem ter listas de espera de anos” por consultas ou cirurgias, nem ter “enormes …

Violência doméstica: sobe para 16 o número de mulheres mortas em 2019

O número de mulheres mortas desde o início do ano em contexto de violência doméstica subiu para 16, segundo a contabilidade feita pelo Público com base nas notícias publicadas sobre o assunto. O número exclui …

Costa garante que Miguel nunca pediu ajuda ao Governo. Mas assegurou todo o "apoio diplomático e consular"

O primeiro-ministro, António Costa, afirmou que o Governo nunca foi contactado por Miguel Duarte, jovem que está a ser investigado em Itália por suspeita de ajuda à imigração ilegal, mas assegurou todo o "apoio diplomático …

Em Espanha esqueceram-se de Ronaldo e estalou a polémica

A Liga Espanhola de Futebol Profissional lançou um desafio aos fãs do desporto rei para escolherem a sua lenda favorita de todos os tempos. A lista inclui as grandes figuras do futebol espanhol dos últimos …