Horas depois da saída de May, Boris Johnson ameaça com No Deal

Poucas horas depois de Theresa May ter anunciado a sua demissão, o favorito à sua sucessão diz que o Reino Unido vai “sair da UE, a 31 de outubro, com acordo ou sem”.

“Vamos sair da União Europeia a 31 de outubro, com acordo ou sem. A melhor maneira de conseguir um bom acordo, é preparando-nos para um não acordo”, disse Boris Johnson, ex-ministro dos Negócios Estrangeiros de Theresa May, favorito à sua sucessão na liderança do Partido Conservador e no N.º 10 de Downing Street.

Johnson falava na Suíça, durante uma conferência económica, poucas horas depois de a primeira-ministra britânica anunciar a sua demissão da liderança dos conservadores e da chefia do governo britânico.

Johnson elogiou o trabalho e a paciência de May, prometendo: “Um novo líder terá a oportunidade de fazer as coisas de forma diferente e agora chegou a altura de um novo governo”, avança o Diário de Notícias.

Para Boris Johnson, um segundo referendo sobre o Brexit é “uma ideia muito má” porque divide o país. No referendo de 23 de junho de 2016, 52% dos eleitores votaram a favor da saída do Reino Unido da UE, 48% votaram a favor da permanência britânica no clube europeu.

Esta sexta-feira, uma porta-voz do presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, disse ainda que “a nossa posição em relação ao Acordo de Retirada e tudo o resto está fechada. Não há alterações em relação a isso”.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Parece que afinal quem tem medo do 2º referendo são os politicos, pois este senhor diz que o 2º referendo iria dividir o país, mas no 1º referendo a votação foi 52% / 48% ??? Muito interessante!!!! No entanto, aquando do 1º referendo, as pessoas não estavam tão informadas como agora, qual o problema de referendar agora? Porque razão os políticos não querem saber qual o resultado que existiria agora?
    Interesses escondidos talvez …..

Vítimas do franquismo pedem investigação à origem das jóias que a família Franco vai leiloar

A Associação para a Recuperação da Memória Histórica (ARMH), que inclui familiares das vítimas do franquismo, pediu ao Governo espanhol que investigue a origem das jóias que a família Franco vai leiloar. De acordo com …

"Sem dúvida". Montenegro diz que era capaz de derrotar Costa

O antigo líder parlamentar do PSD Luís Montenegro, que é agora candidato à liderança do partido, afirmou, em entrevista ao jornal Público e à Rádio Renascença, que era capaz de derrotar António Costa.  "Acho que era …

Rússia quer legalizar comércio de 'diamantes de sangue' africanos

Os diamantes exportados da República Centro-Africana estão associados à corrupção, à violência, à guerra civil, a violações e assassinatos. Agora, Moscovo anunciou que quer o fim do embargo internacional, buscando legalizar na totalidade a sua …

Economia abrandou, mas ainda é possível cumprir meta de crescimento

O Produto Interno Bruto cresceu 0,3% no terceiro trimestre, face aos três meses anteriores, metade do registado no segundo trimestre, mantendo o ritmo de crescimento, de 1,9%, na comparação com o mesmo período de 2018. Segundo …

Sporting vai avançar com ação de despejo das claques

A SAD leonina vai avançar com uma ação de despejo para que as claques Juventude Leonina e Directivo Ultras XXI deixem os espaços que ocupam no Estádio José Alvalade, avança A Bola esta quarta-feira. De …

"Ninguém quer trabalhar" na Casa Pia. Pais em protesto devido à falta de pessoal

Os pais e encarregados de educação do Centro Educativo e Desenvolvimento D. Maria Pia, em Lisboa, vão entregar na segunda-feira um abaixo-assinado à tutela para pedir a abertura de concursos externos para reforço de pessoal …

Trump elogiou Erdogan, depois de uma reunião que descreveu como "maravilhosa e produtiva"

O Presidente norte-americano, Donald Trump, elogiou na quarta-feira o seu relacionamento com o homólogo turco, Recep Tayyip Erdogan. Os dois líderes encontraram-se para tentar superar várias diferenças, incluindo a situação na Síria e a compra …

MH17. Novas provas revelam contactos frequentes entre a Rússia e separatistas ucranianos

A equipa internacional que conduziu a investigação sobre a queda do voo MH17 em 2014 no leste da Ucrânia divulgou novas provas que apontam para contactos muito frequentes entre a Rússia e os rebeldes separatistas …

Imunidade diplomática deixa em liberdade suspeito de tentar matar com ácido sulfúrico

O suspeito de homicídio, na forma tentada, ficou em liberdade depois de ter apresentado o passaporte diplomático às autoridades, que impede que seja detido ou constituído arguido. De acordo com a TVI24, um alto responsável da …

Zivkovic quer rescindir contrato com o Benfica

O extremo sérvio quer chegar a acordo com o Benfica para ficar livre a ano e meio do final do seu contrato mas, pelos vistos, a SAD encarnada nem quer ouvir falar dessa hipótese. De acordo …