Hong Kong: Dez feridos e 28 detidos em nova noite de confrontos

ansel.ma / Flickr

-

Os confrontos entre manifestantes pró-democracia e a polícia em Hong Kong resultaram, esta madrugada, em dez feridos e 28 detidos, após quatro noites de tensão no bairro de Mong Kok, informa hoje a imprensa local.

Uma operação policial, iniciada na terça-feira, que durou 48 horas, acabou com um dos acampamentos do movimento que ocupa ruas da cidade há dois meses.

Os protestos voltaram a registar-se, esta madrugada, nas ruas do densamente povoado bairro de Mong Kok, quando centenas de manifestantes tentaram tomar as ruas do distrito, acabando por envolver-se em novos confrontos com a polícia.

Os agentes fizeram novamente uso de gás pimenta, recorrendo ainda aos bastões e escudos para tentar travar a investida dos manifestantes. Por volta da meia-noite (17h de sexta-feira em Lisboa), centenas de cidadãos começaram a reunir-se no cruzamento entre as ruas Arglye e Nathan, onde desde 28 de setembro e até à passada quarta-feira, estavam montados acampamentos.

Gritando “queremos sufrágio universal genuíno“, os manifestantes tentar parar o trânsito, utilizando caixotes do lixo, enquanto lançavam ovos e garrafas de água contra a polícia, segundo os ‘media’ locais.

A situação tornou-se caótica, segundo testemunhas, e a polícia voltou a carregar sobre os estudantes. Como resultado, foram efetuadas 28 detenções e uma dezena de pessoas ficaram feridas, de acordo com a Rádio e Televisão Pública de Hong Kong (RTHK).

Este incidente ocorre dois dias depois de a polícia e funcionários judiciais terem eliminado as barricadas do acampamento em Mong Kok, numa operação que contou com seis mil efetivos. Desde quarta-feira, dia em que as ruas desse distrito voltaram à normalidade após dois meses de paralisação, centenas de pessoas têm regressado às ruas do bairro todas as noites para as tentar voltar a ocupar.

Cerca de 200 pessoas foram detidas, incluindo dois líderes estudantis, e mais de meia centena ficaram feridas desde o arranque da operação de despejo de Mong Kok.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Imigrante do Bangladesh em Itália encontra e devolve carteira com 2 mil euros

Mossan Rasal, um bangladeshiano de 23 anos que vive em Roma, encontrou na rua uma carteira com dois mil euros, documentos de identificação, cartões de crédito, carta de condução. Em vez de retirar o dinheiro e …

Austrália conclui que China foi responsável por ciberataque ao parlamento

A agência de inteligência cibernética da Austrália (ASD) concluiu que a China foi a responsável por um ataque informático, no início deste ano, contra o parlamento nacional. Os serviços de inteligência australianos (Australian Signals Directorate) concluíram …

"A bola apenas bateu no peito". VAR admite erro no penálti do Portimonense-FC Porto

O vídeo-arbitro do encontro entre Portimonense e FC Porto, Vasco Santos, admitiu esta quarta-feira que não existiu razão para assinalar grande penalidade a favor do clube portista. "No momento em que o árbitro apita fiquei com …

Na Índia, usar cigarros eletrónicos já pode dar prisão

O Governo indiano anunciou esta quinta-feira a proibição de cigarros eletrónicos no país, de 1,3 mil milhões de pessoas, numa ação que pretende ser a favor da saúde e contra os vícios. "A decisão foi tomada …

Iñaki Urdangarín pode sair da prisão dois dias por semana

Detido na cadeia de Brieva, Ávila, há 15 meses, Iñaki Urdangarín, cunhado do rei de Espanha, soube esta terça-feira que poderá sair da prisão duas vezes por semana para fazer voluntariado numa instituição que ajuda …

Criança com anemia aplástica grave submetida a transplante inédito em Portugal

Um menino de quatro anos com anemia aplástica grave foi submetido a um transplante com células estaminais de sangue do próprio cordão umbilical, um tratamento inédito em Portugal realizado no Instituto Português de Oncologia (IPO) …

Renováveis baixaram fatura da luz em 2,4 mil milhões na última década

A produção de eletricidade a partir de fontes renováveis permitiu ao sistema elétrico português acumular uma poupança de 2,4 mil milhões de euros ao longo dos últimos 10 anos. Esta é a principal conclusão de um …

Constitucional chumba barrigas de aluguer pela segunda vez

O Tribunal Constitucional chumbou, esta quarta-feira, pela segunda vez, o diploma do Parlamento sobre gestação de substituição, depois de um chumbo no ano passado. O BE apresentou uma proposta em que se previa "que a gestante …

Furacão Humberto ganha força a caminho das Bermudas

O furacão Humberto aumentou de intensidade nas últimas horas e atingiu a categoria 3 a caminho das Bermudas, informou o Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC) nesta quarta-feira. O terceiro furacão da temporada no Atlântico, …

Brasil é o país lusófono com mais refugiados. Já Portugal tem as maiores remessas dos emigrantes

Um relatório das Nações Unidas (ONU) revelou que o Brasil é o país lusófono que acolhe mais refugiados, Portugal é o que recebe mais remessas dos emigrantes e Moçambique teve o maior aumento de estrangeiros …