Homens morrem mais do que as mulheres nas passadeiras

bruceley / Flickr

-

Os homens são menos prudentes do que as mulheres a atravessarem as passadeiras e são mais frequentemente atropelados, totalizando 60,4% dos peões mortos entre 2012 e 2013, segundo dados da Prevenção Rodoviária Portuguesa (PRP).

“A percentagem de peões mortos entre 2012 e 2013 foi de 60,4% de homens, 36% de mulheres e 3,6% de crianças até aos 14 anos”, o que significa que, em média, “o risco de morte por atropelamento de um homem adulto é cerca do dobro do risco da mulher adulta”, refere a PRP.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da PRP, José Miguel Trigoso, apontou como explicação o facto de os homens correrem mais riscos: “Enquanto na dúvida a mulher não atravessa, o homem atravessa”.

José Miguel Trigoso recordou um estudo desenvolvido pela PRP em 10 cidades do país sobre o comportamento dos peões na passadeira, que envolveu 2.149 peões, dos quais 1.122 eram mulheres, 924 homens e 103 crianças.

Apesar de haver mais mulheres do que homens a atravessarem a rua, as vítimas são muito mais homens, sobretudo, nos atropelamentos graves, adiantou.

Em 2013, quase 5.500 pessoas foram atropeladas em Portugal continental. No concelho de Lisboa, os acidentes provocaram 670 vítimas, mais de 12% do total nacional, segundo informações da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária.

“O problema da sinistralidade dos peões é um dos problemas que consideramos mais graves em Portugal”, disse José Miguel Trigoso, defendendo que para mudar esta realidade é preciso que as passadeiras sejam utilizadas adequadamente pelos peões e que os automobilistas respeitem quem as atravessa.

Citando dados do estudo, José Trigoso disse que a maioria dos peões (78%) utilizou a passadeira, mas 22% atravessaram fora dela, a menos de 50 metros da sua localização, a distância a que é obrigatório utilizá-la.

Questionados os peões sobre a frequência que atravessam fora das passadeiras, 38,5% disse que nunca ou raramente o faz, mas 51,5% admitiram que o fazem às vezes e apenas 10% sempre.

Atravessar fora da passadeira quando está a menos de 50 metros dá multa entre 10 a 50 euros, mas a polícia raramente atua, tal como acontece em grande parte dos países, segundo o responsável, considerando que esta podia ser uma medida preventiva.

“Eu não defendo que isso de repente aconteça, mas numa política geral de proteção ao peão devia ser feita uma pedagogia, um aviso e na sequência disso devia ser feita alguma fiscalização”, mas também aos condutores quando se aproximam de uma passadeira para terem “um comportamento adequado”.

“Também se deve melhorar claramente a localização das passadeiras e garantir que a velocidade de aproximação dos veículos seja sempre inferior a 50km/hora, isso é fundamental e tem de ser garantido através da conceção da via”, defendeu.

José Trigoso ressalvou que, globalmente, a sinistralidade com os peões tem vindo a reduzir, mas ainda continua muito elevada em termos europeus.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Entre sorrisos e avisos sobre a Irlanda do Norte, Biden chuta para canto acordo comercial com o Reino Unido pós-Brexit

Um possível acordo comercial, a fronteira entre as duas Irlandas, a retirada do Afeganistão e as alterações climáticas foram alguns dos temas em cima da mesa na recepção de Boris Johnson na Casa Branca. Foi um …

UEFA duplica prémios do Europeu feminino

De oito para 16 milhões de euros. Prémio monetário bem diferente do Europeu anterior. A UEFA informou nesta quinta-feira que vai ser duplicado o total do prémio monetário para as selecções participantes no próximo Europeu feminino. O …

Número de animais abatidos continua a cair nos canis portugueses

É esperada uma estabilização do número de abates, dois anos após a entrada em vigor da legislação que regula o ato. Dois últimos anos foram marcados por quedas. Em 2020, foram abatidos em nos canis portugueses …

Entre professoras e uma personal trainer, Braga é o concelho do país com mais candidatas mulheres

Cerca de 63% dos 308 concelhos de Portugal têm, pelo menos, uma mulher candidata à presidência de uma Câmara Municipal. A liderar surge Braga com cinco candidatas mulheres às eleições autárquicas de domingo. Há 194 concelhos …

Pais revoltados com professor que deu aula com máscara no queixo — e que publica vídeos obscenos online

PSP foi chamada à Secundária Eça de Queirós, na Póvoa do Varzim, porque docente — que sugeriu aos alunos que seguissem o seu canal de YouTube onde tem vídeos em cuecas e nu — deu …

Sem surpresas, Medina mantém Lisboa, mas sem maioria absoluta. Costa e Pedro Nuno juntos em ação de campanha

As sondagens apontam para uma vitória de Medina, ainda que com um resultado inferior ao de 2017. A grande surpresa na capital será a Iniciativa Liberal, partido que poderá eleger um vereador e inclinar o …

Instrumentos musicais detalham a evolução das relações da população sul-americana

Num novo estudo, os investigadores analisaram a diversidade musical em todo o continente sul-americano com uma revisão dos diferentes instrumentos encontrados nos registos arqueológicos e etnográficos. A música é tida como uma expressão intrínseca da diversidade …

Manchester United perdeu em casa (e não adiantou faltar às aulas)

Primeira derrota "interna" do United, num jogo que não contou com Cristiano Ronaldo. No duelo entre treinadores portugueses, Nuno venceu Lage. Houve encontro entre treinadores portugueses na terceira ronda da Taça da Liga inglesa. O Tottenham, …

As discotecas vão reabrir a 1 de Outubro - mas 70% devem ir à falência até à Primavera

Apesar da reabertura dos espaços de diversão nocturna estar para breve, as associações que representam o sector queixam-se das burocracias e da falta de apoios e acreditam que muitas discotecas não vão voltar a abrir …

Candidato de Vila do Conde acusado de oferecer 50€ no supermercado por um voto no domingo

O candidato à Junta de Freguesia de Macieira da Maia, Filipe Santos, terá oferecido 100 euros a um casal idoso para votar no movimento independente, mas com uma condição: fotografar o boletim de voto com …