Homem com paralisia consegue andar graças a um exoesqueleto controlado pelo cérebro

Pedro Rocha / Flickr

Um homem quase paralisado dos ombros para baixo passou os últimos dois anos a trabalhar com investigadores para controlar um exoesqueleto com a mente. Ao atingir o uso mais complexo do sistema, o paciente, um francês de 28 anos identificado como Thibault, conseguiu caminhar.

Na quinta-feira, os investigadores da Universidade de Grenoble, na França, divulgaram os resultados do estudo (financiado pela Clinatec) na Lancet, no qual demonstram que a operação de um sistema robótico de quatro membros pode ser viável para pacientes com tetraplegia (perda de controlo dos quatro membros), noticiou o Mashable no domingo.

O sistema em causa está longe de ser uma solução finalizada. Mas o trabalho dos pesquisadores e pacientes que têm estado a treinar o algoritmo que interpreta os sinais cerebrais – e os transforma em movimento físico – indica que essa tecnologia é possível.

“Este é o primeiro sistema semi-invasivo de cérebro-computador sem fio, projetado para uso a longo prazo para ativar todos os quatro membros”, explicou num comunicado o professor Alim-Louis Benabid, presidente do Conselho Executivo da Clinatec (um laboratório da CEA) e professor emérito da Universidade de Grenoble, na França.

Thibault sofreu uma lesão na coluna cervical que o impossibilita de controlar as pernas. O paciente manteve algum movimento no bíceps e no pulso esquerdo, membros com os quais opera uma cadeira de rodas.

Para que consiga controlar algo externo através de sinais cerebrais, os investigadores implantaram dois sensores entre a pele e o cérebro do paciente (não no próprio cérebro). Os sensores foram capazes de registar a atividade cerebral no córtex sensório-motor, a parte do cérebro que controla o movimento e a sensação.

Os responsáveis observaram que, noutros estudos, os chips e os sensores foram implantados diretamente no cérebro dos pacientes e eram conectados aos computadores através de fios. Neste estudo, pelo contrário, os sensores eram menos invasivos e conectados sem recurso a fios.

O passo seguinte passou por treinar um algoritmo que interpreta os sinais e os converte em movimento. Para tal, o paciente recorre a  um jogo no qual precisa mover uma plataforma para a esquerda ou para a direita, de forma a coletar uma bola digital. Thibault praticou também movimentos mais complexos, como estender a mão e girar o pulso, através de uma simulação virtual.

Este trabalho inicial permitiu que o paciente treinasse com um exoesqueleto mecânico com 14 articulações móveis.

Finalmente, Thibault conseguiu andar com o exoesqueleto. A máquina ainda estava presa ao teto para fornecer estabilidade, visto que ainda não havia o equilíbrio necessário para que o paciente caminhasse sozinho. No entanto, o movimento complexo demonstrou a capacidade de controlar o esqueleto com a mente.

“As nossas descobertas podem ajudar pacientes tetraplégicos a conduzir computadores através de sinais cerebrais, começando por cadeiras de rodas – onde a atividade cerebral substitui os joysticks – e progredindo para o desenvolvimento de um exoesqueleto para maior mobilidade”, completou o neurocirurgião e professor Stephan Chabardes.

Embora esta tecnologia não signifique que pessoas com paralisia possam andar sozinhas num futuro próximo, a caminhada de Thibault é um passo nessa direção.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Maria Martins conquista bronze nos Europeus de ciclismo de pista

Maria Martins venceu nesta quarta-feira a medalha de bronze no “scratch” feminino dos Europeus de ciclismo de pista, que nesta quarta-feira arrancaram em Apeldoorn, na Holanda. Depois de várias medalhas em Europeus sub-23, a ciclista de …

Carlos César: Firmar um acordo com o Bloco descriminaria os restantes partidos de esquerda

O dirigente socialista Carlos César mostrou-se esta quarta-feira confiante que o novo Governo será para quatro anos, considerando ainda que firmar um acordo com o Bloco de Esquerda seria discriminar os restantes partidos de esquerda. …

Médico que deixou bebé nascer sem rosto tem quatro processos na Ordem

O obstetra que não detetou malformações graves num bebé que acabou por nascer sem rosto no início deste mês, em Setúbal, tem quatro processos em curso no conselho disciplinar da Ordem dos Médicos. A informação foi …

Tensão na Catalunha afeta realização do Barcelona-Real Madrid

A violência dos protestos na Catalunha está a fazer com que a Liga e a Federação de futebol espanholas repensem a ideia de o clássico entre Barcelona e Real Madrid se realizar em Camp Nou. O …

Assis critica novo Governo do PS. É "muito António Costa" e feito só para dois anos

O ex-eurodeputado do Partido Socialista (PS) Francisco Assis não poupou nas críticas ao novo Governo, que António Costa apresentou ao Presidente da República na terça-feira ao final do dia, considerando que este é um executivo …

PSD considera que não há novo Governo, mas "remodelação" com alargamento

O PSD defendeu na quarta-feira que "não há um novo Governo", mas "uma remodelação com alargamento", com um executivo aumentado e "mais partidário", considerando "uma desilusão" a continuidade em pastas como Saúde, Educação e Justiça. "Não …

Depois do terramoto das legislativas, vem aí um Conselho Nacional difícil para o CDS

O CDS reúne esta noite o Conselho Nacional. Segundo o Público, Assunção Cristas deverá renunciar a lugar de deputada na Assembleia da República. O CDS deverá marcar esta quinta-feira o próximo congresso para janeiro de 2020. …

Rio quer abafar Montenegro ao fazer "multitasking" como líder partidário e parlamentar

Rui Rio pode acumular as funções de líder do partido e líder parlamentar. O objetivo passa por evitar divisões na bancada e esvaziar a oposição de Luís Montenegro. Rio parece já ter uma estratégia delimitada para …

Cabrita mostra desagrado pelo afastamento da mulher do Governo

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, partilhou no Facebook um texto de uma ativista ambiental algarvia crítico do afastamento da ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, com quem é casado. Eduardo Cabrita, ministro da Administração …

Polícia desmantela rede de pornografia infantil e faz mais de 300 detenções

Pelo menos 337 pessoas de 38 países foram detidas numa operação em que foi desmantelada uma rede de pornografia infantil, que usava um site para comercializar vídeos de abuso sexual de crianças. Num comunicado divulgado esta …