Pela primeira vez em França, homem foi multado por assediar mulher na rua

Pela primeira vez em França, desde que a chamada “lei do piropo” foi aprovada em agosto, um homem foi multado por assediar uma mulher na rua.

Segundo a BBC, o homem recebeu uma multa de 300 euros por assédio sexual, depois de ter dado uma palmada no rabo de uma jovem de 21 anos num autocarro e de ter feito comentários sobre a sua aparência.

Esta é a primeira condenação para este tipo de crime, depois de ter sido aprovada, em agosto, a chamada “lei do piropo” que pode levar a multas até 750 euros.

De acordo com a emissora britânica, o homem estava bêbedo quando entrou no autocarro em Draveil, Essonne, no sul de Paris, e foi travado pelo motorista que o imobilizou até a polícia chegar ao local.

O homem de 31 anos também foi sentenciado a três meses de prisão não só pelo caso de agressão sexual contra a jovem, mas também por ter tentado agredir o motorista.

A ministra responsável pela legislação, Marlene Schiappa, congratulou a decisão do tribunal e elogiou a reação do motorista. “Bravo pela reação do motorista do autocarro e pela sentença proferida. Juntos vamos colocar um fim na violência sexista e sexual”.

Esta legislação também está em vigor em Portugal, desde agosto de 2015, e noutros países como a Argentina e Peru. No nosso país, segundo o artigo 170.º do Código Penal, “quem importunar outra pessoa, praticando perante ela atos de caráter exibicionista, formulando propostas de teor sexual ou constrangendo-a a contacto de natureza sexual, é punido com pena de prisão até um ano ou com pena de multa até 120 dias”.

O Ministério Público concluiu 93 acusações e instaurou 870 inquéritos em 2017, números esses que têm vindo a aumentar de ano para ano. Em 2016, o MP instaurou 733 inquéritos e deduziu 75 acusações. Um ano antes, foram instaurados 659 inquéritos e deduzidas 64 acusações.

Em França, campanhas como #balancetonporc (algo como “denuncia o teu porco”) levaram a um aumento de 31% nas queixas de crimes sexuais, no último trimestre de 2017.

Várias personalidades, inclusive um ministro, foram investigados por supostas violações no país. O Presidente francês, Emmanuel Macron, tinha prometido na campanha eleitoral que a igualdade de género seria uma das grandes causas do seu mandato.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. anda tudo do avesso
    sou condenado (prisao ou multa) por mandar um piropo a uma mulher/homem dizendo que é uma bras, jeitosa, etc,
    mas depois os tribunais absolvem com penas suspensas os violadores, pedofilos e afins
    mando um piropo e sou condenado eles violam as pessoas e saiem em liberdade sem probelas

    • Ja sabe o que tem de fazer no futuro, em vez de mandar 1 piropo a 1a mulher, viole a, corre menos riscos de ter problemas com a “justiça”

RESPONDER

Cofundador do Twitter doa 28% da riqueza para causas solidárias. Incluindo combate à Covid-19

O cofundador do Twitter, Jack Dorsey, anunciou que vai doar mil milhões de dólares (920 milhões de euros), 28% da sua riqueza pessoal, para causas solidárias, incluindo a luta contra a pandemia da Covid-19. Numa mensagem …

Reclusos libertados e cortes de água, luz, gás e internet suspensos

Esta quarta-feira, no Parlamento, a esquerda viabilizou o projeto do Governo para libertar reclusos. O PS vai ainda viabilizar as propostas do PCP e do BE que suspendem cortes na água, luz, gás e internet. A …

Pandemia deixa passaporte português mais "forte". É o sexto mais poderoso do mundo

A pandemia desencadeada pelo novo coronavírus oriundo da China (covid-19) tornou o passaporte português mais forte. O documento português subiu uma posição no ranking da Henley Passport Index, estando agora o documento na sexta posição dos …

SAD do Leixões avança para lay-off

A SAD do Leixões propôs ao plantel "que nos próximos três meses, abril incluído, pagaria metade do salário em cada mês, valores que seriam repostos ao longo do trimestre que se seguiria". O plantel do Leixões, …

Rui Pinto colocado em prisão domiciliária

O hacker Rui Pinto, criador do Football Leaks e autor das revelações do caso Luanda Leaks, foi colocado em prisão domiciliária esta quarta-feira. Rui Pinto, que estava em prisão preventiva desde 22 de março de 2019, …

Detidas 33 pessoas desde a renovação do estado de emergência

A PSP e a GNR detiveram, até terça-feira, 33 pessoas pelo crime de desobediência desde 3 de abril, totalizando 141 as detenções feitas desde o início do estado de emergência, indicou o Ministério da Administração …

Bruxelas disponibiliza 300 milhões de euros a pequenas e médias empresas para alavancar investimentos

O programa "Escalar" disponibiliza 300 milhões de euros, através do Fundo Europeu de Investimento, para apoiar investimentos de pequenas e médias empresas "promissoras" que queiram crescer. A Comissão Europeia anunciou que vai disponibilizar 300 milhões de …

Maçonaria cancela eleições e proíbe rituais em sessões virtuais

A pandemia de Covid-19 levou o Grão Mestre do Grande Oriente Lusitano, Fernando Lima, a principal obediência maçónica em Portugal, a cancelar as eleições e a proibir os encontros com rituais maçónicos 'online', visto que …

Mourinho quebra regras e assume que errou ao ir treinar com Ndombele

Fotografias e vídeos divulgados nas redes sociais mostram José Mourinho e os jogadores do Tottenham a treinar juntos e a violar as regras de segurança impostas devido ao surto do novo coronavírus. O Tottenham, treinado por …

Rússia bate recordes de infeções diárias. Em Itália, o número de mortes voltou a diminuir

Há três dias consecutivas que o número de novos casos bate recordes de crescimento na Rússia. Já em Itália, o número de mortes voltou a diminuir esta quarta-feira. Pelo terceiro dia consecutivo, o crescimento de número …