/

Homem disfarçado de idoso rouba 100 mil dólares de casinos

U.S. District Court For The Eastern District Of Michigan

John Colletti com a máscara protética.

Um norte-americano chamado John Colletti conseguiu levar a cabo um esquema que lhe permitiu roubar 100 mil dólares de clientes de casinos nos Estados Unidos.

Para tal, Colletti usou uma máscara protética para o fazer parecer idoso e forjou várias cartas de condução para esconder a sua identidade.

O homem estudou os seus alvos e obteve ilegalmente a sua informação pessoal através da internet, escreve a CNN. As identidades falsas criadas por Colletti serviram para, depois, levantar fundos das contas pessoais de vários clientes dos casinos através de quiosques self-service.

Estes são geralmente usados para fazer levantamentos de dinheiro, trocar vales, processar jackpots e muito mais.

Ao todo, o criminoso, natural do Michigan, forjou 83 cartas de condução, 14 cartões de seguros, 19 cartões de conta de casinos, dois cartões de staff da Universidade de Binghamton e um cartão de Segurança Social.

Apesar das suas tentativas de mascarar a sua identidade, os casinos tinham conhecimento do seu modus operandi desde 2019, escreve o All That’s Interesting.

Os quiosques usados por John Colletti exigem que os usuários insiram a sua carta de condução e os últimos quatro dígitos do número de Segurança Social e do número de telemóvel antes que os fundos da conta corrente possam ser retirados.

“Identificamos inicialmente esta atividade fraudulenta e alertamos imediatamente os nossos clientes e agentes da lei. Durante a investigação, fornecemos apoio e cooperação que levaram à apreensão deste suspeito”, disse Emily Edmonds, porta-voz da Global Payments, a empresa responsável pela produção destes quiosques, em comunicado enviado à CNN.

Colletti enfrenta agora acusações de fraude eletrónica, roubo de identidade agravado, e fraude e atividades relacionadas a dispositivos de acesso.

A investigação começou no ano passado, quando o MGM Grand Casino identificou pelo menos dez vítimas de roubo de identidade, com um prejuízo total de 98.840 dólares entre 26 de abril e 27 de maio de 2019. A Polícia do Estado de Michigan identificou rapidamente um suspeito usando imagens de videovigilância.

Colletti foi apanhado quando estava a tentar levantar 20 mil dólares. Como era uma quantia tão avultada, os seguranças pediram que Colletti lhes mostrasse o seu número de Segurança Social.

U.S. Attorney’s Office

Várias cartas de condução usadas por John Colletti.

“Colletti foi imediatamente à casa de banho, onde removeu o seu disfarce”, lê-se na acusação. “Colletti saiu do casino com uma protuberância percetível na frente das calças, que se acreditava ser a máscara protética”.

Foi na casa de banho que os seguranças encontraram roupas, um andarilho, as chaves de um Nissan, duas cartas de condução e cerca de 11 mil dólares em dinheiro.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE