A Holanda e o mundo estão a olhar para o que Putin vai fazer

Minister-president / Flickr

O primeiro ministro da Holanda, Mark Rutte

O primeiro ministro da Holanda, Mark Rutte

O primeiro-ministro holandês afirmou este sábado que o presidente da Rússia tem de permitir o acesso à zona da Ucrânia, que está controlada pelos russos e onde caiu um avião da Malaysia Airlines, para que os corpos possam ser recolhidos.

“Putin tem de assumir responsabilidade em relação aos rebeldes”, disse o primeiro-ministro da Holanda, Mark Rutte, aos jornalistas em Haia, após uma conversa telefónica com o presidente russo, Vladimir Putin.

A Holanda e o mundo vão ver se ele faz o que tem de ser feito. Tendo em conta os desenvolvimentos e as imagens desta manhã, enviei uma mensagem ao presidente [da Rússia] para lhe pedir novamente que exerça a sua influência sobre os rebeldes”, acrescentou o líder do governo da Holanda.

Sublinhando que “toda a gente viu os destroços e como os passageiros e os seus pertences pessoais ainda estão espalhados no local”, Mark Rutte disse que Putin tinha prometido na sexta-feira “a sua cooperação”.

“Disse-lhe que tem de mostrar ao mundo que quer ajudar”, reiterou o primeiro-ministro holandês, afirmando estar “chocado” com as novas imagens dos rebeldes com bens dos passageiros a passear no local do acidente “sem vergonha nenhuma“.

Para Mark Rutte, “o acesso desimpedido e a rápida recuperação dos corpos é a prioridade número um”.

Os bancos holandeses afirmaram hoje que estão a tomar “medidas preventivas” depois dos registos de que estão a ser recolhidos cartões bancários do local onde o avião da Malaysia Airlines caiu e onde morreram 192 cidadãos holandeses.

“Os media internacionais noticiaram que os cartões bancários das vítimas foram roubados. Os bancos estão a tomar as medidas preventivas necessárias”, afirmou hoje a Associação de Bancos Holandesa, em comunicado.

O Boeing 777 da Malaysia Airlines, que fazia a ligação entre Amesterdão e Kuala Lumpur sob o número MH17, caiu na quinta-feira na região leste da Ucrânia com 298 pessoas a bordo, depois de, alegadamente, ter sido atingido por um míssil que a comunidade internacional diz ter sido disparado pelos rebeldes pró-russos.

A Rússia exigiu hoje da Ucrânia respostas sobre o abate do avião da Malaysia Airlines, numa zona controlada pelos separatistas ucranianos pró-russos, acusando o Governo de Kiev de ser o responsável.

O “Boeing-777” perdeu na quinta-feira a comunicação com terra na região oriental de Donetsk – perto da cidade de Shaktarsk -, palco de combates entre forças governamentais ucranianas e rebeldes pró-russos, e vitimou todas as 298 pessoas que seguiam a bordo, chocando o mundo e provocando fortes trocas de acusações entre Moscovo e Kiev.

Por seu lado, o Governo ucraniano acusou também hoje os rebeldes pró-russos, suspeitos de terem abatido o avião da companhia da malásia, de “procurarem destruir, com o apoio da Rússia, as provas deste crime internacional”.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Acusada de queimada que terá originado fogo no Pinhal de Leiria rejeita acusação

A mulher acusada de ter sido autora de uma queimada cujo reacendimento terá contribuído para os incêndios de outubro de 2017 no Pinhal de Leiria garantiu esta quinta-feira ao Tribunal de Alcobaça que estava a …

"Não sou condicionável por coisa nenhuma". Tomás Correia diz que não sai do Montepio

O presidente da Associação Mutualista Montepio Geral (AMMG), António Tomás Correia, afirmou esta quinta-feira que não é “condicionável por coisa nenhuma”, recusou estar a ser afastado da mutualista e reiterou que não sairá no dia …

Ministra da Saúde quer enfermeiro de família para todos os portugueses

A ministra da Saúde, Marta Temido, quer que todos os portugueses tenham um enfermeiro de família atribuído até ao final da próxima legislatura, à semelhança da meta traçada para os médicos de família. Na abertura do …

Rei de Marrocos indulta jornalista marroquina condenada por aborto

O rei de Marrocos, Mohamed VI, indultou a jornalista Hajar Raissouni, recentemente condenada a um ano de prisão por "aborto ilegal" e "relações sexuais fora do casamento", segundo um comunicado oficial. A mulher, de 28 anos, …

Morreu Elijah Cummings, um dos democratas que investigava Trump

O congressista norte-americano Elijah Cummings, uma das figuras do Partido Democrata mais respeitadas na oposição pela sua frontalidade e por acalmar protestos violentos e desentendimentos entre adversários, morreu esta quinta-feira, aos 68 anos. A notícia da …

Risco de pobreza em Portugal é o mais baixo de sempre. Mas há 330 mil menores em risco

O ano de 2017 trouxe melhorias às condições de vida da população, com o risco da pobreza a atingir 17,3% dos residentes em Portugal. É a taxa mais baixa desde que este indicador é tratado, …

Maria Martins conquista bronze nos Europeus de ciclismo de pista

Maria Martins venceu nesta quarta-feira a medalha de bronze no “scratch” feminino dos Europeus de ciclismo de pista, que nesta quarta-feira arrancaram em Apeldoorn, na Holanda. Depois de várias medalhas em Europeus sub-23, a ciclista de …

Carlos César: Firmar um acordo com o Bloco descriminaria os restantes partidos de esquerda

O dirigente socialista Carlos César mostrou-se esta quarta-feira confiante que o novo Governo será para quatro anos, considerando ainda que firmar um acordo com o Bloco de Esquerda seria discriminar os restantes partidos de esquerda. …

Médico que deixou bebé nascer sem rosto tem quatro processos na Ordem

O obstetra que não detetou malformações graves num bebé que acabou por nascer sem rosto no início deste mês, em Setúbal, tem quatro processos em curso no conselho disciplinar da Ordem dos Médicos. A informação foi …

Tensão na Catalunha afeta realização do Barcelona-Real Madrid

A violência dos protestos na Catalunha está a fazer com que a Liga e a Federação de futebol espanholas repensem a ideia de o clássico entre Barcelona e Real Madrid se realizar em Camp Nou. O …