A Holanda e o mundo estão a olhar para o que Putin vai fazer

Minister-president / Flickr

O primeiro ministro da Holanda, Mark Rutte

O primeiro ministro da Holanda, Mark Rutte

O primeiro-ministro holandês afirmou este sábado que o presidente da Rússia tem de permitir o acesso à zona da Ucrânia, que está controlada pelos russos e onde caiu um avião da Malaysia Airlines, para que os corpos possam ser recolhidos.

“Putin tem de assumir responsabilidade em relação aos rebeldes”, disse o primeiro-ministro da Holanda, Mark Rutte, aos jornalistas em Haia, após uma conversa telefónica com o presidente russo, Vladimir Putin.

A Holanda e o mundo vão ver se ele faz o que tem de ser feito. Tendo em conta os desenvolvimentos e as imagens desta manhã, enviei uma mensagem ao presidente [da Rússia] para lhe pedir novamente que exerça a sua influência sobre os rebeldes”, acrescentou o líder do governo da Holanda.

Sublinhando que “toda a gente viu os destroços e como os passageiros e os seus pertences pessoais ainda estão espalhados no local”, Mark Rutte disse que Putin tinha prometido na sexta-feira “a sua cooperação”.

“Disse-lhe que tem de mostrar ao mundo que quer ajudar”, reiterou o primeiro-ministro holandês, afirmando estar “chocado” com as novas imagens dos rebeldes com bens dos passageiros a passear no local do acidente “sem vergonha nenhuma“.

Para Mark Rutte, “o acesso desimpedido e a rápida recuperação dos corpos é a prioridade número um”.

Os bancos holandeses afirmaram hoje que estão a tomar “medidas preventivas” depois dos registos de que estão a ser recolhidos cartões bancários do local onde o avião da Malaysia Airlines caiu e onde morreram 192 cidadãos holandeses.

“Os media internacionais noticiaram que os cartões bancários das vítimas foram roubados. Os bancos estão a tomar as medidas preventivas necessárias”, afirmou hoje a Associação de Bancos Holandesa, em comunicado.

O Boeing 777 da Malaysia Airlines, que fazia a ligação entre Amesterdão e Kuala Lumpur sob o número MH17, caiu na quinta-feira na região leste da Ucrânia com 298 pessoas a bordo, depois de, alegadamente, ter sido atingido por um míssil que a comunidade internacional diz ter sido disparado pelos rebeldes pró-russos.

A Rússia exigiu hoje da Ucrânia respostas sobre o abate do avião da Malaysia Airlines, numa zona controlada pelos separatistas ucranianos pró-russos, acusando o Governo de Kiev de ser o responsável.

O “Boeing-777” perdeu na quinta-feira a comunicação com terra na região oriental de Donetsk – perto da cidade de Shaktarsk -, palco de combates entre forças governamentais ucranianas e rebeldes pró-russos, e vitimou todas as 298 pessoas que seguiam a bordo, chocando o mundo e provocando fortes trocas de acusações entre Moscovo e Kiev.

Por seu lado, o Governo ucraniano acusou também hoje os rebeldes pró-russos, suspeitos de terem abatido o avião da companhia da malásia, de “procurarem destruir, com o apoio da Rússia, as provas deste crime internacional”.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

O robô humanóide Pepper tem uma nova missão: garantir que toda a gente usa máscara

O robô humanóide Pepper já faz atendimento ao cliente, fornecimento de informações em estações de comboio, venda de smartphones e anotação de pedidos na Pizza Hut. Agora, tem uma nova missão de saúde pública: determinar …

Leipzig 2-1 Atlético | Alemães ganham asas e passam às “meias”

O 2.º semi-finalista desta edição da Liga dos Campeões está encontrado. Na noite desta quinta-feira em Alvalade, o Leipzig venceu o Atlético de Madrid por 2-1 e assegurou uma presença inédita nas meias-finais da prova …

EUA apreendem 1,6 milhões de euros em criptomoedas de organizações terroristas

O Departamento da Justiça dos Estados Unidos apreendeu 2 milhões de dólares (1,6 milhões de euros) em contas de criptomoedas que vários grupos, incluindo a Al-Qaida e o grupo ‘jihadista’ Estado Islâmico (EI), utilizavam para …

"Janelas de Vinho". Itália ressuscita tradição do tempo da peste

Centenas de bares e restaurantes italianos "ressuscitaram" a tradição antiga das chamadas "Janelas de Vinho" durante a pandemia de covid-19, tentando assim servir os seus clientes com o mínimo contacto pessoal. A tradição remonta aos …

Um dos maiores telescópios do mundo ficou gravemente danificado devido a um cabo partido

O radiotelescópio de Arecibo, um ícone da busca para entender o Universo, sofreu graves danos como resultado do rompimento de um cabo. A causa da quebra e quanto tempo o telescópio demorará a ser consertado …

Pumpkin Island já custou 78 dólares. Agora pode comprá-la por 17 milhões

Se ainda não decidiu onde passar férias fica aqui uma dica: uma ilha privada na costa da Austrália está à venda por 17 milhões de dólares (cerca de 14,5 milhões de euros). A Pumpkin Island …

Desaparecem oito mulheres por dia no Peru, mais três do que antes da pandemia

O número de mulheres desaparecidas no Peru, um fenómeno endémico no país, subiu de cinco por dia, em média, para oito, desde a quarentena decretada para travar a pandemia de covid-19, indicou o provedor de …

EUA já gastaram quase tanto com a covid-19 como com a II Guerra Mundial

Até ao momento, os Estados Unidos da América gastaram quase tanto com a pandemia de covid-19 como gastaram com a II Guerra Mundial. A Segunda Guerra Mundial travou-se entre 1939 e 1945 e deixou milhões de …

Sporting recusou proposta de 32 milhões por Joelson Fernandes

O Sporting CP rejeitou uma proposta de 32 milhões de euros do Arsenal por Joelson Fernandes. Os 'leões' pedem 45 milhões pelo jovem extremo de 17 anos. Continua o leilão pela promessa sportinguista Joelson Fernandes. Depois …

CIA tentou desenvolver um "drone-pássaro" nuclear para espiar a União Soviética na Guerra Fria

Durante a Guerra Fria, a CIA tentou desenvolver um drone nuclear do tamanho de um pássaro para espiar a União Soviética e outros países do bloco comunista. Porém, o projeto nunca foi concluído. De acordo com …