Hoje é dia de reuniões para salvar a Grécia e o euro

Julien Warnand / EPA

Christine Lagarde, Jeroen Dijsselbloem

Christine Lagarde, Jeroen Dijsselbloem

Realiza-se hoje em Bruxelas uma cimeira extraordinária da zona euro, com as todas as atenções voltadas para a Grécia, perante a dificuldade deste país alcançar um acordo com os seus credores.

O encontro dos chefes de Estado e de Governo da zona euro está marcado para as 19:00 de Bruxelas. Às 11:30 arranca mais uma reunião dos ministros das Finanças do euro, com o objetivo de preparar os trabalhos.

Ainda antes, haverá um encontro prévio entre o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, o presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, a diretora-geral do Fundo Monetário Internacional, Christine Lagarde, e o presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi.

O jornal diário grego Kathimerini, na sua edição em inglês, acrescenta que a reunião foi convocada pelo presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, e que o encontro vai ocorrer antes da cimeira da zona euro convocada de emergência para encontrar uma derradeira solução para a crise na Grécia, citando fonte governamental.

No domingo realizaram-se uma série de reuniões na Grécia e conversações telefónicas entre chefes de Governo europeus e responsáveis de órgãos da União Europeia com o governo Grego a propor novas medidas.

A Grécia entregou este domingo novas propostas aos credores para evitar um incumprimento dos pagamentos financeiros, revelou o chefe de gabinete do presidente da Comissão Europeia, Martin Selmayr, através da rede social Twitter.

Além do Eurogrupo e da cimeira da zona euro, também os governadores do Banco Central Europeu vão estar reunidos esta segunda-feira para discutir um possível reforço da linha de emergência de liquidez para os bancos da Grécia, que se encontram numa situação muito difícil perante a intensa fuga de depósitos da semana passada.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Inacreditável ou nem tanto
    António Costa (PS) ontem no Algarve, á frente do ‘decor’ e sem “telepontaria” advertiu não sei quem “para o perigo de se cair na ilusão de que tudo está bem na zona euro” – Fantástico raciocínio. Não se sabe quem estava na plateia para além das cameras de TV.

    A.Costa, ao seu melhor, defendia “um debate mais alargado sobre as economias da zona euro” Outro bityte em bicos de pés, enfunado aos 4 ventos da prosa política “je suis SEGURO”

    O orgasmo completo com sinais de esgar aconteceu qdo disse: “…ainda bem que os mercados estão tranquilos relativamente a Portugal e temos que desejar que assim seja e devemos fazer tudo para não perturbar que assim seja…Agora não nos podemos é iludir a nós próprios – de mão no peito – relativamente à situação: Temos mesmo que ir tratar da convergência… O que aconteceria a uma Europa se fosse exclusivamente governada pelos radicais que governam a Grécia e que adoptassem uma lógica de confrontação com a UE ou com GOVERNOS RADICAIS COMO O PORTUGUÊS QUE DESDE A 1ª HORA TUDO FAZ PARA QUE NÃO HAJA ACORDO COM A GRÉCIA?” … As lutas de capoeira já chegaram ao combate político?
    Onde para o J.Seguro?

  2. Não é aos gritos que se impõe a razão, nem lhe fica bem, Mas estamos prestes a assistir mais uma vez ao privilegio que os incumpridores, baldas caloteiros calões etc
    tem de ser premiados pelos seus actos.
    Será que vamos descobrir que afinal a Europa não é assim tão forte, e até está com medo das consequências de ter esticado a corda até ao maximo?
    Iremos descobrir que os credores afinal até não se importam de perder o dinheiro desde que….
    Será que afinal havia alternativas viáveis, à miséria e humilhação .
    E todos os outros serás que queiramos entender.
    Se assim sinto-me revoltado por mais uma vez ter sido castigado duplamente pelo crime que não cometi, ao invés de ser premiado.
    Preocupa-me também o desequilibro da balança comercial pela importação de sapos que ira acontecer, pois que neste reino não chegará para todos.
    Será que me vão obrigar a dar razão ao BE e Podemos e outros que tais.
    O tsunami aproxima-se a alta velocidade, só falta saber que se vai afogar

  3. O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras sabe o que quer, negoceia, luta pelo país. O nosso 1º não sabe nada, recebe ordens e ajoelha-se. Vende o país e sorri. Que diferença!!

RESPONDER

Fisco quer devolução de 3,5 milhões de euros por erro em declarações de IRS de 2015

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) identificou um erro na liquidação de declarações de IRS relativas a 2015, que implicou um novo apuramento do imposto em cerca de dez mil declarações no valor de 3,5 …

Afeganistão declara derrota do Daesh no principal bastião no país

O Presidente do Afeganistão, Ashraf Ghani, anunciou esta terça-feira a derrota do grupo extremista Daesh na província de Nangarhar, no leste, considerado um dos principais bastiões do grupo 'jihadista' no país. "Quem poderia imaginar há um …

Parlamento vota Orçamento do Estado a 10 de janeiro

O Orçamento do Estado para 2020 será discutido na generalidade em 9 e 10 de janeiro, na Assembleia da República, com votação final global marcada para 7 de fevereiro. Segundo o jornal Público, as duas primeiras …

Legionella. Fase de instrução do surto de Vila Franca de Xira começa hoje

O início desta fase facultativa, em que o Tribunal de Instrução Criminal de Loures vai decidir se o processo segue e em que termos para julgamento, está agendado para as 09h30 e decorrerá à porta …

Um dos mais influentes empresários de Malta foi detido no caso da morte de jornalista

Foi detido no seu iate o magnata Yorgen Fenech, um relevante empresário de Malta, no âmbito das investigações à morte da jornalista Daphne Caruana Galizia que estava a investigar pessoas influentes do país pelo alegado …

Presidente argentino diz que vai pagar dívida ao FMI, mas recusa mais ajustes fiscais

O Presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández, assegurou na terça-feira ao Fundo Monetário Internacional (FMI) que o país vai cumprir com os compromissos em matéria de dívida, mas rejeitou aplicar mais ajustes fiscais. "Desenvolvemos um plano …

Vieira garante "reforma" de 3,8 milhões de euros com OPA do Benfica à SAD

A OPA parcial lançada pelo Benfica à sua própria SAD desportiva vai beneficiar os accionistas com um encaixe potencial de mais de 24 milhões de euros. Luís Filipe Vieira está entre esses beneficiados, podendo encaixar …

Pingo Doce

Trabalhadora do Pingo Doce terá sido impedida de ir à casa de banho (acabou por urinar na caixa)

Uma funcionária de um hipermercado Pingo Doce terá solicitado, por várias vezes, para ir à casa de banho, sem ter sido autorizada para isso, o que a levou a urinar-se no posto de trabalho. Uma …

Senado dos EUA aprova projeto de lei de apoio aos direitos humanos e democracia em Hong Kong

O Senado norte-americano aprovou, na terça-feira, por unanimidade, um projeto de lei de apoio aos direitos humanos e à democracia em Hong Kong, numa altura em que os protestos no território se tornam mais violentos. O …

Orçamento de 2% para a Cultura vai ser atingido em quatro anos

A ministra da Cultura, Graça Fonseca, disse esta terça-feira que o horizonte de 2% da despesa do Orçamento do Estado, com origem nas receitas gerais para a cultura, será atingido em quatro anos, com um …