Histórica visita de Trump a Israel com polémicas e uma “palmada” de Melania a abrir

EPA / Atef Safadi / Lusa

Donald Trump e Melania Trump em visita oficial a Israel.

Donald Trump e Melania Trump em visita oficial a Israel.

A visita de Donald Trump a Israel está a fazer história e a causar polémica, nomeadamente por causa da deslocação ao Muro das Lamentações. Num âmbito menos político, Trump dá que falar por causa de uma “palmada” de Melania.

Ainda antes de entrar nos temas mais sensíveis da visita a Israel, logo à chegada ao aeroporto de Telavive, Donald Trump e Melania, a primeira dama dos EUA, protagonizaram um momento caricato, quando caminhavam ao lado do primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, e da sua mulher, Sara, que iam de mãos dadas.

O Presidente dos EUA esticou a mão na direcção de Melania, como se quisesse imitar Netanyahu e a sua esposa. Ora, Melania respondeu com uma “palmada” na mão do governante, como que afastando-a de perto de si – momento que ficou registado em vídeo e que tem feito as delícias das redes sociais.

Visita histórica e polémica ao Muro das Lamentações

Mas a visita de Trump a Israel está a dar que falar também por motivos políticos e históricos – antes de mais pelo facto de Trump ter chegado a Israel num voo que partiu da Arábia Saudita, onde esteve em visita oficial nos últimos dias.

Este foi “o primeiro voo directo da história entre a Arábia Saudita e Israel”, diz a imprensa israelita.

Outro ponto polémico da visita de Trump a Israel é a visita ao Muro das Lamentações, na cidade velha de Jerusalém, na parte oriental ocupada, onde esteve com Melania e sem a presença de representantes do Estado israelita, numa visita a título privado.

Trump foi o primeiro inquilino da Casa Branca a visitar o Muro das Lamentações, o lugar mais sagrado do judaísmo. Até agora, os Presidentes norte-americanos em exercício tinham evitado esta rota, em alinhamento com a restante comunidade internacional, que não legitima a soberania de Israel sobre esta parte da cidade.

“Ligações indestrutíveis” com Israel

À chegada a Telavive, o Presidente norte-americano saudou as relações dos EUA e de Israel como “ligações indestrutíveis”, depois de ter sido recebido na pista do aeroporto internacional da capital israelita pelo Presidente Reuven Rivlin e a sua mulher, Nechama, e pelo primeiro-ministro Benjamin Netanyahu e pela sua mulher, Sara.

Trump reiterou também a sua convicção de que existe “uma rara oportunidade” para o alcance da paz na região.

“Temos perante nós uma rara oportunidade para conseguir a segurança, a estabilidade e a paz nesta região”, declarou, citado pela agência France Press, nas suas primeiras declarações públicas.

Novo ataque ao Irão

Num tom mais de “guerrilha” política, Trump repetiu fortes críticas ao Irão, afirmando que Teerão nunca poderá vir a ter armas nucleares.

Os EUA e Israel podem afirmar em simultâneo que o Irão nunca deve possuir uma arma nuclear e que deve cessar o financiamento, treino e equipamento mortífero para terroristas e milícias, imediatamente”, declarou o Presidente norte-americano acusando Teerão de apoiar “terroristas”.

Reafirmando a “duradoura amizade entre os EUA e o Estado de Israel” e o facto de serem “grandes aliados e parceiros”, Trump notou ainda, que os dois países precisam de fortalecer a cooperação por enfrentarem “ameaças comuns”, citando o Daesh e também “o Irão que impulsiona o terrorismo e financia e fomenta uma violência terrível”.

Trump também agradeceu a Benjamin Netanyahu o que definiu como “compromisso em avançar com a paz entre palestinianos e israelitas” e disse estar “desejoso em debater o processo de paz com o presidente palestiniano Mahmud Abbas”, com quem também se reúne nesta visita de 28 horas pela região.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Ljubomir Stanisic rescindiu contrato “de forma unilateral” com a TVI

A caminho da SIC, o apresentador rescindiu o contrato com a estação de Queluz, avança a TVI. Ljubomir Stanisic tinha contrato até dezembro de 2020. “O Chef Ljubomir Stanisic rescindiu hoje [esta sexta-feira], unilateralmente, o contrato …

Netflix tem uma nova funcionalidade. Os cegos e os surdos agradecem

A nova funcionalidade da Netflix permite alterar a velocidade de reprodução dos seus filmes e séries. Esta é uma novidade bem recebida por espetadores cegos e surdos. A Netflix tem uma nova funcionalidade que permite que …

Cientistas transformam tijolos em dispositivos de armazenamento de eletricidade

Uma equipa de investigadores descobriu como converter o pigmento vermelho dos tijolos num plástico condutor de eletricidade. Esse processo permitiu transformar os tijolos em dispositivos de armazenamento de eletricidade. Esses supercapacitores de tijolo podem ser …

Primeiro Museu do Godzilla abre no Japão (e os visitantes podem entrar na boca do monstro)

O primeiro Museu do Godzilla do mundo está agora aberto no Japão e tem uma estátua enorme do icónico monstro, em cuja boca se pode entrar de slide. De acordo com a Newsweek, atualmente, os visitantes …

Hubble faz a primeira observação de um eclipse lunar total

Tirando vantagem de um eclipse lunar total, astrónomos usaram o Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA para detetar ozono na atmosfera da Terra. Este método serve como um substituto de como vão observar planetas semelhantes à Terra …

Biden tem 71% de probabilidade de vencer as eleições contra Trump

Joe Biden, candidato democrata à Casa Branca, tem 71% de probabilidade de vencer as eleições presidenciais norte-americanas frente a Donald Trump, o atual Presidente dos Estados Unidos, aponta uma nova sondagem. A pesquisa de opinião, levada …

Barcelona 2-8 Bayern | Atropelamento histórico na Champions

Noite histórica no Estádio da Luz. Em jogo dos quartos-de-final da Liga dos Campeões, o Bayern goleou o Barcelona por impensáveis 8-2 – com 4-1 em cada uma das metades. Um resultado que se tornou …

Depois das sementes, norte-americanos recebem máscaras, óculos de sol e até meias sujas da China

Vários residentes da Flórida, nos Estados Unidos, receberam pacotes misteriosos da China pelo correio que não tinham encomendado. Desta vez não eram sementes, mas sim máscaras cirúrgicas, óculos de sol e até meias sujas. Em declarações …

Imposto sobre refrigerantes reduziu o seu consumo

O imposto especial sobre as bebidas com maior teor de açúcar levou mais de 40% dos inquiridos num estudo da Universidade Católica esta sexta-feira divulgado a reduzir o seu consumo, comportamento que adotariam também com …

Uma só teoria da conspiração sobre a covid-19 matou 800 pessoas. 60 ficaram totalmente cegas

Pelo menos 800 pessoas morreram e 60 ficaram cegas na sequência de uma teoria da conspiração sobre a covid-19, concluiu um novo estudo. A investigação, cujos resultados foram esta semana publicados na revista científica American Journal …