Há mais pessoas em quarentena do que havia vivas durante a 2ª Guerra Mundial

Um terço da população mundial – 2,6 mil milhões de pessoas – está em quarentena. São mais seres humanos em isolamento do que aqueles que estavam vivos para testemunhar a 2ª Guerra Mundial.

Na terça-feira, o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, ordenou que os 1,3 mil milhões de indianos ficassem em casa e quase duplicou o número de pessoas colocadas em isolamento para evitar a propagação do novo coronavírus.

Agora, de acordo com a AFP, há mais pessoas em quarentena do que pessoas vivas durante a 2ª Guerra Mundial.

O vírus já infetou pelo menos 425 mil pessoas e matou 18.900 pessoas, com muitas outras suspeitas de estarem infetadas, mas não confirmadas. A precisão das infeções relatadas varia de país para país devido a complicações políticas e à extensão da política de testes de cada um.

A nível da vida quotidiana, tornou-se difícil quantificar a escala do impacto que o coronavírus teve na população humana desde que o primeiro caso surgiu no final de 2019.

Os governos globais reagiram com diferentes formas de restrição que afetam uma em cada três pessoas, os transportes, comércio, reuniões sociais e, em muitos casos, a capacidade de sair a casa.

O número de pessoas afetadas até “diminui” os eventos mundial de maior escala na História. Os dois maiores conflitos globais – a 1ª e a 2ª Guerra Mundial – foram travados por um total combinado de cerca de 135 milhões, segundo a EncyclopaediaBritannica.

Em 1940, havia 2,3 mil milhões de pessoas em todo o mundo, de acordo com o Departamento de Censos dos Estados Unidos – ainda menos do que o número de pessoas em isolamento hoje.

Nem os eventos como as migrações humanas se aproximam deste valor. O número estimado de pessoas que viajam para as maiores migrações anuais humanas do mundo – Ano Novo Chinês; Prayagraj Kumbh Mela, na Índia, Ação de Graças, nos Estados Unidos; e as peregrinações islâmicas, de Arba’een e Hajj – é de 690,5 milhões, segundo Statista.

De acordo com o ScienceAlert, um dos únicos eventos humanos comparáveis a afetar pessoas neste escala é a gripe espanhola de 1918-19. Embora a situação seja muito diferente em termos epidemiológicos, um ponto comum é a extensão do seu alcance em comparação com a população global. O vírus infetou um terço da população, que, na época, era de cerca de 500 milhões.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Epidemiologista sueco admite erros. "Há potencial para melhorar o que fizemos"

O principal epidemiologista da Suécia, Anders Tegnell, admitiu que a sua estratégia para combater a covid-19 resultou em muitas mortes, depois de ter convencido o governo do país a evitar um confinamento. "Se encontrássemos a mesma doença, …

Renato Sanches a prazo no Lille. Chovem propostas pelo ex-Benfica

Renato Sanches voltou a encontrar a sua boa forma no Lille. As boas exibições do internacional português levaram-no a receber propostas volumosas de vários clubes. O presidente do Lille confirmou que tem recebido várias propostas avultadas, …

Ação judicial contra ordem executiva de Trump de restrição às redes sociais. Viola a Primeira Emenda

O Centro para a Democracia e Tecnologia (CDT) apresentou uma ação judicial contra a ordem executiva de Donald Trump cujo alvo eram as redes sociais, alegando que viola a Primeira Emenda da Constituição norte-americana. O The …

Grécia suspende voos com o Qatar após chegada de 12 passageiros infetados

A Grécia anunciou, esta terça-feira, a suspensão dos voos de e para o Qatar até 15 de junho, depois de ter detetado vários casos de coronavírus numa ligação de Doha para Atenas. Pelo menos 12 dos …

Norte e Porto são demasiado importantes para que TAP não olhe para região "com respeito"

Pedro Nuno Santos adiantou, esta quarta-feira, que o novo plano de retoma da atividade da TAP está a ser trabalhado e o objetivo é que a TAP "dê resposta às necessidades nacionais". O ministro das Infraestruturas …

Se Chega vencer eleições, "ofender polícias, magistrados ou guardas prisionais vai dar prisão"

Tal como Donald Trump, André Ventura abriu guerra contra o Twitter e deixou um aviso: "Se o Chega vencer as eleições, ofender polícias, magistrados ou guardas prisionais vai dar mesmo prisão". Numa altura em que os …

Reestruturação do Novo Banco é para terminar este ano, garante António Ramalho

António Ramalho, presidente do Novo Banco, garante que o processo de reestruturação ficará concluído ainda este ano. Desde a venda do Novo Banco ao fundo Lone Star a história repete-se todos os anos: a administração ativa …

Dívida pública pode atingir 141,8% do PIB em 2020

Esta quarta-feira, o Conselho das Finanças Públicas (CFP) apresentou dois cenários para a evolução da economia e das finanças públicas no período 2020-2022. De acordo com as estimativas divulgadas esta quarta-feira pelo Conselho das Finanças Públicas …

Portugal entre incumpridores de recomendações anti-corrupção do Conselho da Europa

No final de 2019 Portugal só tinha implementado integralmente uma das 15 recomendações emitidas pelo Grupo de Estados contra a Corrupção (GRECO). Das restantes 14 recomendações, oito foram implementadas parcialmente e seis recomendações não foram …

André Ventura "é declaradamente uma pessoa racista", atira socialista Isabel Moreira

Numa discussão na comissão parlamentar de Assuntos Constitucionais, esta quarta-feira, a deputada socialista Isabel Moreira afirmou que o líder do Chega "é declaradamente uma pessoa racista". Esta quarta-feira, numa discussão na comissão parlamentar de Assuntos Constitucionais, …