Há mais pessoas em quarentena do que havia vivas durante a 2ª Guerra Mundial

Um terço da população mundial – 2,6 mil milhões de pessoas – está em quarentena. São mais seres humanos em isolamento do que aqueles que estavam vivos para testemunhar a 2ª Guerra Mundial.

Na terça-feira, o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, ordenou que os 1,3 mil milhões de indianos ficassem em casa e quase duplicou o número de pessoas colocadas em isolamento para evitar a propagação do novo coronavírus.

Agora, de acordo com a AFP, há mais pessoas em quarentena do que pessoas vivas durante a 2ª Guerra Mundial.

O vírus já infetou pelo menos 425 mil pessoas e matou 18.900 pessoas, com muitas outras suspeitas de estarem infetadas, mas não confirmadas. A precisão das infeções relatadas varia de país para país devido a complicações políticas e à extensão da política de testes de cada um.

A nível da vida quotidiana, tornou-se difícil quantificar a escala do impacto que o coronavírus teve na população humana desde que o primeiro caso surgiu no final de 2019.

Os governos globais reagiram com diferentes formas de restrição que afetam uma em cada três pessoas, os transportes, comércio, reuniões sociais e, em muitos casos, a capacidade de sair a casa.

O número de pessoas afetadas até “diminui” os eventos mundial de maior escala na História. Os dois maiores conflitos globais – a 1ª e a 2ª Guerra Mundial – foram travados por um total combinado de cerca de 135 milhões, segundo a EncyclopaediaBritannica.

Em 1940, havia 2,3 mil milhões de pessoas em todo o mundo, de acordo com o Departamento de Censos dos Estados Unidos – ainda menos do que o número de pessoas em isolamento hoje.

Nem os eventos como as migrações humanas se aproximam deste valor. O número estimado de pessoas que viajam para as maiores migrações anuais humanas do mundo – Ano Novo Chinês; Prayagraj Kumbh Mela, na Índia, Ação de Graças, nos Estados Unidos; e as peregrinações islâmicas, de Arba’een e Hajj – é de 690,5 milhões, segundo Statista.

De acordo com o ScienceAlert, um dos únicos eventos humanos comparáveis a afetar pessoas neste escala é a gripe espanhola de 1918-19. Embora a situação seja muito diferente em termos epidemiológicos, um ponto comum é a extensão do seu alcance em comparação com a população global. O vírus infetou um terço da população, que, na época, era de cerca de 500 milhões.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Venda de Wendel ao Everton sofre revés. Nápoles e Nice entram em jogo

A licença de trabalho pode deitar por terra uma eventual transferência de Wendel para o Everton. O Nápoles é o favorito na corrida à sua contratação, mas o Nice também está atento. As negociações entre o …

Celebrações do 10 de junho só terão oito pessoas. “É como achei que devia ser o 25 de abril e o 1º de maio”

A “cerimónia simbólica” comemorativa do Dia de Portugal que se realizará no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, terá apenas oito presenças, incluindo o chefe de Estado e o presidente desta edição do 10 de Junho, …

O futebol português está de volta. Uma corrida de dois cavalos e a montra para Amorim

A bola volta hoje a rolar em Portugal após a interrupção devido à pandemia de covid-19. Regresso o futebol que tão bem conhecemos, mas de uma forma como nunca vimos antes. Estádios desertos e jogos quase …

Cientistas identificam fóssil do inseto mais antigo do mundo

Um fóssil de um milípede descoberto em 1899 é o inseto mais antigo do mundo, concluiu um novo estudo. O espécime em causa tem 425 milhões de anos. Uma equipa de investigadores da Universidade do Texas …

Jorge Jesus renova com o Flamengo por mais uma época

O treinador português anunciou, esta quarta-feira, que vai ficar mais uma época nos brasileiros do Flamengo, até junho de 2021. "Digam à nação que fico!". É esta a frase que acompanha a fotografia publicada, esta quarta-feira, …

Governo deixa cair lay-off simplificado. Novo apoio vai variar em função da quebra de faturação

O apoio às empresas em lay-off que retomarem a atividade será diferenciado em função da quebra de faturação, com vista a direcionar as ajudas públicas “a quem mais precisa”, afirmou esta terça-feira a ministra do …

Grupo de precários da Casa da Música dispensado de serviço via e-mail "meia hora depois" de uma vigília de protesto

Cerca de 13 trabalhadores "precários" da Casa da Música, no Porto, foram dispensados dos concertos que tinham alocados para o mês de junho. Em declarações à Lusa, Hugo Veludo, um dos 13 assistentes de sala …

Sete detidos em operação na Quinta da Fonte ficam em prisão preventiva

Os sete homens que foram detidos numa operação policial no bairro da Quinta da Fonte, em Loures, na segunda-feira, ficaram em prisão preventiva, a medida de coação mais gravosa, revelou à agência Lusa a Polícia …

O parasita da malária tem o seu próprio relógio interno

Um novo estudo acaba de revelar que, mesmo quando cultivados fora do corpo, os parasitas da malária conseguem manter o seu ritmo. Quando uma pessoa contrai malária, acontece uma dança rítmica dentro do corpo. Os sinais …

Maduro e Guaidó juntam-se na luta contra a pandemia. EUA acusam país de impedir voos humanitários

O governo do Presidente venezuelano e o líder da oposição Juan Guaidó acordaram procurar conjuntamente fundos para combater a pandemia da covid-19 na Venezuela, de acordo com um documento divulgado esta terça-feira na televisão oficial. No …