Há cinco novos casos de familiares do PS no Governo

Manuel Almeida / Lusa

O número de relações familiares de membros do PS em posição de poder continua a aumentar. Segundo apurou o jornal Observador, há mais cinco destes casos, sendo que alguns datam de 2015, ano em que o Executivo foi empossado.

Carlos Alberto Fernandes Pinto, chefe de gabinete da secretária de Estado da Segurança Social Cláudia Joaquim, é casado com a deputada e vice-presidente da bancada parlamentar do PS, Susana Amador.

De acordo com o Observador, Carlos Pinto foi nomeado chefe de gabinete a 7 de dezembro de 2015, ou seja, quando o Governo de António Costa ainda estava a ser formado.

Tiago Gonçalves, chefe de gabinete do secretário de Estado da Defesa do Consumidor João Torres, é filho do antigo deputado e antigo presidente da Câmara Municipal de Peniche, Jorge Rosendo Gonçalves. O antigo dirigente da JS assumiu o cargo de chefe de gabinete a 17 de outubro de 2018.

Por sua vez, Ângela Ferreira também assumiu a posição de secretária de Estado da Cultura na última remodelação do Governo. Passados quatro meses, o marido, João Ruivo, foi nomeado pelo secretário de Estado João Paulo Rebelo como coordenador científico do Laboratório de Análises de Dopagem, observa o matutino.

Catarina Hasse Ferreira foi nomeada para exercer as funções de técnica especialista no gabinete do secretário de Estado do Emprego Miguel Cabrita, a 16 de fevereiro de 2016. Catarina Hasse Ferreira é nora do antigo deputado do PS Joel Hasse Ferreira.

Finalmente, Susana Escária, adjunta do secretário de Estado da Internacionalização até este ser exonerado na sequência do caso Galpgate, é esposa de Vítor Escária, ex-assessor do primeiro-ministro que foi exonerado na sequência do mesmo caso, em outubro de 2017.

Em declarações ao Público, fonte de São Bento, próxima do primeiro-ministro, assume que “não há confusão entre família política e política familiar. Isso não faz qualquer sentido e os números das nomeações dos membros do Governo demonstram isso mesmo”.

A mesma fonte acrescenta que “perigosas e não escrutináveis, e essas sim graves e preocupantes, são as relações que existem com interesses, negócios e sectores privados e não vêm publicadas em Diário da República”. De acordo com a fonte, não há “rigorosamente nenhuma relação familiar nova desde a constituição do Governo”, pelo que não há qualquer novidade. “A única novidade é haver eleições”, nota.

Feitas as contas, refere fonte próxima do gabinete de António Costa, “o Governo tem 62 membros”, entre ministros e secretários de Estado, e apenas se tem falado de quatro pessoas. “Não houve nenhuma mudança no Conselho de Ministros. E ninguém pôs em causa a sua competência e mérito profissional. Ou seja, não é um ‘emaranhado’ de relações familiares”, tal como referiu um editorial do mesmo jornal.

“A individualidade de cada um dos membros do Governo não se dilui nas suas relações familiares. As relações são escrutináveis e ninguém pôs em causa o mérito profissional dos visados”, conclui a mesma fonte em declarações ao Público.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

PSG na corrida por Bruno Fernandes. Atlético já terá proposta

Bruno Fernandes continua com o futuro incerto, mas o mercado continua a mexer. De acordo com a imprensa desportiva, o Paris Saint-Germain entrou na corrida pelo médio do Sporting e o Atlético de Madrid terá …

Crédito Agrícola vai cobrar MB Way e transferências online

O Crédito Agrícola, instituição bancária liderada por Licínio Pina, vai passar a cobrar não só as transferência feitas através da aplicação móvel MB Way, como também as transferências online, escreve o jornal Eco este sábado. …

Há uma "Cidade do Futuro" inacabada no deserto do Arizona

https://vimeo.com/342345734 No deserto do Arizona, nos Estados Unidos, há uma cidade experimental projetada para milhares de pessoas que agora contém apenas algumas dezenas de habitantes. Durante quase cinco décadas, um grupo chamado Fundação Cosanti tem trabalhado na …

Montenegro vai estudar liderança em França. Quer qualificar-se para o futuro

O ex-líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro, vai para França estudar num programa de gestão avançada para executivos promovido pelo Instituto Europei para Administração de Empresas, escreve este sábado o Expresso. De acordo com o …

A dieta perfeita não existe

O número de dietas que existem não cabe nos dedos das nossas mãos, mas grande parte das pessoas vai dizer-lhe qual a melhor dieta a seguir. Mas não acredite, é tudo bluff. Uma equipa de cientistas …

Fenprof critica Marcelo. "Não é o Presidente de todos os portugueses”

O 13.º congresso da Fenprof terminou este sábado com a garantia de luta pela contagem integral do tempo de serviço dos professores e críticas a Marcelo Rebelo de Sousa, que “não é o Presidente de …

Consumo de álcool dos filhos associado a educação branda dos pais

Um estudo descobriu que há uma associação entre o consumo de álcool dos filhos e a educação que os pais dão em relação às bebidas alcoólicas. Quanto mais brandos os pais forem, mais probabilidade há …

Espiões podem estar a usar o LinkedIn para recrutar novos contactos

O LinkedIn é uma rede social de negócios, mas espiões podem estar a usá-la para encontrar novos contactos. Os espiões estarão a usar perfis falsos, gerados por inteligências artificial. Apesar de ser uma rede social bem …

Mercado de compras online pode não ser tão lucrativo quanto se pensa (e pode estar perto do fim)

Muitas pessoas provavelmente presumem que as lojas online estão a fazer uma fortuna, mas a realidade é bem diferente. Muitas atividades de comércio eletrónico são, na verdade, não lucrativas. Se as pessoas tivessem que pagar o …

Canábis já era fumada há pelo menos 2.500 anos

Uma descoberta nos túmulos do cemitério Jirzankal, no oeste da China, mostra que os povos que viviam nessa zona montanhosa já queimavam canábis com elevados níveis de THC. Uma equipa de arqueólogos encontrou pequenos artefactos de madeira …