Só há 30 cursos em Portugal sem desempregados inscritos

Apenas 30 cursos superiores, em mais de 1300, se podiam orgulhar de não ter diplomados inscritos no Centro de Emprego, no final do ano passado, segundo os últimos dados do Ministério da Educação.

Dos 1.323 cursos que estavam a funcionar nas universidades e politécnicos, no ano letivo de 2013/2014, pouco mais de dois por cento (2,3%) não tinham nenhum diplomado à procura de trabalho através do Centro de Emprego.

Medicina, Enfermagem, Teologia ou Línguas e Culturas Orientais são alguns dos exemplos, segundo os dados agora disponibilizados pela Direção-Geral de Estatística da Educação e Ciência.

Com apenas um aluno inscrito num centro, mas também com uma taxa de desemprego de zero por cento, o curso de Medicina da Universidade de Lisboa pode juntar-se à lista.

Assim, entre 2009 e 2013, 5.591 alunos concluíram estes 31 cursos com taxa de desemprego zero, sendo que a grande maioria, 4.375, se formaram em Medicina, a área que continua a garantir mais emprego, mas também a ser o curso mais difícil de entrar.

Entre os cursos que enviaram mais licenciados para o Centro de Emprego surge o de Criminologia, da Universidade Fernando Pessoa, com 68,9% dos diplomados ali inscritos, segundo os dados que analisam apenas os alunos que terminaram os cursos entre 2009 e 2013.

Os primeiros nove cursos com maiores taxas de desemprego são precisamente de instituições privadas: depois de Criminologia surge Arquitetura, da Universidade Lusíada de Vila Nova de Famalicão, com mais de metade dos diplomados inscritos no centro de emprego, no final do ano passado.

Esta segunda-feira abrem as candidaturas ao ensino superior e a taxa de desemprego pode ser um dos critérios para ajudar a escolher, mas existem muitos outros dados que agora estão disponíveis no site Infocursos.

No ano letivo de 2013/2014 estavam inscritos no ensino superior em todo o país um total de 251.404 alunos e a maioria eram raparigas (52,5%).

Segundo o site, os alunos dos institutos politécnicos terminam os cursos com notas mais altas do que os colegas das universidades: entre os primeiros cinco cursos, quatro são do Politécnico de Leiria e, entre as 20 formações com melhores notas, apenas cinco são universidades.

A satisfação pelo curso escolhido ou a existência de problemas durante o primeiro ano são outros dos itens que podem ser percebidos através dos dados que mostram quantos alunos acabaram por abandonar o ensino superior, pouco depois de terem entrado, em 2012/2013.

Do universo de quase 1.300 cursos, com pelo menos uma nova turma para caloiros, em apenas 53 nenhum aluno abandonou o ensino superior um ano após ter entrado, com Biologia Geológica do Instituto Superior Técnico em primeiro lugar.

O abandono não é um problema exclusivo de universidades ou de politécnicos, nem das instituições privadas ou públicas, segundo os números dos 73 cursos onde pelo menos 30 por cento dos caloiros terão desistido de estudar: 30 cursos em institutos politécnicos (4,6% do total) contra 43 universidades (5,7%) e 38 instituições privadas, contra 35 públicas.

A maioria dos alunos que se candidatou, em 2012 e 2013, não conseguiu entrar no curso da universidade que gostaria, já que, em apenas 23 cursos, as turmas foram constituidas maioritariamente (mais de 80%) por alunos que escolheram aquele curso em primeira opção.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Dez rinocerontes brancos assassinados por caçadores furtivos em reserva queniana

Dez rinocerontes brancos foram assassinados por caçadores furtivos na reserva queniana de Lewa, no condado de Neru, segundo um comunicado publicado na segunda-feira pelo parque. Os caçadores furtivos atacaram na noite do passado sábado a reserva …

Inscrições nas pinturas rupestres de Foz Côa custam 125 mil euros a ciclistas

O Ministério Público (MP) deduziu acusação contra dois indivíduos que fizeram várias inscrições numa rocha do Parque Arqueológico do Vale do Côa classificado como Património Mundial pela UNESCO. O caso aconteceu durante um passeio de BTT …

Governo lança em 2020 campanha de sensibilização para o consumo de "informação séria"

O Governo anunciou na segunda-feira o lançamento, no início de 2020, de uma campanha de sensibilização que visa a convivência democrática entre uma "comunicação social livre e uma população formada e capaz de exigir e …

Novo Star Wars pode causar ataques epilépticos

A Walt Disney Studios e Epilepsy Foundation publicaram na sexta-feira passada um aviso a dar conta de que Star Wars: Rise of Skywalker contém "várias sequências de imagens com luzes intermitentes que podem afetar quem …

Arqueólogos ativaram (acidentalmente) as "bombas de mau cheiro" mais antigas do mundo

Arqueólogos do Reino Unido lançaram acidentalmente as "bombas de cheiro mais antigas do mundo" quando descobriram ovos de galinha com cerca de 1.700 anos. Durante o longo trabalho de escavação na cidade de Aylesbury, no condado …

Timor atribui nacionalidade a Max Stahl. Jornalista é reconhecido por luta pela libertação do país

O Parlamento Nacional timorense deliberou esta terça-feira, por unanimidade, atribuir a nacionalidade ao jornalista britânico Max Stahl, que filmou o massacre de Santa Cruz, em reconhecimento pelo seu papel na luta pela libertação de Timor-Leste. "É …

Benfica 3 - 0 Zenit | “Pizzão” aos russos vale Liga Europa

O Benfica garantiu o apuramento para a Liga Europa. A formação “encarnada” precisava de um enquadramento especial de resultados e tal acabou por acontecer. O Lyon empatou em casa com o Leipzig, enquanto a formação portuguesa …

Aldeia francesa proíbe habitantes de "morrer em suas casas aos sábados, domingos e feriados"

A presidente da junta de La Gresle, Isabelle Dugelet, assinou um decreto improvável que impede que os habitantes da aldeia francesa de morrer em casa aos fins de semana e feriados. "É proibido que os habitantes …

Lisboa-Porto por cinco euros. CP oferece 80% de desconto no Natal

A CP - Comboios de Portugal está a oferecer descontos de 80% em mais de 4.500 viagens de comboio até 15 de janeiro. Quem viajar de comboio no período de Natal e Ano Novo terá …

Transformer da vida real. Aquanaut é o robô que se transforma em submarino debaixo de água

https://vimeo.com/378556715 Um transformer da vida real: o novo robô autónomo Aquanaut consegue mudar de fisionomia num abrir e fechar de olhos. Num momento assume uma forma humanóide, semelhante a uma sereia, e no outro uma forma …