Guru indiano condenado a prisão perpétua por violar jovem

Asaram Bapu violou uma jovem de 16 anos em 2013, enquanto os pais, que eram seus seguidores, esperavam e cantavam as orações do guru do lado de fora.

Um tribunal indiano na cidade de Jodhpur, no norte da Índia, condenou, esta quarta-feira, o popular guru Asaram Bapu a prisão perpétua por ter abusado sexualmente de uma menor.

Um dos advogados da família da vítima, Manish Vyas, indicou à agência EFE que Asaram foi condenado por ter abusado sexualmente em 2013 de uma jovem de 16 anos no seu ashram, o termo usado para designar uma comunidade formada com o intuito de promover a evolução espiritual dos membros, orientada por um líder.

Além disso, outros dois acusados foram condenados a 20 anos de prisão enquanto outros dois foram desculpados, disse Vyas, antes de esclarecer que ainda não recebeu a sentença completa. Uma porta-voz de Asaram, Neelam Dubey, afirmou em entrevista coletiva que a defesa do guru recorrerá do veredito numa instância judicial superior.

A sentença foi ditada na prisão de Jodhpur, onde o guru, de 77 anos, permanece preso desde 2013, depois de dois dos seus seguidores o acusarem de agressão sexual da filha. Segundo o Expresso, o guru chamou a filha do casal para o seu quarto com o pretexto de a “curar”, violando-a, enquanto os pais esperavam do lado de fora.

A sentença não foi ditada no tribunal da cidade a pedido da polícia, que temia que os seguidores de Asaram provocassem distúrbios similares aos de 2017, quando quase 40 pessoas morreram após uma condenação por abuso sexual ao guru Gurmeet Ram Rahim Singh.

O polícia da cidade, Ashok Rathore, afirmou à EFE que a situação em Jodhpur é “absolutamente pacífica” e precisou que as autoridades locais limitaram o direito de reunião.

A polícia estava em alerta perante a possível chegada a Jodhpur de milhares de seguidores para defender o guru, uma situação que segundo Rathore não chegou a acontecer. O estado do Rajastão e os estados vizinhos Gujarat e Haryana também desdobraram fortes medidas de segurança.

A agressão à adolescente aconteceu no dia 15 de agosto de 2013 num ashram nos arredores de Jodhpur, propriedade de Asaram. A jovem morreu 13 dias depois da agressão e o crime gerou um debate sem precedentes no país sobre a discriminação das mulheres, que levou as autoridades a endurecer as penas contra os violadores.

O guru deu, pouco tempo depois, declarações que suscitaram muita polémica, ao considerar que, embora menor que os agressores, a vítima também teve culpa, já que ao invés de resistir, “devia ter rezado a Deus e pedido aos agressores que a deixassem em paz”.

ZAP // EFE / Ciberia

PARTILHAR

RESPONDER

Sondas da missão a Mercúrio vão passar pela Terra (e vão ser visíveis a olho nu)

A missão conjunta europeia e japonesa BepiColombo está a caminho de Mercúrio. Porém, para chegar lá, terá de passar novamente pela Terra. Este evento acontecerá em 10 de abril e as pessoas nas latitudes do sul …

Xiaomi lança máscara elétrica que carrega via USB

A pandemia de Covid-19 tem impulsionado o surgimento de alguns recursos melhorados para fazer face ao combate do novo coronavírus. É o caso da nova máscara de esterilização elétrica da Xiaomi, que carrega via USB. A …

Em paradeiro incerto, ministra da Guiné-Bissau diz correr perigo de vida

Ruth Monteiro, ministra da Justiça e dos Negócios Estrangeiros no Governo da Guiné-Bissau deposto no golpe do dia 27 de fevereiro, está em parte incerta e diz correr perigo de vida. De acordo com o semanário …

Ovelhas e bactérias estão a ajudar a combater o coronavírus

Anticorpos que podem ajudar a combater o SARS-CoV-2, o vírus que causa a covid-19, estão a ser testados em ovelhas. Estes podem ser usados para desenvolver testes de diagnóstico. O SARS-CoV-2, o vírus que causa a …

Marcelo sai uma vez por semana, usa máscara e luvas nas compras (e passa a Páscoa em Belém)

O Presidente da República afirmou este sábado que, para se proteger do surto de covid-19, só sai em trabalho uma vez semana, usa máscara nas compras e vai passar a Páscoa confinado no Palácio de …

A procura por sumo de laranja está a disparar (e a culpa é do coronavírus)

A procura por sumo de laranja tem disparado nos últimos tempos, muito devido à pandemia de covid-19. As pessoas querem reforçar o seu sistema imunitário. Já quase ninguém está indiferente à ameaça da pandemia de covid-19, …

Nove pessoas com covid-19 curadas após receberem plasma de doentes recuperados

Pelo menos nove pessoas internadas nos cuidados intensivos em Itália com covid-19 já foram curadas, depois de receberem plasma de pacientes recuperados. De acordo com o jornal italiano Corriere della Sera, os doentes receberam o plasma …

Grace tem seis anos e pode ser a autora mais nova de sempre de um artigo científico

Uma menina de seis anos, que vive na Austrália, pode ser a autora mais nova de sempre a ter um artigo científico publicado numa revista da especialidade. Grace Fulton tem uma enorme paixão por animais e, …

Geco encheu Lisboa com autocolantes (e a polícia de Roma está a pedir ajuda para o encontrar)

A polícia de Roma está a pedir ajuda à Associação Vizinhos de Lisboa para encontrar o graffiter Geco, cujas pinturas e autocolantes se podem ver por toda a capital portuguesa, e que está em investigação …

TikTok "esconde" publicações de pessoas feias e pobres para atrair novos utilizadores

O TikTok deu indicações aos seus moderadores para 'esconder' as publicações de utilizadores feios, pobres ou com deficiências. As suas audiências eram manipuladas para que os seus vídeos fossem vistos por menos pessoas. Antes conhecido como …