Guerra aberta no Bloco. Direcção de Catarina Martins acusada de “pressão inaceitável”

Tiago Petinga / Lusa

Catarina Martins em conferência de imprensa

Está instalada a tensão no Bloco de Esquerda com divergências entre a direcção e as distritais do partido na escolha dos candidatos a deputados para as próximas eleições legislativas. Em Santarém e no Porto acusam a direcção de Catarina Martins de “ingerência” e “pressão inaceitável”.

A definição das listas de deputados do Bloco de Esquerda (BE) no Porto e em Santarém está envolta em polémica, com acusações à direcção de Catarina Martins de estar a interferir no processo de forma pouco democrática.

No Porto, 40% dos dirigentes locais recusaram a lista encabeçada por Catarina Martins. Em causa não está o nome da líder do partido, nem o número 2, José Soeiro, mas a ordem dos restantes candidatos – Maria Manuela Rola, Luís Monteiro, Bruno Maia e Fernando Barbosa — como apurou o Expresso.

O semanário reforça que há um abaixo assinado de 73 militantes que apela ao “debate para encontrar uma proposta de lista sem exclusões”.

“Não está em causa o nome de Catarina Martins, mas o método e a forma como o processo está a ser conduzido”, explica ao Expresso o primeiro subscritor deste abaixo assinado, António Sá Luz, lamentando a “falta de debate interno” e frisando que o BE arrisca tornar-se num “grupo fechado e de organização em pirâmide, sem respeito pelas bases”.

Em Santarém, a direcção do BE vetou o nome do já deputado Carlos Matias que foi escolhido pelas bases. A Comissão Política apresenta como alternativas os nomes de Fabíola Cardoso e Roberto Barata e justifica a decisão com as “necessidades de renovação”, como cita o Expresso.

Além disso, a direcção comunicou a Santarém que o líder da bancada parlamentar do Bloco, Pedro Filipe Soares, vai deslocar-se ao Ribatejo para acompanhar o processo de eleição do cabeça-de-lista distrital.

É “uma pressão inaceitável”, sustentam fontes do Bloco de Santarém em declarações ao Expresso, frisando que é “uma forma de ingerência e de condicionamento de uma decisão das bases”.

A direcção nacional “não comenta publicamente decisões internas, que ainda não foram tomadas”, refere uma fonte oficial do partido ao semanário, sustentando que “é prática habitual a presença de membros da comissão política em reuniões de âmbito local ou regional”.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Mas não é assim o comunismo? Um bufa e os outros borram-se! Têm de ir estudar melhor a lição com o PCP e com o Goês vice do sócrates!

RESPONDER

Estamos a viver um "apartheid climático" (e quem tem menos dinheiro vai sofrer ainda mais)

O mundo está a viver um "apartheid climático" e no futuro, serão os mais pobres os que mais vão sofrer as consequências das alterações climáticas. O alerta é do cientista Alexandre Quintanilha. "Estamos a viver um …

Catalunha. Manifestações provocam 199 detidos e 289 polícias feridos numa semana

Quase 200 pessoas foram detidas e 289 agentes da polícia ficaram feridos desde a passada segunda-feira nos protestos na Catalunha contra a sentença que condenou 12 dirigentes políticos catalães, segundo fontes policiais. Desde a passada segunda-feira, …

Quase metade do rendimento das famílias na Grande Lisboa é para pagar renda

A prestação derivada da compra de uma casa na Área Metropolitana de Lisboa (AML) representa uma taxa de esforço de 28% para as famílias. Contudo, arrendar é ainda mais dispendioso, com as rendas a representarem …

Portugal conquista ouro no basquetebol nos INAS Global Games

Portugal conquistou hoje quatro medalhas no último dia dos INAS Global Games, competição mundial para atletas com deficiência intelectual, através da seleção de basquetebol (ouro) e do ciclista Carlos Carvalho (três medalhas de prata). A equipa …

Benfica e FC Porto doam receitas ao Cova da Piedade e Coimbrões

O Benfica e o FC Porto decidiram entregar a sua receita, correspondente à bilheteira e à transmissão televisiva, aos seus adversários da terceira eliminatória da Taça de Portugal. Na semana passada, jogou-se a terceira eliminatória da Taça …

Nova lei de registo dos animais vai levar freguesias a perderem receita

O objetivo da nova lei é criar uma base única de dados nacional de registo dos animais e acaba com a obrigatoriedade da licença para os cães. O presidente da maior freguesia do distrito de Bragança, …

Vem aí um novo ecoponto (e vai ser castanho)

A partir de janeiro de 2024, todos os Estados-membros da União Europeia vão ser obrigados a ter um quarto contentor para a recolha seletiva do lixo. Desta vez, será castanho e passará a estar nas ilhas …

Federação Portuguesa de Futebol condena jogadores por viciação de resultados

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol condenou dois futebolistas e dois treinadores por manipulação de resultados no âmbito do caso "Jogo Duplo". O Público chama-lhe "uma decisão histórica". No âmbito do caso "Jogo …

Diferendo entre Galp/REN e ERSE pode custar 179 milhões de euros aos consumidores

As empresas de gás da Galp e da REN Portgás voltaram a impugnar as tarifas reguladas publicadas pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) e avançaram com o décimo processo judicial. Caso vençam, os clientes …

Salário mínimo de 700 euros "é perfeitamente razoável", diz líder da CIP

O presidente da Confederação Empresarial de Portugal (CIP), António Saraiva, considerou que é "perfeitamente razoável" que o salário mínimo nacional (SMN) alcance os 700 euros durante a próxima legislatura. “Parece-me tão razoável como pode parecer outro …