Guerra aberta no Bloco. Direcção de Catarina Martins acusada de “pressão inaceitável”

Tiago Petinga / Lusa

Catarina Martins em conferência de imprensa

Está instalada a tensão no Bloco de Esquerda com divergências entre a direcção e as distritais do partido na escolha dos candidatos a deputados para as próximas eleições legislativas. Em Santarém e no Porto acusam a direcção de Catarina Martins de “ingerência” e “pressão inaceitável”.

A definição das listas de deputados do Bloco de Esquerda (BE) no Porto e em Santarém está envolta em polémica, com acusações à direcção de Catarina Martins de estar a interferir no processo de forma pouco democrática.

No Porto, 40% dos dirigentes locais recusaram a lista encabeçada por Catarina Martins. Em causa não está o nome da líder do partido, nem o número 2, José Soeiro, mas a ordem dos restantes candidatos – Maria Manuela Rola, Luís Monteiro, Bruno Maia e Fernando Barbosa — como apurou o Expresso.

O semanário reforça que há um abaixo assinado de 73 militantes que apela ao “debate para encontrar uma proposta de lista sem exclusões”.

“Não está em causa o nome de Catarina Martins, mas o método e a forma como o processo está a ser conduzido”, explica ao Expresso o primeiro subscritor deste abaixo assinado, António Sá Luz, lamentando a “falta de debate interno” e frisando que o BE arrisca tornar-se num “grupo fechado e de organização em pirâmide, sem respeito pelas bases”.

Em Santarém, a direcção do BE vetou o nome do já deputado Carlos Matias que foi escolhido pelas bases. A Comissão Política apresenta como alternativas os nomes de Fabíola Cardoso e Roberto Barata e justifica a decisão com as “necessidades de renovação”, como cita o Expresso.

Além disso, a direcção comunicou a Santarém que o líder da bancada parlamentar do Bloco, Pedro Filipe Soares, vai deslocar-se ao Ribatejo para acompanhar o processo de eleição do cabeça-de-lista distrital.

É “uma pressão inaceitável”, sustentam fontes do Bloco de Santarém em declarações ao Expresso, frisando que é “uma forma de ingerência e de condicionamento de uma decisão das bases”.

A direcção nacional “não comenta publicamente decisões internas, que ainda não foram tomadas”, refere uma fonte oficial do partido ao semanário, sustentando que “é prática habitual a presença de membros da comissão política em reuniões de âmbito local ou regional”.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Mas não é assim o comunismo? Um bufa e os outros borram-se! Têm de ir estudar melhor a lição com o PCP e com o Goês vice do sócrates!

RESPONDER

Bloco apoia travão ao desconfinamento na região de Lisboa

O Bloco de Esquerda apoiou o adiamento do levantamento de restrições impostas pela pandemia na região de Lisboa e Vale do Tejo, destacando que é importante aumentar a vigilância nas empresas de construção e trabalho …

Descoberto "cemitério" de mamutes nos arredores da Cidade do México

Investigadores descobriram um "cemitério" com cerca de 60 mamutes nos arredores da Cidade do México, avança o Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) do país. De acordo com o site Live Science, a descoberta aconteceu, …

David Luiz confirma rumores. Regresso "vai acontecer se o presidente permitir e os adeptos quiserem"

David Luiz confirmou este sábado os rumores que davam conta que o Benfica e o jogador estavam a negociar um eventual regresso do brasileiro à Luz. Em entrevista ao desportivo Record, David Luiz confirmou a …

Cães treinados para proteger animais selvagens salvam 45 rinocerontes

Há inúmeras razões que explicam o motivo pelo qual os cães são conhecidos como o melhor amigo do Homem. Além de leais e inteligentes, dão sempre o corpo às balas, mesmo nos piores momentos. Quarenta e …

Fez-se história. Foguetão da SpaceX lançado com sucesso rumo à EEI

O primeiro foguetão concebido e construído por uma empresa privada, a SpaceX, de Elon Musk, levando a bordo dois astronautas foi lançado este sábado na presença do Presidente do Estados Unidos, Donald Trump. O lançamento decorreu …

"A Rússia não permitirá a privatização da Lua", avisa Roscosmos

A Rússia não permitirá a privatização da Lua, independentemente de quem avance a iniciativa, avisou o chefe da agência espacial russa (Roscosmos), Dmitri Rogozin, em entrevista ao jornal Komsomólskaya Pravda. "Não permitiremos que ninguém privatize a …

Plataforma flutuante extrai energia das ondas, do vento e do Sol

A empresa alemã Sinn Power criou uma plataforma marítima flutuante capaz de gerar energia renovável a partir de ondas, vento e energia solar. A plataforma híbrida combina turbinas eólicas, painéis solares e coletores de energia das …

Balneários proibidos e 3 metros de distância. As regras da DGS para a prática de exercício físico

A Direção-Geral da Saúde (DGS) recomenda uma distância mínima de três metros entre pessoas que pratiquem exercício físico, no âmbito das medidas de prevenção da pandemia de covid-19. A orientação, intitulada “Procedimentos de Prevenção e Controlo …

Astronautas da NASA já se preparam para voo histórico a bordo do foguetão da Space X

Dois astronautas da NASA já estão a equipar-se para o lançamento histórico de um foguetão concebido e construído pela empresa SpaceX, de Elon Musk, apesar de as previsões meteorológicas indicarem mais tempestades. Com o voo já …

Há dez anos, Portugal adotou a lei que permitiu o casamento entre pessoas do mesmo sexo

Portugal adotou há 10 anos a lei que permitiu o casamento entre pessoas do mesmo sexo, após um debate fraturante que remeteu para mais tarde a adoção de crianças por estes casais, possível apenas desde …