Grupo “ecoterrorista” revela planos para matar Jair Bolsonaro

Tânia Rêgo / Agência Brasil

Uma reportagem da revista brasileira Veja, publicada esta sexta-feira, revela os planos de um grupo “ecoterrorista” para matar o Presidente brasileiro. 

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, confirmou, esta sexta-feira, que o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência já tinha conhecimento da investigação sobre um grupo de ecoterroristas que planeiam matá-lo, na sequência da reportagem da Veja.

“Eu li a reportagem e encaminhei. O GSI já tinha conhecimento. O risco de atentado contra mim ou contra qualquer líder mundial vai sempre existir”, afirmou o chefe de Estado aos jornalistas esta manhã.

De acordo com a revista, há seis meses que a Polícia Federal procura, ainda sem sucesso, os integrantes do grupo Sociedade Secreta Silvestre (SSS), que se apelida de “ecoterrorista” e que já levou a cabo pelo menos três atentados à bomba em Brasília.

Nas duas últimas semanas, a revista brasileira entrevistou um dos líderes deste grupo, que se apresenta como o “braço brasileiro” dos Individualistas que Tendem ao Selvagem (ITS), uma organização internacional que é investigada por promover ataques a políticos e empresários de vários países.

O líder do grupo, que se identifica como ‘Anhangá’, garantiu à publicação que o plano para matar Bolsonaro é real e que começou a ser planeado desde o momento em que o Presidente foi eleito.

“Anhangá” contou ainda que o plano para assassinar Bolsonaro era para ter acontecido no dia da cerimónia de posse, mas o forte esquema de segurança montado pela polícia e pelo exército acabou por fazer com que o grupo adiasse essa ideia.

Dias antes dessa cerimónia, o SSS colocou uma bomba em frente a uma igreja católica a cerca de 50 quilómetros de distância do Palácio do Planalto. O artefacto não explodiu devido a uma falha no detonador mas, no mesmo dia, o grupo reivindicou o ataque na Internet e anunciou que o próximo alvo seria o Presidente eleito, o que levou as autoridades a sugerir o cancelamento do desfile em carro aberto.

Em abril, dois carros do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) foram incendiados em Brasília. No local, estavam pintadas na parede ameaças de morte ao ministro do Ambiente Ricardo Salles. O grupo assumiu novamente a responsabilidade deste incidente.

Segundo ‘Anhangá’, Bolsonaro é um “estúpido populista” e a sua administração “tem declarado guerra ao meio ambiente”. O terrorista diz ainda que o chefe de Estado não tem “uma proteção adequada”, o que facilita um eventual atentado.

O ITS foi fundado, em 2011, no México e, para além do Brasil, afirma ter representantes na Argentina, no Chile, em Espanha e na Grécia. Os extremistas afirmam ser contra tudo o que leva à destruição do meio ambiente e defendem o uso de medidas extremas e atos violentos contra os inimigos da Natureza.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Como brasileiro, posso garantir que esse grupo terrorista não existe. O presidente louco quer atribuir o atentado de um doente mental (diagnosticado pelos médicos) ao PT. Não conseguirá seu intento.

RESPONDER

Cientista americana diz estar certa de que a Terra será atingida por asteroide

https://vimeo.com/355132338 Uma cientista americana de uma ONG dedicada a proteger a Terra diz que é 100% certo que um asteroide atingirá o nosso planeta. A cientista é Danica Remy, presidente da Fundação B612. Após um asteroide não …

NASA vai mesmo explorar Europa, a lua de Júpiter que pode ter vida extraterrestre

A NASA deu luz verde a uma missão para explorar uma lua de Júpiter que é considerada um dos melhores candidatos para a vida extraterrestre. A Europa - que é um pouco mais pequena do que …

País de Gales cancela plano controverso de criar "casas de banho robô"

O objetivo da construção era impedir atividade sexual, vandalismo e dormidas nas casas de banho públicas. O projeto ia recorrer às tecnologias de piso sensível ao peso, jatos de água, sensores anti-movimento e alarmes. O conselho …

Sem saber, uma mulher viveu durante 17 anos com a sua "gémea" dentro dela

Uma jovem na Índia, sem saber, viveu com uma das condições médicas mais raras e perturbadoras durante quase duas décadas. De acordo com um relatório de caso desta semana, a mulher tinha um saco que continha …

Novo filme da saga 007 já tem nome e data de estreia marcada

O novo filme da saga 007, realizado por Cary Fukunaga chama-se "No time to die" e estreia-se no Reino Unido e nos Estados Unidos em abril de 2020. "Daniel Craig regressa como James Bond, 007 em... …

Comporta pode tornar-se na nova Ibiza (e tudo começou com a queda do BES)

Após anos de um quase esquecimento, em termos de desenvolvimento imobiliário, a Comporta está a atrair investidores internacionais que encaram a pequena vila de Setúbal como uma "nova Ibiza". Um cenário que está a preocupar …

Família de Aretha Franklin cria fundo para a investigação de cancro raro

Um ano após a morte da cantora, a família de Aretha Franklin criou um fundo de apoio à investigação na área dos tumores neuroendócrinos, a doença rara que se revelou fatal para a celebridade, a …

Sporting vai monitorizar tudo o que se diz e escreve sobre jogadores

A empresa Noisefeed tem uma enorme base de dados relativa à atividade nas redes sociais de milhares de jogadores a nível global. Os jogadores de futebol de todo o mundo usam, cada vez mais, as redes …

Boris janta hoje com Merkel para mudar acordo. Maioria quer novo referendo

A pouco mais de dois meses da data marcada para a saída do Reino Unido da União Europeia, uma nova sondagem mostra que a maioria dos britânico quer que qualquer novo acordo vá a referendo. Um …

Oficial: Pardal Henriques candidato a deputado pelo partido de Marinho Pinto

O advogado Pedro Pardal Henriques anunciou esta quarta-feira que aceitou o convite para encabeçar a lista do PDR a Lisboa, deixando de ser porta-voz do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas para "não misturar …