Grupo armado afeto ao regime atacou carro de Guaidó com explosivos e pedras

Rayner Peña / EPA

Um alegado grupo de coletivos – motociclistas armados afetos ao regime – atacaram com explosivos a viatura do autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó.

Os coletivos intercetaram a viatura geralmente utilizada por Juan Guaidó e atacaram-na com golpes, paus, pedras e engenhos explosivos. Segundo um vídeo divulgado na Internet, o ataque fez danos materiais na porta do lado do motorista e destruiu o espelho retrovisor.

O ataque teve lugar depois dos coletivos cercarem o Palácio Federal Legislativo, gritando palavras de ordem e insultos contra os parlamentares e contra Juan Guaidó, que também é presidente da Assembleia Nacional, onde a oposição detém a maioria.

Juan Guaidó saiu do parlamento onde presidiu uma sessão durante a qual condenou a chegada à Venezuela de dois aviões russos e de quase uma centena de militares da Rússia, no último sábado, e acusou Caracas e Moscovo de violarem a Constituição venezuelana. Segundo o parlamento as missões militares deveriam ser autorizadas por aquele organismo, o único controlado pela oposição no país caribenho.

“Esses aviões não trouxeram geradores, nem técnicos para intervir na barragem de El Guri, nem geradores para substituir os danificados, trouxeram militares estrangeiros para solo venezuelano, esquecendo a crise que temos na Venezuela”, disse, em alusão ao apagão que desde segunda-feira afeta o país.

Guaidó frisou que o Governo venezuelano “não tem como solucionar” a crise elétrica “que criou” no país, e que inventa motivos, recomendando à população que compre velas e lanternas, perante uma falha técnica provocada pelo “mau funcionamento e a corrupção” no sistema elétrico venezuelano.

Entretanto, através de um comunicado a porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiro de Rússia, Maria Zajarova, explicou que o envio de tropas militares russas para Caracas faz parte de um acordo de cooperação técnico-militar assinado entre a Venezuela e a Rússia em 2011, o que dispensa “aprovação adicional”.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Tudo isto por causa do Petróleo.
    – Mas a quem mais interessa a morte de Juan Guaidó?
    – Será que é ao Presidente Maduro, que teria de o ver como “mártir”?
    – Ou o Povo que tem urgência de matar o seu profeta e presidente-interino para poder clamar “Liberdade”?

RESPONDER

Empresa norte-americana quer recuperar o transmissor do Titanic que lançou as chamadas de socorro

A empresa privada norte-americana RMS Titanic Inc quer remover o equipamento de rádio da empresa Marconi que está entre os destroços do Titanic. A empresa pretende levar a cabo a "remoção cirúrgica" dos aparelhos de …

Luigi di Maio deixa liderança do Movimento 5 Estrelas

O líder do Movimento 5 Estrelas (M5S) demitiu-se da liderança, esta quarta-feira, e apelou a uma refundação do partido italiano, que atravessa uma crise interna e uma série de maus resultados em eleições regionais. Luigi Di …

Nova técnica combina injeções geladas e salgadas para combater a gordura

Uma equipa de cientistas, da Universidade de Harvard e do Hospital Geral de Massachusetts, testou um novo tratamento que derrete a gordura da barriga. A nova técnica, desenvolvida por investigadores da Universidade de Harvard e do Hospital …

Jogadores "imploraram pela vida" em Alcochete

O lateral esquerdo Lumor e o guarda-redes Salin foram ouvidos, esta quarta-feira, na 21.ª sessão do julgamento da invasão à academia leonina. Lumor, que está emprestado pelo Sporting ao Maiorca, de Espanha, foi ouvido através do …

Mais de metade dos jovens escolhe os mesmos empregos

Mais de metade dos adolescentes portugueses querem ter os mesmos empregos e, a nível internacional, muitos jovens escolhem carreiras que exigem qualificações académicas, mas para as quais não pretendem estudar. O maior inquérito que avalia o …

Salvador Sobral entra no filme de Will Ferrell sobre a Eurovisão

Salvador Sobral vai aparecer no filme "Eurovision" e já gravou uma cena com Will Ferrell. O vencedor da Eurovisão em 2017 vai cantar uma canção no filme da Netflix e ainda contracenar com o ator …

Para evitar a desertificação, há uma cidade a vender casas a 1 euro

A cidade de Bisaccia, em Itália, está a vender 90 imóveis por apenas um euro. O compromisso é que os compradores renovem as habitações. A cidade italiana de Bisaccia, no sul da Campânia, em Itália, está …

Daniel Podence a caminho do Wolverhampton

Daniel Podence deverá ser anunciado em breve como novo reforço dos Wolves, equipa inglesa orientada por Nuno Espírito Santo e na qual já jogam outros sete portugueses. De acordo com o jornal O Jogo, Daniel Podence …

"Quando o PS é oposição, os sindicalistas são valiosos. Quando é poder, empecilhos"

José Abraão, do Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública, deixou duras críticas ao Governo por não se sentir incluído no processo das decisões políticas. Para José Abraão, o Partido Socialista não valoriza o papel dos sindicatos. …

Governo admite gratuitidade em creches para 40 mil crianças

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social confirmou, esta quarta-feira, a intenção de criar sete mil novos lugares de creches e admitiu a gratuitidade da frequência para 40 mil crianças. Ana Mendes Godinho falava hoje …