Moscovo enviou dois aviões com soldados e armamento para a Venezuela

Duas aeronaves russas aterraram no aeroporto de Caracas, este sábado, trazendo 100 soldados e 35 toneladas de armamento. As tropas chegaram sob supervisão do chefe do comando principal das forças terrestres russas, Vasilly Tonkoshkurov.

A chegada de ajuda russa surge como resultado de um fortalecimento das relações entre os dois países, que tem sido cozinhada nos últimos tempos. Há cerca de três meses, as duas nações realizaram exercícios militares em solo venezuelano. Os EUA não apoiaram esta intervenção, chamando-lhe de uma “invasão russa” à Venezuela.

Os aviões partiram do aeroporto militar russo Chkalovsky, fizeram uma paragem no caminho na Síria e depois prosseguiram para o aeroporto internacional Símon Bolívar, em Caracas. A aeronave que transportava os soldados era uma Ilyushin IL-62, enquanto que o avião de carga era um Antonov AN-124.

Segundo o jornalista venezuelano Javier Mayorca, o primeiro avião transportava Vasilly Tonkoshkurov e os restantes 99 soldados. Já o segundo avião carregava 35 toneladas de material.

De acordo com a agência Sputnik, os militares russos chegaram para “trocar consultoria”. “A Rússia e a Venezuela têm uma série de contratos que estão na etapa de concretização, inclusive os acordos sobre a cooperação técnico-militar“, disse uma fonte não citada da embaixada russa.

Quando questionados sobre o assunto, o Ministério da Informação da Venezuela não teceu comentários. O Ministério da Defesa da Rússia, o Ministério das Relações Externas e o porta-voz do Kremlin também não fizeram declarações.

O Governo de Trump aplicou sanções incapacitantes à indústria petrolífera da OPEP, nos esforços para tirar Maduro do poder e pediu aos líderes militares venezuelanos que o abandonem. Maduro denunciou as sanções como intervencionismo dos EUA e ganhou apoio diplomático da Rússia e da China, destaca a Reuters.

Na última quarta-feira, Maduro disse que a Rússia enviaria medicamentos “na próxima semana” para a Venezuela, sem descrever como chegariam, acrescentando que Moscovo tinha enviado, em fevereiro, 300 toneladas de ajuda humanitária.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Bolsonaro diz estar de "consciência tranquila". Brasil com quase 100 mil mortos

O Presidente do Brasil afirmou, esta quinta-feira, que está de "consciência tranquila", num momento em que o país sul-americano está quase a chegar aos 100 mil mortos por causa da pandemia de covid-19. "Estamos de consciência …

PSP já apanhou mais de três mil pessoas a conduzir sem carta este ano

O número de pessoas detetadas a conduzir sem carta aumentou 22% nos sete primeiros meses deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado. "De 1 de janeiro a 31 de julho de 2020, …

"Vacina deve ser um bem global de saúde pública". OMS critica "nacionalismo de vacinas"

A Organização Mundial de Saúde (OMS) criticou na quinta-feira o "nacionalismo de vacinas" para a covid-19, afirmando que qualquer país terá benefícios económicos e de saúde se o resto do mundo recuperar da pandemia. "O nacionalismo …

Depois da explosão, os protestos em Beirute. Manifestantes anti-Governo pedem mudança política urgente

Esta quinta-feira, dezenas de manifestantes foram dispersos com gás lacrimogéneo quando protestavam na sequência da explosão em Beirute, capital do Líbano, que provocou pelo menos 149 mortos, cinco mil feridos e a destruição de casas …

Em vez de flores, família de Fernanda Lapa pede donativos por Bruno Candé

A família da atriz, que faleceu esta quinta-feira, apela a que quem queira oferecer flores para o funeral faça antes um donativo para os herdeiros do ator Bruno Candé, que foi assassinado, em Lisboa. "A Família …

Orbán diz que todos os migrantes ilegais são potenciais "bombas biológicas"

O primeiro-ministro da Hungria, o ultranacionalista Viktor Orbán, defendeu esta sexta-feira que se deve impedir a chegada de imigrantes ilegais ao país porque estes são potenciais "bombas biológicas" devido à covid-19. Conhecido pelos seus discursos contra …

Donald Trump proíbe transações com empresa chinesa detentora do TikTok

Donald Trump assinou uma ordem executiva que proíbe as transações com a ByteDance no prazo de 45 dias e o Senado já aprovou o projeto de lei que proíbe o descarregamento e utilização da aplicação. …

Preocupado com os incêndios, Marcelo admite interromper férias. Ontem foi o pior dia

O Presidente da Repúblic disse esta quinta-feira que está a acompanhar a vaga de incêndios que assola o território continental e admitiu a possibilidade de interromper as férias no Porto Santo se a situação piorar. "É …

Portugal foi o "patinho feio", mas volta a estar em contraciclo com a Europa (por bons motivos)

Portugal destaca-se agora por apresentar uma tendência de redução de novos casos de infeção pelo novo coronavírus, ao contrário de outros países europeus. Quando o novo coronavírus começou a ganhar terreno no continente europeu, Portugal foi …

Kim Jong-un insiste que a Coreia do Norte travou o vírus, mas intensifica combate à covid-19

Kim Jong-un tem repetido várias vezes que a Coreia do norte "travou o vírus maligno", mas o reforço das medidas de combate à covid-19 e a canalização urgente de material médico e alimentos para Kaesong …