Grupo ADO exige indemnização do Estado português de 42 milhões de euros

O grupo mexicano, que venceu a subconcessão do Metropolitano de Lisboa e da rodoviária Carris, entretanto anulada, vai exigir uma indemnização ao Estado português por danos causados no valor de 42 milhões de euros, anunciou esta quarta-feira a empresa.

“Na carta, enviada hoje ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, ao primeiro-ministro, António Costa, ao ministro do Ambiente, João Pedro Fernandes, e ao embaixador de Portugal no México, Jorge Roza Oliveira, o grupo mexicano informa que tem a intenção de requerer, por via de arbitragem internacional, a confirmação de que Portugal não cumpriu com as suas obrigações, de forma a compensar o grupo ADO por danos causados num valor estimado de 42 milhões de euros“, refere o grupo num comunicado.

Em junho, o grupo mexicano, que venceu a subconcessão do Metro de Lisboa e da Carris através da participada espanhola Avanza, anunciou que avançou com a impugnação da anulação dos contratos assinados com o Governo português.

No comunicado hoje divulgado, o ADO afirma que “as conversações iniciadas com os representantes do Governo português foram infrutíferas, pelo que se viu obrigado a comunicar a sua intenção de iniciar o processo de arbitragem”.

“No decorrer de todo o processo, o grupo ADO demonstrou a sua boa-fé e lealdade institucional e continuará a agir em defesa dos seus interesses perante o que considera serem atos arbitrários de Portugal, uma grave violação das suas obrigações internacionais e um prejuízo para o investimento realizado pelo Grupo ADO em Portugal”, lê-se na nota.

O processo de arbitragem decorrerá “ao abrigo do Acordo entre México e Portugal sobre a Promoção e Proteção Recíprocas de Investimentos”.

A subconcessão das empresas públicas de transporte urbano foi lançada pelo Governo de Passos Coelho, que tinha atribuído à espanhola Avanza a exploração da Carris e do Metro de Lisboa, à britânica National Express, que detém a espanhola Alsa, a STCP (rodoviária do Porto), e à francesa Transdev o Metro do Porto.

No entanto, nove dias depois de ter entrado em funções, o executivo de António Costa suspendeu “com efeitos imediatos” o processo.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Ryanair avança com lay-off em Portugal a partir de 1 de abril

A Ryanair vai avançar com o lay-off simplificado, considerando o recurso à medida "indispensável para a manutenção da viabilidade e preservação dos postos de trabalho". Segundo a comunicação da sucursal em Portugal aos sindicatos relativamente à …

Recibos verdes arriscam ficar sem apoio em abril

A Segurança Social só vai disponibilizar o formulário para requerer apoio por paragem total de atividade a partir de 1 de abril. O apoio para minimizar os danos económicos dos trabalhadores independentes que enfrentem paragem …

Ex-benfiquista Jiménez só sai do Wolves por 90 milhões

O Wolverhampton só está disposto a negociar Raul Jiménez por uma verba a rondar os 90 milhões de euros. O antigo jogador do Benfica é perseguido por Arsenal e Manchester United. Raul Jiménez tem dado que …

Mais 1.035 casos de covid-19 em Portugal. Número de mortos sobe para 160

A Direção-Geral da Saúde (DGS) dá conta de 7.443 pessoas infetadas com covid-19 até às 11h desta terça-feira, um aumento de 1.035. O número de vítimas mortais subiu para 160. De acordo com o novo boletim …

Reclusos podem ser libertados para evitar "catástrofe" nas prisões

O contágio de covid-19 entre guardas e reclusos nas prisões portuguesas será tão ou mais “catastrófico” do que nos lares de terceira idade. A ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, prometeu que vai decidir o …

FNE defende exames em setembro e cancelamento das provas de aferição

A Federação Nacional de Educação (FNE) defende que as provas de aferição e os exames de 9.º ano devem ser cancelados "e que os exames de 11.º e 12.º anos devem ser adiados para setembro". Esta …

Benzema lança críticas a Giroud: "Não confundam um Fórmula 1 com um kart"

"Não vamos confundir um Fórmula 1 com um kart e estou a ser gentil", disse Benzema quando questionado se Olivier Giroud era melhor do que ele. Em quarentena obrigatória, o avançado francês do Real Madrid, Karim …

Afinal, pico da pandemia de covid-19 pode ser já em abril

Ao contrário da última previsão de Marta Temido, que apontava o pico da pandemia para o final de maio, alguns epidemiologistas consideram que pode acontecer já em abril. As mais recentes previsões do Governo, comunicadas pela …

Vêm aí os primeiros ventiladores made in Portugal (e viseiras para médicos feitas em fábrica de autoclismos)

A indústria portuguesa está a fazer um esforço para se adaptar às restrições provocadas pela pandemia de Covid-19, contribuindo, ao mesmo tempo, para ajudar a produzir equipamentos que fazem falta nos hospitais. É o que …

Matheus naturaliza-se português e sonha com ida à Seleção

O guarda-redes do Sporting de Braga, Matheus, naturalizou-se cidadão português e já sonha com uma possível convocatória à seleção nacional. Matheus Lima Magalhães nasceu em Belo Horizonte, no Brasil, mas recentemente conseguiu nacionalidade portuguesa. O guarda-redes …