Greve de enfermeiros: Hospital Santo António diz que serviços mínimos não foram cumpridos

O diretor clínico de uma das unidades onde está a decorrer a paralisação nos blocos operatórios disse esta terça-feira que os enfermeiros não cumpriram os serviços mínimos decretados para a paralisação e que foram operados apenas cinco dos 26 doentes considerados “prioritários”.

O diretor clínico do Centro Hospitalar Universitário do Porto (Santo António), José Barros, disse esta terça-feira à Lusa que os enfermeiros não cumpriram os serviços mínimos decretados para a greve, tendo sido operados apenas cinco dos 26 doentes considerados como “prioritários”.

Em declarações à Lusa, José Barros adiantou que para esta terça-feira estavam agendados 30 doentes em 12 salas operatórias para cirurgia convencional e, desses, o hospital considerou que 26 cumpriam os atuais critérios de “serviços mínimos” (muito prioritários, prioritários, oncológicos ou TMRG [tempos máximos de resposta garantidos] expirados ou a expirar durante a greve).

Das 12 salas funcionaram apenas duas e foram operados cinco doentes, todos oncológicos, um de neurocirurgia e quatro de urologia, revelou o responsável. José Barros acrescentou que quatro doentes, igualmente oncológicos e que são tidos como prioritários ou muito prioritários, não foram sujeitos a cirurgia.

A operação de um doente com ileostomia por colectomia total (colite ulcerosa) e hipocoagulado foi adiada já pela segunda vez devido à greve dos enfermeiros, contou.

Posto isto, o diretor clínico considerou que os serviços mínimos “não foram cumpridos”, acrescentando que comunicou aos sindicatos na segunda-feira à noite que 26 dos 30 doentes agendados para cirurgia cumpriam os seus critérios. “Temos mandado a lista para os sindicatos, mas nunca nos responderam”, frisou.

O diretor clínico explicou ainda que alguns destes doentes, nomeadamente aqueles com doença oncológica, foram remarcados para esta quarta-feira, mas assumiu desconhecer se a cirurgia se vai ou não realizar. “Já comunicamos estes dados ao Ministério da Saúde, estamos agora à espera de instruções e de que agilize os serviços mínimos”, referiu.

Relativamente ao Centro Materno-Infantil do Norte, e segundo os dados obtidos pelo centro hospitalar universitário, estavam agendadas 14 cirurgias para esta terça-feira, tendo sido realizadas metade delas, nomeadamente três crianças e quatro mulheres com doença oncológica.

A greve dos enfermeiros decorre desde quinta-feira e estende-se até fim de fevereiro em blocos operatórios de sete hospitais públicos, sendo que a partir de sexta-feira passa a abranger mais três hospitais num total de dez.

O secretário de Estado Adjunto da Saúde suspendeu relações institucionais com a Ordem dos Enfermeiros na sequência de posições e declarações da bastonária sobre a greve em blocos operatórios, segundo uma nota enviada à Lusa pelo gabinete de Francisco Ramos.

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. … assim se mostra como abusar de um direito, usando-o como arma potencialmente letal.
    Ou como passar de heróis a criminosos.
    Nem a Constituição previu algo tão baixo e reles.
    Esta profissão como qualquer outra é uma opção, se não gostam optem por outra, porque não têm dignidade nem profissionalismo quando se comprometem a proteger a vida humana e depois agem desta forma.
    Os direitos que têm actualmente são melhores que os que acharam suficientes quando começaram a laborar, mas basta que outros sejam mais beneficiados que de repente tudo aquilo que até agora era suficiente imediatamente deixa de o ser e ficam com o “direito” de ameaçar a vida de pessoas doentes e inocentes para o obter.
    O mesmo se estende a outros pseudo-profissionais que usam a greve como forma de reivindicar salários melhores à custo do prejuízo gratuíto de cidadãos inocentes, não dos que decidem, mas dos cidadãos que precisamente lhes pagam esses mesmos salários sem qualquer poder de decisão.
    As greves transformaram-se, e se antes eram algo que a classe trabalhadora se devia e podia orgulhar hoje são um abuso da democracia e da liberdade, sem qualquer honra basta que haja quem subsidie os grevistas invejosos sem carácter (a saúde privada nunca facturou tanto como agora…) e prolongam-se indefinidamente sem qualquer ética nem respeito.
    Ganhem vergonha!
    Os enfermeiros eram nobres agora são LIXO.

RESPONDER

Super Bock e Sagres aliam-se em campanha contra o racismo

As duas marcas de cerveja aliaram-se numa campanha contra o racismo, depois do episódio ocorrido, no passado domingo, com Moussa Marega, no Estádio D. Afonso Henriques. "Contra o racismo, não há rivais" é o mote da …

Conselho de Disciplina abre processo disciplinar ao Vitória de Guimarães

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta terça-feira, a abertura de um processo disciplinar ao Vitória de Guimarães, devido aos insultos racistas a Moussa Marega. O avançado do FC Porto recusou-se …

Pinto da Costa confirma fim da carreira de Casillas. E diz que episódio com Marega é um caso de polícia

O presidente do FC Porto confirmou, esta terça-feira, o fim da carreira do guarda-redes espanhol, que anunciou a intenção de se candidatar à presidência da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF). O dirigente portista falou aos …

Águias-de-Bonelli encontradas mortas no Douro Internacional

Duas águias-de-Bonelli jovens foram encontrados mortas no Douro Internacional, após terem sido marcadas com emissores GPS em 2018 e 2019, anunciaram na segunda-feira técnicos ligados a um projeto ibérico de salvaguarda destas aves. "O facto de …

Governo ficou perto da promessa de contratar 5000 doutorados

A anterior legislatura ficou a apenas 49 contratos de cumprir a meta estabelecida pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Educação Superior. De acordo com o jornal Público, a promessa do ministro da Ciência, Manuel Heitor, de …

Fundador da Amazon investe nove mil milhões de euros para combater alterações climáticas

O fundador da empresa tecnológica norte-americana Amazon, Jeff Bezos, revelou na segunda-feira que vai investir dez mil milhões de dólares (mais de nove mil milhões de euros) da fortuna pessoal para encontrar soluções para combater …

Conselho de Ética desfavorável a projetos de lei sobre eutanásia

O Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida (CNECV) deu "parecer ético desfavorável" a quatro projetos de lei para a despenalização da morte medicamente assistida, que vão ser debatidos no Parlamento esta quinta-feira. Os …

Portugal considera "inamistosa e injustificada" a decisão da Venezuela sobre a TAP

O ministro dos Negócios Estrangeiros Augusto Santos Silva já reagiu às acusações de Caracas sobre o alegado transporte de explosivos feito pela transportadora portuguesa. O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, considera “inamistosa” e “injustificada” …

Presidente do Afeganistão reeleito para segundo mandato

O Presidente do Afeganistão foi reeleito para um segundo mandato com 50,64% dos votos, anunciou a comissão eleitoral independente afegã, esta terça-feira, ao divulgar os resultados definitivos das eleições realizadas em setembro passado. "A comissão eleitoral …

Mário Ferreira torna-se o segundo maior acionista da Cofina

O empresário português vai investir 20 milhões de euros no aumento de capital da Cofina, o suficiente para tornar-se o segundo maior acionista da empresa. De acordo com o semanário Expresso, o empresário Mário Ferreira deverá …