Greve dos motoristas acabou. Normalização pode demorar até 5 dias

Rui Minderico / Lusa

A greve dos motoristas de matérias perigosas terminou esta quinta-feira de manhã, depois de o Sindicato e a Associação Nacional de Transportadores Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM) terem chegado a acordo, com a mediação do Governo.

A informação foi anunciada aos jornalistas pelo ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, pouco depois das 8 da manhã desta quinta-feira.

“Chegámos a acordo”, anunciou Pedro Nuno Santos, frisando, contudo, que “demorará algum tempo até que a normalidade seja reposta”.

Pedro Nuno Santos salientou a capacidade negocial de ambas as partes – o “comportamento correto” dos motoristas e o “empenho” da ANTRAM para que se pudesse “chegar a um acordo”.

O ministro deixou ainda elogios ao trabalho da FECTRANS (sindicato da área dos transportes) pelo trabalho iniciado anteriormente e que permitiu “dar mais este passo” no sentido do “respeito e dignificação dos motoristas de materiais perigosos”.

“O que fizemos foi chamar as partes, logo depois do pré-aviso de greve para decretar serviços mínimos”, recordou o ministro dando conta de que o papel do Governo incidiu sobre mediar o conflito.

Foram três dias difíceis, de alguma insegurança até”, afirmou. Mas esse “período terminou”, garantiu.

Questionado sobre a reposição de serviços, o governante reforçou que este será um processo “gradual”, uma vez que há “situações de rotura em vários postos”. “A normalização da greve será gradual, não será imediata”, reforçou.

Por sua vez, o Sindicato dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) estima que o abastecimento de combustível a nível nacional fique normalizado dentro de dois dias, depois de desconvocada a greve que durava desde segunda-feira.

Já a Associação Portuguesa de Empresas Petrolíferas (Apetro) afirmou à Lusa que repor a situação existente antes do início da greve pode demorar até cinco dias, mas a partir desta quinta-feira à tarde deverá retomar-se a normalidade dos abastecimentos.

A partir de sexta-feira “já deverá haver uma situação normal em muitos casos, mas a totalidade só depois do fim de semana”, salientou ainda António Comprido, da Apetro.

Acordo alcançado após reunião de 10 horas

O acordo para o fim da greve foi alcançado após uma reunião de cerca de dez horas que se prolongou pela madrugada. A ANTRAM e o Sindicato comprometem-se a concluir até dia 31 de Dezembro deste ano um processo de negociação colectiva.

Este processo, de acordo com o documento distribuído aos jornalistas em conferência de imprensa, em Lisboa, visa “promover e dignificar a actividade de motorista de materiais perigosos” e será acompanhado pelo Governo.

A negociação colectiva deverá assentar em princípios de valorização como a individualização da actividade no âmbito da tabela salarial, subsídio de risco, formação especial, seguros de vida específicos e exames médicos específicos.

A greve dos motoristas de matérias perigosas começou à meia-noite de segunda-feira e foi convocada pelo recém-formado SNMMP, por tempo indeterminado.

O protesto levou o Executivo socialista a decretar o estado de “crise energética”, ecoou na imprensa internacional, sendo noticiado em vários órgãos de comunicação social do Reino Unido, EUA, Espanha e França. Isto depois de uma corrida aos postos de combustível, encetada por muitos portugueses, que provocou o congestionamento de várias vias de trânsito por todo o país.

Segundo o site VOST Portugal, havia na quarta-feira de manhã mais de 2770 postos com falhas no abastecimento.

ZAP // Lusa

 

 

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Uma Greve com Resolução Rápida…
    Grande Costa … mais umas ofertas …
    Quem vier atrás que feche a Porta… pobres Politicos… Desgraçado Portugal.

Responder a Eu! Cancelar resposta

Águas do Porto alerta para cobranças fraudulentas porta a porta

A empresa municipal Águas do Porto alertou, esta segunda-feira, para uma fraude que está a ser cometida em seu nome com falsos funcionários que tentam fazer cobranças à porta. De acordo com a Águas do Porto, …

Um terço dos universitários de Lisboa já sofreu violência sexual física

Um terço dos estudantes universitários da área metropolitana de Lisboa já foi vítima de violência sexual física pelo menos uma vez, mas são muitos poucos os que denunciam as agressões, raramente o fazendo à …

OE2020: Esquerda vai negociar "até ao último minuto". PSD não comenta eventual traição madeirense

O Governo apresentou, nesta terça-feira, na Assembleia da República, as linhas gerais da proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) aos partidos com representação parlamentar. Dos encontros, não saiu fumo branco, com o Bloco …

Turismo fez subir o custo de vida dos portugueses. Salários continuam estagnados

O crescimento do turismo em Portugal fez crescer o custo de vida dos portugueses, especialmente nos que vivem nas grandes cidades, apesar de estes continuarem com os salários estagnados, escreve o Jornal de Notícias. Entre 2013 …

Contrato público. Amazon apresenta queixa em tribunal contra Trump

A Amazon revela que os "insistentes ataques públicos e de bastidores" de Donald Trump contra Jeff Bezos causaram "pressão" que levou à perda de contrato público com o Departamento de Defesa.  A Amazon apresentou uma queixa …

Empurrões, insultos e (talvez) um murro: Sérgio Conceição e Pedro Ribeiro perderam as estribeiras no túnel do Jamor

Os treinadores de FC Porto e Belenenses, Sérgio Conceição e Pedro Ribeiro, desentenderam-se no túnel de acesso ao relvado do Estádio Nacional, ao intervalo do jogo em que as duas equipas empataram a uma bola. …

Acordo entre Rússia e Ucrânia para cessar-fogo até ao final do ano

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o seu homólogo ucraniano, Volodymyr Zelensky, chegaram na segunda-feira à noite a um acordo de cessar-fogo que deverá ter efeito até ao final do ano de 2019. "As partes …

Nova Zelândia abre investigação. Erupção do Whakaari já fez pelo menos 13 mortos

Pelo menos cinco pessoas morreram e oito continuam desaparecidas, na sequência da erupção do vulcão Whakaari, na Nova Zelândia. As autoridades afirmam que há poucas chances de terem sobrevivido. "Diria com forte convicção de que ninguém …

Falhas no acesso a remédios não são exclusivo do SNS. No resto da Europa também há, diz ministra

A ministra da Saúde afirmou que as falhas no acesso a medicamentos não são "um exclusivo nacional", estando em discussão entre os Estados-membros uma "estratégia global para o acesso ao medicamento". A ministra da Saúde afirmou …

Canal Panda e jogar sem medo. A receita de Lage para vencer os russos do Zenit

O Benfica joga esta terça-feira com o Zenit de São Petersburgo, na sexta e última jornada do grupo G da Liga dos Campeões. Os encarnados precisam de vencer por dois (ou mais) golos para garantir …