Grécia paralisa em greve contra reforma das pensões e aumento de impostos

Orestis Panagiotou / Lusa

Manifestação em Atenas contra a reforma das pensões e aumento de impostos

Manifestação em Atenas contra a reforma das pensões e aumento de impostos

Os transportes públicos gregos estão hoje parados na sequência de uma greve em protesto contra as condições impostas ao governo pelos credores internacionais, na negociação da dívida do país.

Em causa está reforma das pensões e o aumento dos impostos sobre os salários, condições negociais do dos credores – União Europeia (UE) e Fundo Monetário Internacional (FMI) – para libertarem as parcelas dos empréstimos internacionais, no quadro do terceiro resgate financeiro concedido ao país em julho 2015.

Em Atenas, nenhum transporte público funcionava hoje. Os trabalhadores do metro, autocarros e comboios interurbanos vão prolongar a greve até domingo de manhã, de acordo com os respetivos sindicatos.

Os táxis, cujo sindicato não acompanhou a onda da greve, são o único meio de transporte na capital da Grécia.

Nenhum comboio circulava esta manhã em todo o país e os barcos que fazem a ligação entre a Grécia continental e as ilhas permaneceram nos cais. O poderoso sindicato dos transportes marítimos, Pno, anunciou uma greve de 4 dias, entre as 3H00 desta sexta-feira e as 4H00 TMG de terça-feira.

Os autocarros da empresa privada Ktel asseguram as ligações entre a capital e algumas cidades gregas.

O sindicato dos controladores aéreos não aderiu por agora ao movimento de greve, pelo que o tráfego aeroportuário não foi afetado.

Também o sector público funcionava esta manhã em marcha lenta e a maioria das rádios e cadeias públicas e privadas de televisão não difundiram noticiários, porque o sindicato dos jornalistas apelou à greve.

A plataforma dos sindicatos dos trabalhadores do sector privado (GSEE) e do público (Adedy) apelaram à greve na passada quinta-feira, depois do Parlamento ter decido que os dois projetos de lei sobre a reforma das pensões e dos impostos sobre os salários seriam debatidos a partir do próximo sábado de manhã, antes de serem submetidos a votação no domingo à noite.

Os projetos de lei preveem a redução das pensões mais elevadas, a fusão das múltiplas caixas de previdência e o aumento das contribuições e taxas para salários médios e altos.

Estão previstas manifestações em Atenas e em outras cidades gregas durante o próximo fim-de-semana.

No domingo, os sindicatos haviam já previsto a realização de concentrações para comemorar o 1º de maio, que não foi celebrado no domingo passado na Grécia por causa das festas religiosas da Páscoa ortodoxa.

/ Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Troca de garrafas de gás de qualquer marca obrigatória a partir de terça-feira

Os pontos de venda de gás engarrafado vão ser obrigados, a partir desta terça-feira, a aceitar botijas vazias de qualquer marca, segundo um regulamento publicado esta segunda. A medida já tinha sido aprovada pelo Governo no …

Pais ameaçam fechar 11 escolas em Gaia. Diretor admite haver razões para isso

As associações de pais de Canelas, em Vila Nova de Gaia, ameaçam fechar os 11 estabelecimentos de ensino que compõem o agrupamento escolar. Os pais dizem que a falta de funcionários compromete a segurança de crianças …

Rutura de coletor na origem de dejetos junto ao Festival Iminente

Denúncias nas redes sociais mostravam esgotos a céu aberto junto ao panorâmico de Monsanto, com dejetos como restos de papel higiénico, luvas de plástico e bocados de comida.  Segundo o Expresso, as fotografias e os vídeos …

Marroquinas declaram-se "fora da lei" para defender a sua liberdade

Centenas de marroquinas declararam-se "fora-da-lei", proclamando terem já violado as "obsoletas" leis sobre os costumes e o aborto, num manifesto publicado, esta segunda-feira, por vários media marroquinos em nome das liberdades individuais. A tomada de …

Emmy. Atrizes usam palco para apelos pró-transexuais, igualdade salarial e imigração

As atrizes Patricia Arquette, Michelle Williams e Alex Borstein usaram o seu discurso de vitória nos prémios Emmy da Academia de Televisão, que decorreu esta madrugada em Los Angeles, nos Estados Unidos (EUA) para fazerem …

Assunção Cristas ataca falhanços do Governo na saúde

A presidente do CDS-PP atacou, esta segunda-feira, os falhanços do Governo e visitou uma Unidade de Saúde Familiar (USF) em Lisboa para pedir contas à promessa de acabar com os centros de saúde em prédios …

Companhia aérea fez mais de 80 voos sem nenhum passageiro a bordo (e não se sabe porquê)

Um relatório revelou que a companhia aérea Pakistan International Airlines (PIA) fez mais de 80 voos sem ter nenhum passageiro a bordo. Estas operações aconteceram durante dois anos, desde 2016 até 2017, e as perda financeiras …

Rússia adere definitivamente ao acordo de Paris

A Rússia assinou, esta segunda-feira, uma resolução governamental que consagra a adesão definitiva ao Acordo de Paris sobre redução de emissões de gases com efeito de estufa, assinado por 195 países. "O primeiro-ministro russo, Dmitri Medvedev, …

"Roubaram-me os sonhos e a infância", acusa Greta Thunberg na Cimeira do Clima

A jovem ativista sueca criticou, esta segunda-feira, os líderes mundiais pela inação face às alterações climáticas e acusou-os de lhe roubarem os sonhos e a infância. "Como é que se atreveram? Vocês roubaram-me os sonhos e …

Jerónimo frisa que passes de transportes mais baratos foram obra da CDU

O secretário-geral comunista vincou o papel do PCP e "Os Verdes" na redução dos preços dos passes dos transportes públicos, numa sessão pública com trabalhadores das empresas do setor, na estação de comboios de Santa …