Grávidas que vão para o hospital devem deixar comida feita para os maridos. Diretrizes de Seul geram críticas

As novas diretrizes do governo da cidade de Seul, na Coreia do Sul, estão a gerar polémica. As orientações aconselham as grávidas a deixarem roupas limpas e comida já feita para os maridos e filhos e detalham formas peculiares para regressar ao peso que tinham antes da gravidez.

As diretrizes do governo de Seul, que foram entretanto eliminadas, foram publicadas online pelo centro de informação sobre gravidez e nascimentos. De acordo com o Korea Herald, citado pelo britânico The Guardian, o conteúdo terá sido supervisionado pela Sociedade Coreana de Obstetrícia e Ginecologia.

As orientações incluíam dicas para diferentes fases da gravidez. Na fase inicial, por exemplo, era sugerido que as grávidas evitassem adiar as tarefas domésticas, já que executá-las poderia contribuir para a manutenção de um peso saudável.

“Pendure as roupas que usava antes de engravidar num lugar onde sejam fáceis de ver. Isso irá motivá-la a manter o seu peso sob controlo e a voltar ao mesmo peso que tinha antes de dar à luz”, lia-se.

Era também sugerido que, à medida que o dia do parto se iria aproximando, as mulheres fizessem uma revisão ao frigorífico e deitassem ao lixo a comida que estivesse a entrar no limite do prazo de validade. As grávidas deviam também preparar três ou quatro refeições, como caril ou sopa, para que os maridos “que não estão habituados a cozinhar” pudessem aquecer a comida já preparada.

Na nota do governo da cidade sul-coreana lia-se ainda que as grávidas deviam comprar “uma fita para o cabelo para que não fiquem despenteadas depois de terem o bebé”.

A nota aconselhava também a deixarem preparadas mudas de roupa para o marido e filhos. “Como estará no hospital cerca de três a sete dias, deve deixar preparada roupa interior limpa, meias, camisas, lenços e agasalhos na gaveta, para que o seu marido e filhos possam mudar.”

A agência de notícias sul-coreana Yonhap adianta que o público feminino não ficou contente com as diretrizes e questionou se o governo ainda acha “que as mulheres casadas são as governantas dos maridos“.

“É difícil respirar até ao final da gravidez, e eles ainda esperam que preparemos roupas íntimas e comida para os nossos maridos?!”, questionou uma utilizadora, numa rede social.

  Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

O segredo da Coreia do Sul para combater a covid-19? Tecnologia de ponta e toque humano

O sucesso da Coreia do Sul a combater a pandemia de covid-19 não assentou apenas no recurso à tecnologia de ponta — também envolveu o tradicional toque humano. De acordo com um recente relatório da Câmara …

Governo: voto contra do Bloco é "definitivo". Marcelo diz que chumbo provoca dissolução

O Governo afirmou este domingo que entendeu o anúncio de voto contra por parte do BE como “uma posição definitiva”, remetendo eventuais novas negociações com este partido para a fase da especialidade do Orçamento do …

Soldados do exército chinês alinhados.

Chinesas querem "empregos de homem" — mas o sistema educacional corta-lhes as asas

Várias escolas, academia e universidades chinesas impõe cotas que limitam o acesso de estudantes do sexo feminino. Mulheres têm de tirar notas mais altas do que os homens para entrar. Um pouco por todo o mundo …

"A Escola de Atenas", quadro de Rafael Sanzio.

Ideias da filosofia grega podem ter-nos conduzido às alterações climáticas

Algumas das ideias defendidas por antigos filósofos gregos podem ter conduzido a civilização rumo às alterações climáticas. Incêndios florestais causados por ventos crescentes e um calor sem precedentes cercaram Atenas, Grécia, no verão passado, cobrindo os …

Vizela 0-1 Benfica | Milagre de São Rafa no último suspiro

A ressaca pós-goleada frente ao Bayern, na Liga dos Campeões, foi difícil para o Benfica. Os comandados de Jorge Jesus sentiram muitas dificuldades frente a um Vizela que sabia que o seu adversário iria patentear …

Otoniel, o camponês paramilitar (e criminoso mais procurado da Colômbia) foi capturado

O governo da Colômbia anunciou este sábado a captura do narcotraficante mais procurado do país, Dairo Antonio Úsuga (com a alcunha de 'Otoniel'), por quem os Estados Unidos ofereciam uma recompensa de cinco milhões de …

"Tratam as doentes como histéricas". O longo caminho da Medicina até levar a sério a dor feminina está a custar vidas

Muitos dos avanços na medicina tiveram apenas metade da população em conta. Para além da falta de representação das mulheres nos estudos médicos, a dor e os relatos das pacientes são muitas vezes desvalorizados nas …

Bloco faz ultimato: vota contra o OE se até 4ª feira o Governo "insistir em impor recusas"

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, avisou este domingo que o BE votará contra o orçamento se até quarta-feira “o Governo insistir em impor recusas onde a esquerda podia ter avanços”, mantendo, no …

Nova faca de madeira é três vezes mais afiada do que as de aço - e pode ser lavada após ser usada

Através do uso de métodos alternativos, uma equipa de cientistas criou uma nova forma endurecida da madeira que pode ser transformada em facas afiadas. A equipa da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, refere que as …

Áustria planeia confinar quem não estiver vacinado contra covid-19

O governo austríaco anunciou que, se ocupação de camas de Unidades de Cuidados Intensivos com pacientes covid-19 atingir nível crítico, pessoas não imunizadas poderão sair de casa apenas em casos excepcionais, como compras essenciais e …