Grávida internada no Hospital de Santa Maria perde o feto

A administração do Hospital já abriu um inquérito para averiguar se o caso estará relacionado com a falta de assistência de enfermeiros parteiros, devido ao protesto.

Os enfermeiros parteiros voltaram ao protesto de zelo e na primeira noite uma grávida perdeu o bebé no Hospital de Santa Maria, em Lisboa. As duas circunstâncias podem não estar associadas, mas a administração do hospital já avançou para um inquérito a fim de averiguar se houve falta de cuidados prestados à paciente.

Segundo o Expresso, a mulher tinha uma gravidez de risco e estava internada, foi assistida durante a noite mas ao início da manhã desta sexta-feira sofreu uma perda de sangue, vindo a confirmar-se a morte do feto.

O administrador do Centro Hospitalar de Lisboa Norte, Carlos Martins, confirmou o caso, adiantando apenas que pediu a abertura de um processo de inquérito rápido, em cinco dias, e uma autópsia ao feto, dando conhecimento das diligências à Inspeção Geral das Atividades em Saúde.

As averiguações visam, desde logo, apurar se a mulher foi vítima de um comportamento negligente dos profissionais de enfermagem especialistas em saúde materna e infantil, que às 8 horas da última quinta-feira retomaram o protesto de zelo, recusando-se a prestar cuidados especializados.

O protesto dos enfermeiros parteiros está a criar dificuldades na prestação de cuidados no Hospital de Santa Maria e a partir desta sexta-feira há ordens para transferir as grávidas de risco e as mulheres para interrupção voluntária da gravidez (IVG) logo que falte capacidade de resposta.

O administrador explica que a segurança tem de ser garantida e que os constrangimentos na enfermagem especializada em saúde materna e obstetrícia devido ao protesto destes profissionais obriga a recorrer a outros hospitais públicos e privados, neste caso sobretudo para as situações de IVG.

Os enfermeiros especialistas em saúde materna e obstetrícia voltaram quinta-feira de manhã a interromper as suas funções especializadas, o que poderá ainda afetar blocos de parto e maternidades.

Segundo Bruno Reis, porta-voz do movimento dos Enfermeiros Especialistas em Saúde Materna e Obstetrícia, trata-se de um regresso ao protesto que decorreu em julho e que tinha sido interrompido para negociações com o Governo.

Em causa, estará o facto de cerca de dois mil enfermeiros especialistas recebem como se prestassem serviços de enfermagem comum.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Num jardim zoológico da Austrália, há concertos ao vivo (para entreter os elefantes)

https://vimeo.com/372400002 O jardim zoológico de Melbourne está a desenvolver um programa mundial de músicos para tocar para a sua multigeracional manada de elefantes asiáticos em perigo de extinção para que melhore a ligação entre os seis …

Montijo: ANA pede mais tempo para analisar medidas de mitigação ambiental

A ANA – Aeroportos de Portugal pediu à Agência Portuguesa do Ambiente (APA) uma prorrogação do prazo para analisar as medidas de mitigação propostas pela entidade na Declaração de Impacte Ambiental (DIA) do futuro aeroporto …

Sérgio Conceição ultrapassa número de jogos de José Mourinho

No jogo deste domingo, que o FC Porto acabou por vencer o Boavista com um golo solitário de Alex Telles, Sérgio Conceição cumpriu o seu 128.º jogo como treinador dos dragões - mais uma partida …

Governo australiano acusado de censurar livro sobre história de Timor-Leste

O Ministério dos Negócios Estrangeiros australiano está alegadamente a tentar censurar partes do primeiro de dois volumes da história de operações militares em Timor-Leste, o dedicado à Força Internacional para Timor-Leste (Interfet), segundo revelou a imprensa …

Norte-americanos acordaram com mensagens de texto estranhas nos seus telemóveis

Na passada quinta-feira, uma grande parte da população norte-americana recebeu mensagens estranhas e inexplicáveis, muitas das quais desconfortáveis e até preocupantes. Stephanie Bovee, uma norte-americana de 28 anos de Portland, no oeste dos Estados Unidos, acordou …

Pai que fugiu por 15 países com os dois filhos no ano passado encontrado pela PSP

O pai mudou 15 vezes de país com as crianças desde o verão passado sempre sem o consentimento da mãe e sem que a mãe tivesse qualquer notícia do paradeiro dos filhos, revela a PSP. A …

Daesh está a tentar criar um novo Estado islâmico nas Filipinas

Há dois anos que a bandeira negra do Daesh deixou de esvoaçar no topo de um edifício da cidade de Marawi, em Mindanau, no sul das Filipinas, e o Presidente, Rodrigo Duterte, declarou tê-lo derrotado. …

Operação Marquês. Ex-secretário de Estado de Passos Coelho chamado como testemunha

O juiz de instrução da Operação Marquês, Ivo Rosa, decidiu chamar o ex-secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações Silva Monteiro como testemunha, avança a SIC Notícias. Segundo apurou a estação televisiva, o ex-governante …

Apple e Goldman Sachs acusados de terem criado cartão de crédito sexista

A Apple e o Goldman Sachs estão a ser acusados de terem lançado um cartão de crédito que discrimina os utilizadores em função do género. Um dos últimos a juntar ao rol de críticas ao Apple …

Grimaldo joga consecutivamente há 68 jornadas (só é ultrapassado por um guarda-redes)

Alejandro Grimaldo está há 68 jornadas a jogar consecutivamente a titular na lateral esquerda do Benfica - são dois anos sem descanso. Os números são avançados pelo desportivo A Bola, que dá conta que o lateral-esquerdo …