Governo quer usar inflação de 2019 para ditar aumentos salariais de 2020

Clara Azevedo e Paulo Henriques / Portugal.gov.pt

Primeiro-Ministro António Costa e Ministro das Finanças, Mário Centeno

O Governo prepara-se para utilizar a inflação de 2019 para ditar os aumentos da Função Pública para 2020, escreve o Jornal de Negócios, que dá conta que a medida deverá ser inscrita na proposta de Orçamento de Estado (OE) para 2020.

A confirmar-se, esta decisão vai em sentido oposto daquilo que era praticado antes do congelamento dos rendimentos da Função Pública e do próprio setor privado.

Por norma, os aumentos salariais destes funcionários eram definidos consoante a inflação do ano em vigor – o ano a que diz respeito o exercício orçamental – e não do anterior, tal como explica o diário de economia esta segunda-feira.

Esta decisão, explica o jornal Observador, pode permitir ao Ministério das Finanças, liderado por Mário Centeno, poupar, uma vez que inflação de 2019 é bastante baixa e as previsões para o próximo ano vaticinam valores mais elevados.

Em 2019, a inflação deverá rondar os 0,3% ou 0,4%. Para 2020, os números são mais elevados: o Governo estima que o valor ronde os 1,6% no próximo ano.

Este valor de 1,6% não é certo, uma vez que este valor depende ainda da taxa de inflação que for prevista na proposta do OE. Ainda assim, e mesmo que haja uma revisão em baixa deste valor, não é previsível que a taxa prevista para 2020 seja inferior aos 1,1% previstos pela Comissão Europeia para o próximo ano.

O Jornal de Negócios escreve ainda que os 1,6% de referência para a subida de salários são considerados incomportáveis pelo Governo, estando por isso esse valor já afastado. O diário de economia dá como certo que o valor de referência utilizado seja o de 2019.

Os sindicatos não gostaram desta medida tomada pelo Ministério das Finanças e vão contestar a opção que significa menos gastos para o Estado.

O jornal Eco recorda ainda que este é um dos “temas quentes” da negociação entre socialistas, Bloco de Esquerda e PCP.

O Governo ainda não confirmou os valores avançados pelo Negócios, preferindo não comentar, segundo a SIC Notícias. O Executivo liderado por António Costa disse apenas que o OE está a ser elaborado e que todas as hipóteses estão em aberto.

A proposta de OE é apresentada na Assembleia da República no dia 15 de dezembro.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Mais um exemplo da credibilidade e seriedade das promessas do dr. Costa.
    Mais valia dizerem: não há dinheiro para descongelar. Não podemos descongelar. Era mais sério.
    Bem sei que virão aí os avençados dizer: “mais vale tarde que nunca”, “mais vale um pássaro na mão que dois a voar”, “prometemos, cumprimos”.
    Pois é certo que descongelam… Só que é mais uma vigarice… A malta continuará a perder poder de compra. E estão a criar uma nova regra, segundo a qual o valor de referência da inflação para o cálculo dos aumentos salariais não será o estimado para o ano seguinte, mas aquele que em cada momento der mais jeito.
    Como diria o saudoso dr. Medina Carreira é mais uma trafulhice assim como a do aumento do subsídio de alimentação. É verdade que foi aumentado 0,50€. Mas, depois tudo o que excede 4,27€ passou a ser tributado…
    Em suma, enquanto FP precário, digo-vos: deixem lá os aumentos de treta (é preciso notar que nos salários de 635€ esse aumento vai representar 2,50€ por mês – mesmo no caso de uma salário de 3.000€ esses aumentos representam 12€) e as intrujices do costume e reduzam mas é a dívida pública para poderem começar a baixar os impostos. Se é para aumentar dessa forma mais vale estarem quietos e deixarem de enganar a malta…

  2. Isto está a saque ! O que este ministro das finanças engendra para fazer de conta que dá aumentos. Nunca se viu tal. Este gajo que desapareça quanto antes. Este melro esgana tudo à sua volta. Será que ainda falta muito para este vigário ir lá para fora ?

    • Respondendo ao emigrante
      Espremer quem votou nele, sinceramente, até é bem feito, o problema é que faz o mesmo a quem não votou nele e está a dar cabo do nosso Portugal. Quando sair, não há nada para se aproveitar e recomeçar. Vamos partir do zero ou abaixo do zero. E para recuperar, serão anos e quem vai pagar a maior factura são os filhos e netos pois a dívida vai ser paga daqui a muitos anos. Disso, ninguém escapa.

RESPONDER

Nicolas Bourbaki foi o maior matemático de sempre (mas nunca existiu)

Considerado como um dos maiores matemáticos de sempre, Nicolas Bourbaki não passava de um pseudónimo adotado por um grupo de grandes matemáticos, que revolucionou a matemática como a conhecemos. Nicolas Bourbaki está entre os maiores matemáticos …

No aquário do Tennessee, é uma enguia que acende as luzes da árvore de Natal

A enguia Miguel Wattson é a responsável pelo espírito natalício que se vive no Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos. O Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos, encontrou uma forma inusitada de celebrar esta época festiva: …

Há 34 anos, Diana dançou com Travolta. Agora, o seu vestido foi vendido por 261 mil euros

O vestido que a Princesa Diana usou para jantar na Casa Branca, em 1985, foi vendido por mais de 261 mil euros. O vestido azul que a Princesa Diana usou num jantar na Casa Branca, em …

Doentes crónicos com baixo nível de literacia em saúde recorrem mais às urgências

Os doentes crónicos e com um nível de literacia em saúde mais baixo utilizam mais vezes os serviços de urgência hospitalares e dos centros de saúde, bem como as consultas de medicina geral e familiar, …

Ártico viveu em 2019 o segundo ano mais quente em 119 anos

O Ártico viveu em 2019 o seu segundo ano mais quente desde 1900, de acordo com um relatório publicado na terça-feira, aumentando receios de degelo e aumento do nível da água. O Polo Norte está a …

Jardineiro encontra por acaso a obra mais procurada de Gustav Klimt. Estava no galeria onde foi roubada

Um funcionário da galeria de arte Ricci Oddi, na cidade italiana de Piacenza, encontrou por acaso a obra mais procurado do pintor austríaco Gustav Klimt. Estava na própria galeria, onde a obra terá sido roubada …

YouTube reforça políticas contra assédio online

O YouTube anunciou, esta quarta-feira, um conjunto de alterações às políticas que visam combater o assédio que existe na plataforma. O YouTube anunciou esta quarta-feira o reforço das suas políticas contra o assédio online, que preveem …

Deus bebé indiano vence caso em tribunal e reinvindica território sagrado

O Supremo Tribunal Indiano declarou Ram Lalla Virajman, um deus bebé, como o legítimo proprietário de Ayodhya, uma terra no norte da Índia considerada sagrada por muçulmanos e hindus. O tribunal decidiu que o Governo …

China usa comités partidários para manipular empresas estrangeiras

Em outubro, quando a Liga Norte-Americana de Basquetebol (NBA) tentou voltar atrás no apoio aos protestos em Hong Kong, foi criticada por se submeter ao regime autoritário da China. Mas são cada vez mais as …

Ângelo Rodrigues, Flamengo e Tinder. Os temas mais procurados pelos portugueses no Google

Ângelo Rodrigues, Flamengo, como saber onde votar, como funciona o Tinder e "Game of Thrones" estão entre os tópicos que os utilizadores portugueses do Google mais pesquisaram ao longo de 2019. Os dados são divulgados …