Governo recua, Memorial do Convento mantém-se no programa de Português

Carlos Botelho / Flickr

Saramago por Carlos Botelho

Saramago por Carlos Botelho

O Ministério da Educação recuou na retirada da obra do escritor José Saramago “Memorial do Convento” do novo programa de Português do secundário, mas durante dois anos será obrigatoriamente substituída por “O Ano da Morte de Ricardo Reis”.

De acordo com o programa de Português do ensino secundário, hoje homologado, os alunos do 12.º ano vão poder optar entre estudar o “Memorial do Convento” ou “O Ano da Morte de Ricardo Reis”, ambas obras de José Saramago.

A exceção acontece nos anos letivos de 2017-2018 e 2018-2019, em que “O Ano da Morte de Ricardo Reis” se impõe a “Memorial do Convento”, obra icónica do único Prémio Nobel da Literatura português e que integrava os currículos do secundário há largos anos.

A justificação para a imposição de dois anos é dada numa nota de rodapé do próprio programa, na qual se pode ler que, “com esta indicação, pretende-se fomentar o conhecimento desta obra, tornando-a tão divulgada junto de professores e alunos quanto ‘Memorial do Convento’, permitindo que a opção por uma das obras, no futuro, seja mais sustentada”.

A proposta para o novo programa de Português, que esteve em consulta pública no final de 2013, previa a substituição deste texto do Nobel da Literatura por outros dois romances da sua autoria: “O Ano da Morte de Ricardo Reis” e “História do Cerco de Lisboa”.

Esta opção foi “veementemente reprovada” pela Associação de Professores de Português (APP).

“Se a intenção era apenas mudar para um novo texto, outras obras havia mais significativas para os alunos, como, por exemplo, ‘Ensaio sobre a Cegueira’ ou ‘Ensaio sobre a Lucidez'”, defendeu, em declarações à Lusa, a presidente da APP.

Mas as críticas mais fortes vieram do próprio município de Mafra, que enviou um parecer ao Ministério da Educação a contestar a opção de retirar a obra dos currículos.

Para a Câmara Municipal de Mafra, a história da construção do Palácio e Convento de Mafra, no século XVIII, que serve de pano de fundo ao romance de Saramago, “exerceu um papel fundamental na valorização turístico-cultural do concelho, contagiando positivamente a economia local”, até pelo número de visitas de estudo recebidas no monumento nacional, em consequência de ser uma das obras de estudo obrigatório do secundário.

“Só em 2012, mais de 64 mil alunos, provenientes de cerca de 600 escolas de norte a sul do país, visitaram o Palácio Nacional de Mafra, dos quais 26 mil assistiram, também, à peça de teatro com o mesmo nome”, vinca a autarquia em comunicado, depois de conhecida a proposta do novo programa.

O programa de Português hoje homologado inclui uma novidade para os alunos do ensino secundário: o ‘Projeto de Leitura’, que se traduz em listas de obras de autores de língua portuguesa ou traduzidos para Português, das quais os estudantes têm que escolher, em cada ano, um ou dois títulos, que terão que ler, para além das obras de leitura obrigatória que constam do programa.

Para além de obras de escritores portugueses não obrigatórios nos currículos, como Vitorino Nemésio, Fernando Namora ou José Cardoso Pires, as listas incluem ainda nomes lusófonos como Mia Couto, Ondjaki, Pepetela, autores clássicos como Shakespeare, Prémios Nobel como Gabriel Garcia Márquez ou Orhan Pamuk e poetas como Pablo Neruda ou Walt Whitman.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

SpaceX envia recorde de 143 satélites e cinzas humanas num único foguete

A SpaceX enviou no domingo um recorde de 143 satélites num único foguete, como parte do novo programa de carga partilhada entre empresas a um custo mais baixo, entre elas a funerária Celestis, que mandou …

Viagens de residentes caíram 84,8% para fora e 18,5% em Portugal no 3.º trimestre de 2020

As viagens turísticas de residentes em Portugal diminuíram 84,8% com destino ao estrangeiro e 18,5% em território nacional, no terceiro trimestre de 2020, em termos homólogos, divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE). Segundo as …

Santander encerrou 60 balcões em 2020 e prevê fechar mais 30 até março

O Santander encerrou 60 balcões em 2020 e estima fechar mais cerca de 30 este trimestre, numa adaptação ao modelo de negócio que diz obrigatória para sobreviver. A Comissão Executiva do Santander, que assina a carta enviada …

Instituto Pasteur interrompe desenvolvimento de vacina

O Instituto Pasteur anunciou esta segunda-feira ter parado o desenvolvimento do seu principal projeto de vacina contra a covid-19, porque os primeiros ensaios demonstraram ser menos eficaz do que se esperava. Um outro agente francês, o …

Maduro anuncia "gotas milagrosas" 100% eficazes contra a covid-19

Este domingo, o Presidente venezuelano Nicolás Maduro apresentou um suposto medicamento desenvolvido no país que descreveu como "gotas milagrosas", 100% eficazes contra a covid-19. O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, apresentou este domingo umas gotas que …

Associação de Juízes pede urgência na aprovação de lei sobre suspensão de prazos processuais

A Associação Sindical dos Juízes Portugueses (ASJP) pediu esta segunda-feira ao Governo e ao parlamento a "maior urgência" na aprovação da proposta de lei que determina a suspensão dos prazos nos processos judiciais não urgentes. Segundo …

Marisa Matias e João Ferreira ficam sem subvenção pública

As candidaturas de João Ferreira e Marisa Matias não vão receber a subvenção pública para financiar as suas campanhas eleitorais, uma vez que ficaram abaixo dos 5%, a fasquia imposta pela lei para ter acesso …

Misericórdias de Viseu apelam ao bom senso na vacinação

O presidente do secretariado regional de Viseu da União das Misericórdias disse esta segunda-feira à agência Lusa que na vacinação contra a covid-19 “tem de haver bom senso” e explicou que, quando sobram vacinas, “têm …

Quatro futebolistas e presidente do Palmas morrem em queda de avioneta no Brasil

Quatro futebolistas e o presidente do Palmas morreram ontem num acidente de aviação a caminho de Goiânia, onde a equipa da quarta divisão brasileira ia defrontar o Vila Nova na Taça Verde. "Lamentamos informar que não …

Marcelo bate recorde de Mário Soares. É o primeiro a ganhar em todos os concelhos

Marcelo Rebelo de Sousa foi o primeiro candidato a ganhar todos os concelhos numas eleições presidenciais em democracia. O candidato a Presidente da República e reeleito para o cargo, Marcelo Rebelo de Sousa, ganhou a votação …