Expressões neutras e imagens de homens e mulheres. Governo quer militares a usar linguagem inclusiva

Mário Cruz / Lusa

O ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho

O Ministério da Defesa quer que os militares comecem a usar uma linguagem mais inclusiva e menos discriminatória nos documentos e comunicações oficiais, de acordo com uma diretiva enviada Estado-Maior-General das Forças Armadas e aos três ramos militares.

De acordo com a TSF, o documento de 16 páginas explica que, “na língua portuguesa, é comum o recurso à utilização do género masculino para designar as pessoas de ambos os sexos, o que gera indefinições quanto às pessoas, homens e mulheres a que se refere, e torna as mulheres praticamente invisíveis na linguagem”.

Por essa razão, nos documentos oficiais, aconselha-se estratégias de “neutralização ou abstração” e da “especificação” – ou seja, que se optem por expressões neutras.

A TSF exemplifica, escrevendo que “o coordenador” deverá transformar-se em “a coordenação” e “os participantes” em “quem participa”. A expressão “sejam bem-vindos” deverá ser substituída por “boas vindas a todas as pessoas” e “nascido em” por “data de nascimento”.

Além disso, em vez de “não recrutará um candidato que…” deverá utilizar-se “não recrutará alguém que…” e um “obrigado pela sua colaboração” pode ser substituído por “agradecemos a sua colaboração”.

Já a especificação do género deve ser privilegiada nomeadamente nos textos relativos a recrutamento de pessoal, formulários administrativos ou alocuções em textos em que o orador pretende vincar que se dirige a homens e mulheres. Aqui devem ser utilizadas ou as formas duplas (“Estas instalações destinam-se a alunos e alunas…”), a menção “m/f” ou o uso de barras (“O/A”).

A diretiva diz respeito a todos os documentos de cariz oficial, como “decisões de dirigentes e chefes militares e respetivas comunicações internas e externas, incluindo ofícios” ou “documentos relativos ao recrutamento e à gestão de pessoal”.

A comunicação e relações públicas deverá também ser neutra, incluindo na escolha das imagens a usar: devem refletir a diversidade e mostrar homens e mulheres a trabalhar em conjunto.

O objetivo é, segundo a TSF, “salientar a importância para a utilização de linguagem sensível ao género, dar a conhecer exemplos práticos que previnam a utilização de linguagem discriminatória e contribuir para a eliminação dos estereótipos existentes”.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Já agora quero deixar algumas sugestões para a inclusão nas Forças Armadas. Refere o artigo que “O Ministério da Defesa quer que os militares comecem a utilizar uma linguagem mais inclusiva…” Então e as militares também não devem utilizar linguagem mais inclusiva? Não percebo como se quer ser tão neutro e depois logo na primeira frase se utiliza uma expressão onde apenas cabem pessoas do sexo masculino! OS MILITARES? E AS MILITARES, NÃO? Então sugiro que em vez de “o exército” se diga “a exércita” em vez de “o pelotão” se diga “a pelotona” em vez de “o regimento” se diga “a regimenta” em vez de “o cabo” se diga “a caba”, em vez de “o soldado” se diga “a soldada”… etc, etc, etc. Vamos todos (desculpem), vamos todas contribuir para a inclusão.

    • em alguns aspectos concordo consigo
      mas ha termos militares que têm o masculino e o feminino. qual vamos usar?
      se vamos usar o masculino nao estaremos a menosprezar o feminino?
      pelo que sei, na questao dos postos o exercito so usa o masculino havendo tambem o feminino (capitao/capitã, general/generala)
      é complicado nao se usar os dois termos

RESPONDER

Costa diz que estado de emergência é "prematuro" e põe de lado o recolhimento obrigatório

Numa altura em que o número de infetados não pára de subir em Portugal, o Governo prefere manter a situação de calamidade para dar resposta à pandemia, o que permite tomar medidas como o confinamento …

22-0: a soma de dois jogos, no mesmo dia

Com claro destaque para o que aconteceu nos Países Baixos: 13-0, vitória do Ajax. Recorde no campeonato holandês, cinco golos de um jogador, um guarda-redes a querer marcar uma grande penalidade... O que aconteceu no sábado, …

Aminoácido produzido no cérebro pode prevenir ataques epiléticos

Uma equipa de investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade da Florida descobriu que um aminoácido produzido pelo cérebro pode desempenhar um papel crucial na prevenção de um tipo de ataque epilético. As crises epiléticas do …

Ir à escola, viajar e assistir a espetáculos. As exceções à proibição de circulação entre concelhos

No final do último Conselho de Ministros, na semana passada, o Governo anunciou a proibição de circulação entre concelhos entre as 0h de 30 de outubro e as 6h de 3 de novembro, englobando o …

País Basco em confinamento, Bélgica quer transferir doentes para os Países Baixos e França "perdeu o controlo"

Numa altura em que a Europa volta a ser epicentro da pandemia de covid-19, o País Basco decretou o confinamento da população e França considera impor a mesma medida. Com falta de camas, Bélgica pediu …

"Dia histórico". Senado confirma nomeação de Amy Coney Barrett para o Supremo Tribunal dos EUA

O Senado norte-americano confirmou segunda-feira à noite a juíza Amy Coney Barrett para o Supremo Tribunal dos Estados Unidos, o que representa uma vitória política para o Presidente Donald Trump a poucos dias das eleições …

Os olhos das corujas podem ter uma "lente" que melhora a visão noturna

As corujas capturam as suas presas durante a noite. Uma nova investigação sugere que há algo de especial na forma como as moléculas de ADN nos olhos das corujas estão acondicionadas, uma característica que lhes …

Os extraterrestres podem estar a observar-nos à distância (em mais de 1.000 estrelas diferentes)

Da mesma forma que nós, da Terra, já detetámos vários milhares de planetas ao redor de outras estrelas, uma hipotética civilização alienígena poderia ter detetado a nossa presença. Mas de que posições no Espaço isso seria …

Afinal, o buraco negro mais próximo da Terra pode não ser um buraco negro

Um objeto identificado no início deste ano como o buraco negro mais próximo da Terra pode, afinal, não o ser. Depois de reanalisar os dados, diferentes equipas de cientistas concluíram que o sistema HR 6819 …

Rara cobra de duas cabeças e dois cérebros independentes encontrada na Florida

Uma rara cobra com duas cabeças e dois cérebros independentes foi resgatada no estado norte-americano da Florida por uma equipa de especialistas do organização Florida Fish and Wildlife Conservation Commission. Na rede social Facebook, a organização, …