Governo vai começar a executar o PRR pela área da saúde e apoio aos idosos

António Pedro Santos / EPA

A ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva

O Governo quer começar a executar o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) pela área da saúde e combate às vulnerabilidades sociais.

Em declarações ao jornal Público, a ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, explicou que os centros de saúde, a criação de equipas locais para coordenar respostas sociais e as novas medidas que possam adiar a institucionalização dos mais idosos são dimensões “prioritárias”.

“As dimensões que decorrem mais de ganhar resiliência no pós-pandemia tendem a ser as que têm uma dimensão de urgência maior. Ainda que este plano seja de resiliência e preparação para o futuro também tem dimensões de reforço e de resposta à pandemia que era aliás a primeira recomendação específica a que tínhamos de responder”, disse.

A governante explicou que na saúde “há sinais claros de necessidade de reforço da resposta de proximidade”, como é o caso da rede de cuidados primários, da saúde mental e da saúde digital.

“Diria que as respostas de proximidade têm condições para avançar mais rapidamente do que alguns grandes investimentos e importantíssimos para o país, por exemplo, nas regiões transfronteiriças, que aqui também estão previstos”, afirmou também a ministra, acrescentando que “os investimentos de base mais local são mais fáceis de concretizar nos primeiros anos”.

Porém, segundo o diário, a fase da execução deste PRR está prevista apenas para o verão, depois de Portugal receber a primeira tranche europeia. Até lá, ainda decorrem negociações com a Comissão Europeia e falta a ratificação dos 27 Estados-membros.

Habitação: Comparticipação máxima às câmaras

Segundo o mesmo jornal, os municípios poderão receber taxas de comparticipação de 100% nos investimentos que fizerem no âmbito do programa de apoio ao acesso à habitação, um anúncio que surpreendeu os próprios autarcas.

“Temos de construir 26 mil fogos nesta primeira leva. Será muito difícil, se olharmos para o nosso histórico. Mas temos já muitas Estratégias Locais de Habitação com acordos assinados, e atualmente todos os municípios estão já a desenvolver a sua estratégia. Temos boas perspetivas de que o país vai aproveitar esta oportunidade”, afirmou o ministro da Habitação, Pedro Nuno Santos, na sessão pública de debate sobre os temas da habitação no âmbito do PRR.

De acordo com o diário, em causa está um financiamento de 1251 milhões de euros que o Executivo pretende ir buscar em subvenções no PRR para fazer face à situação de pelo menos 26 mil famílias que vivem em situação indigna.

“É um grande desafio para o país, porque teremos de o executar num prazo muito curto. É um prazo onde todos – Estado, administração central, autarquias, cooperativas, associações –, todos temos de nos mobilizar para executar a totalidade da verba”, afirmou ainda o governante.

Segundo o jornal, esta pressa explica-se pelo facto de a execução do programa poder ser feita até 2026, mas os investimentos terem de estar todos programados e contratualizados até 2023.

O PRR que Portugal apresentou para aceder às verbas comunitárias para fazer face às consequências da pandemia prevê 36 reformas e 77 investimentos nas áreas sociais, clima e digitalização, correspondentes a um total de 13,9 mil milhões de euros de subvenções. Na próxima segunda-feira, termina a fase de consulta pública.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Assustador !! ” criação de equipas locais para coordenar respostas sociais” não sendo vidente pressinto um boom de jobs for the Boy’s teremos assim milhões desperdiçados pelo nepotismo politico e filiados do partido, e mais uma vez resultados negativos. triste sina deste país……

RESPONDER

Vacinação de crianças saudáveis está aberta à "livre escolha dos pais"

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, salientou este sábado que as autoridades de saúde não proibiram a vacinação contra a covid-19 para crianças saudáveis, considerando que “esse espaço continua aberto à livre escolha …

Tal como nos humanos, a cafeína ajuda as abelhas a aumentar o foco e a eficácia

Um novo estudo indica que, tal como em muitos humanos, uma injeção de cafeína ajuda as abelhas a manterem-se mais concentradas e a realizarem o trabalho com mais eficiência. Uma equipa da Universidade de Greenwich percebeu …

Astrónomos detetam, claramente e pela primeira vez, um disco a formar satélites em torno de exoplaneta

Com o auxílio do ALMA, do qual o ESO é um parceiro, os astrónomos detetaram pela primeira vez de forma clara a presença de um disco em torno de um planeta fora do nosso Sistema …

E se a Terra parasse subitamente de girar?

O nosso planeta demora 23 horas e 56 minutos a completar uma volta em torno do seu eixo, movendo-se a cerca de 1.770 quilómetros por hora. Aprendemos estes pormenores sobre o planeta azul na escola, …

Sporting 2 - 1 Braga | Leão entra em 2021/22 a rugir

O Sporting parece querer manter a senda de sucesso da época passada e entrou em 2021/22 com o pé direito. Os “leões” bateram o Sporting de Braga por 2-1, num jogo que valeu, sobretudo, pela primeira …

Ensinar crianças a dizer palavrões? Uma cientista acha que é boa ideia

A auto-intitulada "cientista dos palavrões" acredita que ensinar as crianças a usá-los de forma eficiente ajuda os mais novos a perceber como este palavreado afecta outras pessoas. Já se sabia que dizer palavrões é um sinal …

Fósseis misteriosos podem ser uma das provas mais antigas de vida animal na Terra

Elizabeth Turner, cientista numa universidade do Canadá, poderá ter encontrado a prova mais antiga de vida animal na Terra. Uma cientista encontrou possíveis sinais de vida animal multicelular em restos de recifes microbianos de há 890 …

E se o mundo entrasse em colapso? Cientistas descobrem qual o país onde há maior probabilidade de sobreviver

Caso a civilização entre em colapso - uma possível consequência das alterações climáticas - os cientistas já descobriram qual o lugar do mundo onde há maior probabilidade de sobreviver: é na Nova Zelândia. Numa pesquisa, dois …

"Dança quem está na roda", responde Marcelo sobre ausência de Bolsonaro

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse este sábado que "dança quem está na roda" quando questionado pelos jornalistas sobre a ausência do homólogo brasileiro, Jair Bolsonaro, da cerimónia de reinauguração do Museu …

Todos os anos, esta cidade italiana entrega sal ao Papa em mãos

O Sal de Cervia, também conhecido como "sal do Papa", é-lhe entregue todos os anos em mãos. A tradição sofreu algumas interrupções até ter sido recuperada pelo Bispo Mario Marini, que serviu no Pontificado de …