Governo lança plano para trazer de volta emigrantes desempregados

O Conselho de Ministros deverá aprovar esta quinta-feira o Plano Estratégico para as Migrações, que inclui o programa Valorização do Empreendedorismo Emigrante (VEM), que incluiu medidas para ajudar os emigrantes portugueses a regressar e criar negócios em Portugal.

O pacote, que faz parte do Plano Estratégico para as Migrações (2015-2020), irá apoiar o empreendedorismo, criar estágios e atribuir bolsas, apoiando também as empresas que contratem portugueses que se encontrem desempregados no estrangeiro.

Em entrevista ao Público, Pedro Lomba, secretário de Estado adjunto do ministro adjunto e do Desenvolvimento Regional, explicou que o programa VEM vai “facultar uma subvenção não reembolsável, que vai ter um limite máximo de financiamento por projeto”.

A verba para cada projeto deverá ficar entre os 10 mil e os 20 mil euros, e numa primeira fase é expectável que o VEM possa apoiar até 40 a 50 “projetos de criação do próprio posto de trabalho, ou empresa, por parte de emigrantes com intenção de regressar a Portugal”.

Pedro Lomba referiu que a medida será financiada pelo Programa Operacional para a Inclusão Social (POISE), com uma dotação global superior a dois mil milhões de euros, mas cujo regulamento ainda está por publicar.

ZAP

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. O que esta gente inventa em ano de eleições
    1º mando-nos emigrar, depois quer que voltem para criar negocios e eu sei lá que mais.
    Uma coisa eu tenho a certeza, se ganharem as eleições, no dia a seguir revogam tudo e voltam á carga com toda a ferocidade para acabar com o pouco que ainda resta

      • Espero bem que não ganhem. Até porque nunca ganharam nenhuma eleição antes!
        Independentemente do que ainda possa ocorrer este já ficará para a história como o pior governo de sempre. Será sempre relembrado com o governo que mais portugueses mortos terá na sua consciência; o mais irresponsável, o que tinha toda uma conjuntura internacional favorável e que não a soube aproveitar; o que aumentou o número de funcionários públicos em 10 mil; o que nomeou profundos incompetentes para cargos de responsabilidade com as consequências fatídicas que todos nós conhecemos; o que comprometeu o futuro do país ao aumentar as responsabilidades e os encargos futuros do Estado.
        Isto tudo foi muito mau. Só não percebo é como ainda lá estão. Noutro qualquer país minimamente desenvolvido e com uma população culta e informada já tinham sido postos a andar.

  2. Só quem for parvo é que regressa a Portugal. Enquanto não houver uns quantos (muitos) na prisão o país não avança. Com tanta corrupção é impossível.

  3. Se não deixassem entrar indiscriminadamente centenas de milhares de imigrantes(a maioria brasileiros,mas também de leste,Ásia e África ,a grande maioria dos portugueses não emigrava.Mas os estrangeiro vêm fazer o que os portugueses não querem,totalmente mentira…!Os portugueses fazem esses trabalhos mas em outros países, onde ganham salários mais dignos.A esquerda é hipócrita ao querer salários melhores quando são a favor da entrada desregulada de imigrantes(todos entram como turistas,aumentando ainda ,falsamente, os dados relativos à entrada de turistas no nosso país).Os salários como em tudo, estão indexados à lei da oferta e da procura ,havendo muita mão de obra(muitos dispostos a trabalhar por qualquer valor) os salários não poderão aumentar,é lógico! E não pensem que apenas se refer a salários de trabalhos não qualificados,todos, mesmo os qualificados serão afectados!O segredo para os subir os salários de trabalhos qualificados também é fazer subir os não qualificados,os outros sobem por acréscimo.

Rara cobra de duas cabeças e dois cérebros independentes encontrada na Florida

Uma rara cobra com duas cabeças e dois cérebros independentes foi resgatada no estado norte-americano da Florida por uma equipa de especialistas do organização Florida Fish and Wildlife Conservation Commission. Na rede social Facebook, a organização, …

Benfica 2-0 Belenenses SAD | Darwinismo rende arranque histórico

O Benfica cumpriu e venceu o Belenenses SAD por 2-0, no Estádio da Luz, na partida que encerrou a quinta jornada da Liga NOS. Foi o quinto triunfo benfiquista no campeonato em cinco partidas, o …

Uma tarefa doméstica está a poluir sorrateiramente o ambiente

O que vestimos e como lavamos as nossas roupas influencia o número de microfibras sintéticas que libertamos no meio ambiente. Há uma tarefa doméstica a poluir sorrateiramente o ambiente. Um novo artigo científico, publicado na PLOS …

A companhia aérea que faliu devido à covid-19 está de volta

A pandemia de covid-19 foi traiçoeira para muitas empresas. A Flybe, uma das primeiras vítimas, está agora a ressuscitar - e pode voltar a rasgar os céus já no próximo ano. A economia mundial foi muito …

Dormir bem antes de tomar a vacina da gripe pode ajudar a aumentar a sua eficácia

Segundo os especialistas, uma boa noite de sono pode mesmo ajudar a aumentar a eficácia da vacina da gripe, que neste ano ganha particular relevância em plena pandemia de covid-19. De acordo com Matthew Walker, autor …

Há um petroleiro abandonado há mais de uma década nas Caraíbas (e é uma "bomba-relógio")

Um navio de armazenamento de petróleo venezuelano está ancorado no Golfo de Paria, um trecho de mar fechado entre a Venezuela e a ilha de Trinidad, há mais de uma década. Antes de os Estados Unidos …

Portugal deve bater recorde de doentes em cuidados intensivos ainda esta semana

Portugal deverá ultrapassar, esta quarta-feira, o recorde de doentes em unidades de cuidados intensivos, alertou a ministra da Saúde, Marta Temido, em conferência de imprensa sobre a capacidade do Serviço Nacional de Saúde para combater …

A Budapest Eye foi restaurante por um dia (e com estrela Michelin)

Um restaurante com estrela Michelin em Budapeste, na Hungria, ofereceu aos clientes uma experiência gastronómica na famosa roda gigante Budapest Eye. Atraiçoado pela queda de faturação após o desaparecimento de turistas estrangeiros, o restaurante Costes, premiado …

Antigo ministro da Saúde Leal da Costa admite novo estado de emergência

O antigo ministro da Saúde Fernando Leal da Costa defendeu hoje que em algum momento deve ser decretado de novo o estado de emergência, para que o Governo possa tomar medidas na luta contra a …

Marcelo promulga uso obrigatório de máscara na rua por 70 dias

O Presidente da República promulgou esta segunda-feira o decreto da Assembleia da República que determina o uso obrigatório de máscara na rua, por um período de 70 dias, sempre que não seja possível cumprir o …