Governo lança corrida milionária ao “petróleo branco” com concursos públicos

(dr) Dakota Minerals

Prospecção de lítio em Montalegre – instalação da empresa australiana Novo Lítio, antiga Dakota Minerals.

As licenças para a exploração daquele que é chamado o “petróleo branco”, o lítio, deixam de ser atribuídas de forma automática e passam a decidir-se em concursos públicos. Uma decisão do Governo que vai espicaçar a “luta” pela exploração do minério.

Os primeiros concursos públicos para a exploração de lítio em Portugal, deverão ser lançados até ao final de Junho, conforme revela ao Correio da Manhã (CM) uma fonte do Governo.

Em fila de espera, estão mais de 30 pedidos de licenciamento para prospecção e exploração de lítio, área onde Portugal é considerado uma potência mundial.

Até agora, estes pedidos de licenciamento eram praticamente automáticos, mas o Governo pretende tornar este processo mais rigoroso de modo a poder “explorar o potencial deste minério”, sublinha o CM. O objectivo do Governo é “criar uma fileira industrial” de lítio, sustenta a mesma fonte.

Nos concursos públicos, além da exploração do minério em si, serão valorizados os projectos que impliquem um “investimento mais alargado, mais duradouro, com a criação de mais postos de trabalho”, e que permitam “integrar toda a cadeia de valor relacionada com os sectores de produção onde é aplicado o lítio”, diz o Jornal Económico.

Esta ideia está incluída numa resolução do Conselho de Ministros que menciona o interesse em promover a instação em Portugal, de “unidades produtoras de raiz”, nomeadamente de baterias de lítio para carros eléctricos, acrescenta aquele jornal.

(dr) Dakota Minerals

O lítio é considerado o “petróleo branco”

Para afinar a sua estratégia para retirar partido deste minério, o secretário de Estado da Energia, Seguro Sanches, participa, nesta segunda-feira, numa reunião da Aliança Europeia para as Baterias, em Bruxelas.

Nesse encontro, o governante vai apresentar a Estratégia Nacional para o Lítio, relatório que identificou nove áreas com potencial de exploração de lítio.

O projecto que, actualmente, está mais avançado para a prospecção do minério está empatado com uma guerra em tribunal, entre as empresa australianas Novo Lítio, antiga Dakota Minerals, e a portuguesa Lusorecursos. As duas entidades disputam os direitos de exploração de lítio em Sepeda, Montalegre.

ZAP //

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Explorar o minério e deixá-lo escapar porta fora sem qualquer transformação ou utilização dando a possibilidade a outros de tirarem a melhor fatia do mesmo é quanto a mim um crime nacional, espero que de facto os governantes tenham a noção do que estão a fazer, a quem não agradar as condições que deverão ser impostas só terão que abandonar e seguir outro caminho!.

    • Penso que ja é tempo da Governação aproveitar na integra um bem que pode ajudar ao nosso desenvolvimento e criar mais e melhor economia. Temos ou não meios para transformar o litio nas tais baterias e não deixar mais ma vez um bem nas mãos de oportunistas gananciosos. Somos bons no estrangeiro então dêem lhes condições para ficarem cá e deem-lhe formação se for possível! NÃO ME CONFORMO COM A PERDA DA RAFAEL BORDALO PINHEIRO, ESTALEIROS NAVAIS DE VIANA DO CASTELO, TAP ( que tinha os Pilotos mais conceituados a nível pelo menos Europeu) Os CTT (recordem-me la, não foram inaugurados ainda do tempo da Monarquia? funcionavam de forma excepcional ( todas as encomendas que eram enviadas no tempo da ‘segunda guerra mundial’ para um familiar que teve a pouca sorte de ir para lá combater) não se extraviou nenhuma!

    • Nós falamos mas “Eles” não ouvem, anos depois iremos ouvir: “Ai o que perdemos!” e acusar-se uns aos outros “Eu não fiz… tu fizeste..”

    • Caríssimo Justiceiro, a sua observação está correcta. Tem inteira razão no que diz. E o interesse do Governo em «promover a instalação em Portugal de unidades produtoras de raiz» não chega. Há que actuar no sentido de que a transformação do produto seja “propriedade” nacional e que as tais unidades produtoras de baterias sejam também portuguesas. Basta de sermos explorados por estrangeiros!
      E já agora que estou por fora do assunto, que é que essa empresa australiana Novo Lítio quer?
      Há que torcermos, TODOS, por empresas portuguesas, se mais não houver, que seja a LUSORECURSOS a assumir-se.
      E para que será o concurso público? Onde deve haver concurso, não há. E neste caso tem de haver, porquê? Cheira-me a esturro…

  2. Agora é que Portugal vai ficar…
    Os angolanos vão aprender muito com os nossos políticos.
    Se eles pensavam que roubam os lucros do petróleo, ainda não viram nada.
    São bem-vindos para perceber como se rouba um país…
    Meninos do coro…

    • Tem Angolanos nessa fila de espera? Tem ANGOLANOS? Se a Santos Family vier investir faz favor de cativar o kumbu (=dinheiro) e repatria-lo pra Angola. O PR JLoureno quer o dinheiro repatriado.

  3. Primeiro: essa australiana que vem lah de tao longe quer o que nos pahis dos outros?
    Segundo: esse litio tambem dah para fazer aquelas baterias graaandddeees que sao tipo acumulaores de energia electrica, daqueles acumuladores que acumulam a luz solar dos paineis fotovoltaicos e transformam a luz solar em energia electrica?

  4. Não tem mal nenhum, que o lítio saia de Portugal, desde que a carteira de “alguns” fique bem recheada…!
    Os interesses nacionais não interessam para nada, não interessa criar industria transformadora nem postos de trabalho associados, à volta de tudo isto.
    É o portugal (com letra minúscula) que temos, e que não o deixa de ser enquanto não existirem mudanças concretas.
    Proponham referendos ao povo, exponham todas as contas até ao cêntimo.
    Vai entrar dinheiro nos cofres do País? Vamos sair da austeridade que nos tem assolado todos estes anos?
    Nunca vamos sair da … porque os interesses de 100, sobrepõem-se aos interesses de 10.000.000.

  5. Este assunto está a ser divulgado com muita mentira. Desde o nome de propaganda enganosa de Petróleo Branco até que Portugal é uma potência mundial, tem uma grande posição no mundo nas reservas mundiais falando do quinti lugar o que é tanto verdade como enganoso ao mesmo tempo, por isso não dão números. Portugal tem apenas hoje muito modestas reservas mundiais os cinco primeiros tem 13 milhões ou 99,9 por cento delas, largas centenas de milhões (1.Chile 7.500.000; 2 China 3.500; 3. Austrália 1.500; 4.Argentina 850.00 ) e Portugal no tal 5o lugar com apenas 60.ooo ou 0,01 por cento do lítio mundial. Veja na net Lítio reservas minerais ou ainda Lithium USGS nos EUA está tudo lá. Fácil de comprovar. Portugal potência mundial?
    Segundo,as tais baterias chamadas de lítio peça essencial dos carros do futuro tem apenas 10 por cento do total em peso de cada pilha sendo o maior componente a grafite com 50 por cento. Ver na net também tem até desenho do cátodo e anodo. Portugal não tem grafite nem osvoutris componentes e para instalar fábrica de pilha no interior teria de ter fabulosos transportes para isso.Quem quererá levar noventa por cento do que falta para fazer pilha. Ficarão Nam Inácio e no óxido delituosa
    Há grandes minas já em atividade no Mundo e em grande execução projetos mundiais em grande desenvolvimento. Basta ver na internet.
    Já há grande saber das pessoas em muitos outros países sobre o assunto por exemplo ver no vizinho o que já se passa em Cáceres na Espanha por estes dias e no último ano. Um grande não ao lítio.
    Sómente os especuladores e são muitos se interessam por vir a Portugal apenas para em primeiro lugar sacar de nheiro d outros especuladores em Toronto etc. e d pois claro sacar dinheiro de Portugal. Vão deixar buracos.por cada 1000 quilos retirados da terra apenas menos de 100 quilos servem para fazer o tal lítio para os outros 10% da pilha (óxido de lítio) e para passar de minérios devlitio a óxido os minérios são retirados da terá e vão ser atacados com água, ácido sulfurico.e vários venenos mais! Separado o útil do estéril os outros mais de 900 quilos ficam lá ao léu a céu aberto ( Emcombreiras) Juntamente com bilhões de água tóxica necessária nesse tratamento de minério a óxido.
    Junto dos buracos e em grande entorno esqueçam alternativas agrícolas ou de turismo. Qualidade de vida dos nativos junto da mina em grande queda poucas centenas de emprego a maioria vem de fora de outras minas que acabam e muitos euros na mão dos donos. Dinheiro de exportações virá alguns dos governantes felizes.
    As reservas são muito pequenas para o tamanho do assunto carro elétrico. Em dez anos se acabou e ficam os buracos e os venenos.

RESPONDER

Há uma pequena galáxia a orbitar a Via Láctea (e ninguém sabe como foi lá parar)

Segue 1 é o nome da pequena galáxia que orbita muito perto da Via Láctea. O corpo celeste é fraco e de pequenas dimensões, tendo surpreendidos os cientistas - pois ninguém sabe ao certo como …

Morreu o virtuoso guitarrista português Phil Mendrix

Filipe Mendes, mais conhecido por Phil Mendrix, faleceu esta segunda-feira. A notícia foi confirmada pela página oficial do músico português no Facebook. Phil Mendrix, um dos mais virtuosos guitarristas nacionais, morre com apenas 70 anos. O …

Finalmente, a Matemática desvendou quem escreveu "In My Life" dos Beatles

Mais de 50 anos depois da criação da música "In My Life", um dos sucessos dos Beatles, a Matemática concluiu quem foi o autor da canção, depois de tanto John Lennon como Paul McCartney reclamarem …

Com 14 anos Ethan ainda não pode votar, mas já é candidato a governador nos EUA

Ethan Sonnebord ainda não pode votar, mas, aos 14 anos, é candidato do Partido Democrata ao cargo de governador do estado de Vermont, nos Estados Unidos. Ao contrário do que acontece na grande maioria dos estados …

China tenta travar divórcios com “período de reflexão”

Tribunais em toda a China estão a começar a impor aos casais que se querem divorciar um período de espera, de entre duas semanas e três meses, visando travar o aumento no número de separações. Segundo …

Descobertos novos geóglifos que podem reescrever história da Amazónia

Novos geóglifos descobertos no estado brasileiro do Acre reforçam a ideia de que havia uma numerosa população milenar e hierarquizada na Amazónia 2.500 anos antes da chegada dos europeus. Estes dados podem “reescrever” a história …

Ministro da Noruega demite-se após violar regras de segurança em viagem ao Irão

Per Sandberg foi obrigado a demitir-se por ter infringido as regras de segurança do Governo ao não informar sobre uma viagem privada ao Irão e por ter levado o telemóvel profissional. O ministro das Pescas norueguês, …

Bomba de 220 quilos da Segunda Guerra Mundial desativada em França

Uma bomba inglesa de 220 quilos, datada da Segunda Guerra Mundial, encontrada no fim de junho em Rouen, no noroeste de França, foi neutralizada neste domingo, anunciaram as autoridades locais. A operação foi realizada por agentes …

Agência do Ambiente pondera aplicar multas por ruído

A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) está a analisar a aplicação de multas para o incumprimento das regras do ruído, obrigando as grandes cidades e infraestruturas de transportes a ter mapas e planos estratégicos para …

Pelo menos dois mortos e um milhão de pessoas afetadas por inundações nas Filipinas

Pelo menos duas pessoas morreram e uma desapareceu nas Filipinas devido a inundações que afetam mais de um milhão de pessoas após a passagem da tempestade tropical Yagi, informaram esta segunda-feira as autoridades. O centro e …