Governo em “estado de alerta” com “Coletes Amarelos” portugueses

Sebastien Nogier / EPA

Protesto dos “Coletes Amarelos” no sul de França

O Governo está em “estado de alerta” com a manifestação da próxima sexta-feira, sob o lema “Vamos Parar Portugal” e inspirada nos “Coletes Amarelos” franceses.

Ao Público, um membro do Governo admitiu a sua preocupação com a possibilidade de os protestos desta sexta-feira virem a ter uma adesão significativa, nomeadamente na sequência dos protestos dos “Coletes Amarelos” franceses e com a consequente resposta de Emmanuel Macron.

Na prática, o Governo português receia que o facto de o Presidente francês ter cedido a algumas reivindicações dos manifestantes, como aumentar em 100 euros o salário mínimo, possa, eventualmente, levar os portugueses a acharem que vale a pena sair à rua e protestarem, devido ao exemplo do Governo francês que cedeu sob pressão.

Além disso, o Governo teme que a manifestação (independente dos partidos) seja infiltrada por movimentos extremistas e por criminosos comuns e que estes provoquem desacatos, destruição e pilhagens.

As forças policiais têm revelado nos últimos dias algumas informações sobre medidas de segurança que serão adotadas na próxima sexta-feira, um dia de manifestações que a PSP acredita ser “de grande dimensão”.

Paulo Rodrigues, presidente da Associação Sindical dos Profissionais de Polícia (ASPP/PSP), adiantou que todas as folgas e créditos horários dos agentes foram suspensos no dia 21, de forma a conseguir ter espalhado por todo país um efetivo de cerca de 20 mil agentes.

“Vamos ter manifestações de grande dimensão em todo o país e mandam as regras do bom senso ter pessoal operacional”, disse à Lusa o porta-voz da Direção Nacional da PSP, intendente Alexandre Coimbra, na passada sexta-feira.

Esta segunda-feira, a direção nacional da PSP emitiu um comunicado em que adianta estar a preparar um “dispositivo adequado” para sexta-feira, e no qual apela ao respeito pela lei. Além disso, lembra aos promotores das manifestações que “têm de comunicar aos presidentes das câmaras municipais, por escrito e com a antecedência mínima de dois dias úteis, a intenção de realizar a manifestação”.

A PSP apela ainda “a todos os cidadãos que decidam exercer o seu direito de manifestação, que o façam de forma pacífica e em respeito pela lei”.

No apelo inicial do protesto “Vamos Parar Portugal”, os promotores pedem manifestações sem violência, “de forma humana e civilizada” e com “respeito, sem xenofobia e racismo”.

“Somos um dos países que recebe menos e paga mais imposto etc, etc e ficamos caladinhos como sempre. Temos países a receber o dobro de nós, assim que existe algo que não agrade, reclamam, exigem, protestam até serem ouvidos. E nós portugueses? Chega, vamos dizer basta ao aumento de combustíveis, portagens e tudo o resto que está mal”, refere a convocatória inicial.

“Percebam uma coisa, isto não é nenhuma manifestação. Isso já se fazem 200 por ano e nada. Isto é um bloqueio! Protesto! Revolta do povo unido até o povo ser ouvido! Não somos nenhum partido político, nem algo do género. Apenas somos o povo português, que quer um país mais justo”, acrescenta.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Espero que seja seja um sucesso; Portugal bem precisa de um abanão nesta sórdida oligarquia de interesses que se encontra instalada de forma sistémica.
    E pelo menos 20 mil vão estar na rua, os gajos do cassetete lolololol

    • Ummm, estive a colher mais informação sobre o assunto e parece que quem está por detrás disto são grupelhos de extrema-direita, totalmente o oposto do movimento iniciado em França. Numa das páginas do evento, entretanto apagada, teciam elogios a Bolsonaro, Salazar, propunham o aumento do IVA para a cultura (estilo general sul-americano que assim que ouvia falar em cultura ia logo buscar a espingarda), assim como outras coisas sem sentido e irrealizáveis. Cuidado portanto, não nos deixemos ser instrumentalizados por algo que não é bem aquilo que parece.

  2. O governo que não ganhou eleições com ministros do governo socialista que levou o pais a banca rota.. Governa.se…nós povo continuamos a pagar ainda impostos maiores do que no tempo da troika…Exemplo. Iva na eletricidade 6% para 23% Quando é revertido..a troika já não CA está…. Ha muitos motivos para protestar

RESPONDER

Jovem de 19 anos morre atingido por disparos durante protesto pela morte de George Floyd

Um jovem de 19 anos morreu depois de alguém que seguia num carro ter disparado sobre uma multidão de pessoas que protestavam contra o homicídio do afro-americano George Floyd, indicou uma porta-voz da polícia de …

O campo magnético da Terra está a enfraquecer misteriosamente

Novos dados de satélite da Agência Espacial Europeia (ESA) mostram que o campo magnético da Terra está a enfraquecer entre África e a América do Sul. O enfraquecimento do campo magnético da Terra está relacionado com …

Morreram os primeiros dois capacetes azuis vítimas da covid-19

Dois militares da força de manutenção da paz das Nações Unidas no Mali morreram devido à covid-19, os primeiros entre cerca de 100.000 soldados e polícias destacados em 15 missões no mundo. "Infelizmente, ontem [quinta-feira] e …

Asteróide que dizimou os dinossauros atingiu a Terra no "mais mortífero ângulo possível"

O asteróide que dizimou os asteróides e 75% de todas espécies à face da Terra há 65 milhões de anos atingiu a Terra no "mais mortífero ângulo possível", concluiu uma investigação do Imperial College de …

O Sol pode ser fruto de um acidente galáctico entre a Via Láctea e uma galáxia anã

Uma pequena galáxia, chamada Sagitário, moldou a Via Láctea há milhares de milhões de anos: cada vez que passou perto da nossa galáxia, causou fortes explosões de formação estelar que podem até ter originado o …

Se diplomacia falhar, China admite uso de força militar para controlar Taiwan

A China vai atacar Taiwan se não houver outra maneira de impedir que este Estado se torne independente, disse Li Zuocheng, um dos mais importantes generais do país, esta sexta-feira. Esta será uma opção de …

Encontrada canábis e incenso em templo bíblico de Israel. Foram usados em ritos religiosos antigos

A análise do material em dois altares da Idade do Ferro descobertos na entrada do santuário "santo dos santos" em Tel Arad, no vale de Beer-sheba, Israel, contém canábis e incenso. Escavações anteriores revelaram duas fortalezas …

Funerárias de Nova Iorque processadas por guardarem cadáveres em camiões

Devido ao elevado número de mortes causadas pela covid-19, as agências Andrew T. Cleckley, DeKalb e Armistead Burial armazenavam os corpos nos camiões frigoríficos até ser possível realizar os funerais. Três processos foram movidos por, pelo …

"Never again". Estudantes nos EUA vão aprender mais sobre o Holocausto

Estudantes norte-americanos vão passar a aprender mais coisas sobre o Holocausto, numa altura em que os Estados Unidos enfrentam níveis cada vez mais altos de antissemitismo. De acordo com a revista Newsweek, o Presidente norte-americano, Donald …

Polónia vai ser o primeiro país a voltar a ter adeptos nas bancadas

A Polónia vai ser o primeiro país a voltar a ter adeptos nas bancadas. Os estádios vão poder ter 25% da sua capacidade preenchida, anunciou o primeiro-ministro. De acordo com o jornal online Observador, a liga …