Governo cria empresa pública para gestão da floresta

Manuel de Almeida / Lusa

O ministro da Agricultura, Capoulas Santos

O ministro da Agricultura anunciou, esta terça-feira, a criação de uma empresa pública para a gestão da floresta, com cabimento no Orçamento do Estado para 2018 (OE2018).

Na discussão na especialidade da proposta do OE2018, Capoulas Santos recordou as recentes aprovações das entidades de gestão florestal e dos incentivos para a gestão florestal e anunciou que se “pretende ir mais longe”, pelo que o Governo “decidiu e, terá expressão no Orçamento, uma empresa pública para a gestão da floresta“.

“Queremos que o Estado avance como exemplo e possa ter uma atitude mais proativa e que poderá demonstrar à sociedade civil de como é possível gerir com os novos instrumentos”, justificou.

“Esta empresa não se destina a gerir matas públicas. É uma empresa que se vai colocar no mercado como uma entidade de gestão florestal, com o principal objetivo de arrendar ou comprar terras, sobretudo na pequena propriedade para ganhar dimensão”, explicou o ministro no Parlamento.

Em resposta na segunda ronda de questões dos parlamentares, que somou 85 minutos, o governante respondeu ainda que o orçamento para a nova empresa “vai ser o capital social para o arranque que vai ser colocado pelo Ministério das Finanças”, um valor que será inscrito na versão final do OE2018.

O ministro precisou ainda que cerca de dez mil agricultores, “até há dois dias”, manifestaram, nas direções regionais, os prejuízos provocados pelos incêndios de outubro, ou seja, “antes mesmo de abrirem as candidaturas” para apoios.

Até ao fim do mês decorrem as candidaturas para os pequenos agricultores e até 15 de dezembro para os agricultores com prejuízos acima de 1.053.

Os prejuízos entre os 1.054 euros e os cinco mil euros serão suportados a 100%, enquanto entre os 5.001 e 50 mil euros, a compensação será 85%, recordou o ministro, referindo até aos 400 mil será a 50%.

As medidas serão aplicadas retroativamente aos incêndios de julho, agosto e setembro, notou ainda, sublinhando que não haverá nenhuma exigência de seguro.

Aos deputados, o ministro referiu ainda os apoios à alimentação animal e que, no âmbito do concurso de reestruturação da vinha, num montante 25 milhões de euros, serão cativados cinco milhões de euros para a recuperação das vinhas dos 41 municípios atingidos pelos incêndios.

Na quarta-feira será ainda iniciado o fornecimento de 70 toneladas de açúcar, através das associações de apicultores, para a alimentação de abelhas durante o inverno.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Pronto… lá vêm mais tachos suportados com o dinheiro dos nossos impostos. Sempre a criar empresas e mais empresas e mais empresas e mais empresas para lá colocar os arrebanhados da University of White Castle…

    • Por acaso até acho que a coisa é outra e estava a prever isso desde o aparecimento de ‘catátrofes:
      Há muito que se sabe que é preciso correr com as pessoas para as cidades. E o campo pertencer todo ao estado. Isto são ordens de cima. E é válido para todo o mundo ocidental. Quando às implicações desse detalhe pensem um bocadito. Desertificação não tem solução? Pois, nem é para ter. Ordens de cima.

RESPONDER

Família de Prince vai processar hospital que tratou músico dias antes de morrer

A família apresentou o processo por morte por negligência contra um médico e um farmacêutico do Trinity Medical Center, nos Estados Unidos, o hospital que assistiu Prince antes de morrer. Os herdeiros de Prince vão processar …

Acordo suspende julgamento de Rúben Semedo por crime de agressão

O julgamento do futebolista português do Villarreal, por uma alegada agressão no exterior de uma discoteca, foi suspenso, esta terça-feira, para as duas partes chegarem a acordo. Rúben Semedo, de 23 anos, é acusado de agredir …

250 padres vão aprender a exorcizar no Vaticano

Cerca de 250 padres, vindos de 50 países, chegaram a Roma para, entre outras coisas, aprender a identificar uma "possessão demoníaca", ouvir testemunhos de colegas e conhecer os rituais para a "expulsão de demónios". A prática …

Santa Maria impedido de formar internos de otorrino

A Ordem dos Médicos decidiu que o Hospital Santa Maria, em Lisboa, fica impedido de formar internos na especialidade de otorrinolaringologia, confirmou à Lusa o presidente do colégio de especialidade. Artur Condé disse que, "até nova …

Maçã fatiada na mala de mão valeu multa de 500 dólares a passageira

500 dólares, ficar sem o visto "global entry" e ter de ser revistada para o resto da vida foi o preço que Crystal Tadlock teve de pagar por levar uma maçã fatiada na mala de mão. Crystal …

Ex-Presidente Bush hospitalizado um dia após funeral da mulher

O ex-Presidente norte-americano, de 93 anos, foi hospitalizado no Texas no domingo, um dia após as exéquias da mulher, devido a "uma infeção que se disseminou no sangue". "O Presidente Bush foi admitido no hospital Houston …

IKEA avisa clientes por lapso no fabrico de placa de fogão

Uma falha no injetor de um dos bicos de uma placa de fogão vendida pelo IKEA levou o grupo sueco a pedir aos clientes que tenham comprado o produto antes de 1 de janeiro deste …

PS pressionado pelo governo brasileiro por causa de Lula. "É tudo falso"

O professor Boaventura de Sousa Santos garante que Ana Catarina Mendes, faltou a um evento solidário por pressão do governo brasileiro. "É falso", desmente a secretária-geral adjunta do PS. Boaventura Sousa Santos, diretor do Centro de …

Bruxelas multa Altice em 124 milhões de euros por compra da PT Portugal

A Comissão Europeia sanciona a multinacional Altice com o pagamento de uma multa de 124,5 milhões de euros por violação das regras comunitárias, no âmbito da compra da PT Portugal, operação que concretizou antes da …

Com 12 anos, apanhou um comboio, dois aviões e foi para Bali sozinho

Drew, nome fictício, é um menino de 12 anos, natural de Sydney que não gostou de ouvir a mãe a dizer não a uma viagem a Bali. Pôs os pés ao caminho e foi sozinho. Drew, …