Governo britânico vai pagar a infetados com covid-19 para que fiquem em casa

number10gov / Flickr

O ministro da Saúde do Reino Unido,Matt Hancock

Os cidadãos infetados com covid-19 vão ter direito a uma prestação do Estado para ficarem em casa, um apoio destinado a pessoas com baixos rendimentos.

O Governo britânico tem dados que indicam que a falta de rendimentos das famílias é um dos principais motivos para os infetados não cumprirem a quarentena. Por esse motivo, as pessoas infetadas com o novo coronavírus vão ter direito a uma prestação do Estado para ficarem em casa.

Segundo o The Telegraph, o apoio, que vai começar a ser atribuído a partir do dia 1 de setembro, vai começar por aplicar-se apenas às pessoas com baixos rendimentos nas regiões que tenham regras especiais de isolamento, como Birmingham, Greater Manchester, partes de Lancashire, Leicester, Luton e Northampton.

Esta iniciativa vai ser testada em Blackburn, Pendle e Oldham, para já. Caso produza os efeitos pretendidos, será depois alargada às áreas onde a infeção está mais ativa. O Observador destaca que o apoio pode mesmo vir a aplicar-se a todo o país, caso exista uma segunda onda no próximo inverno.

O Objetivo é evitar que os infetados saiam para trabalhar. O incentivo será de 132 libras (cerca de 150 euros) a quem tiver de ficar e casa 10 dias e 182 (200 euros) se o esse período for de 14 dias.

O modelo vai permitir compensar quem tem de ficar em casa porque está infetado, mas também quem com eles contactou. Isto significa que mais do que um elemento do agregado familiar vai poder recebê-lo já que não há limite ao número de atribuições por família.

Os destinatários do apoio terão de entregar comprovativos relativos a outros apoios sociais que estejam a receber, extratos bancários e a notificação recebida através da aplicação Test and Trace, do Serviço Nacional de Saúde, a provar a situação de infeção ou de contacto com um infetado.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Ex-agente sírio condenado na Alemanha por cumplicidade em crimes contra a Humanidade

A justiça alemã condenou, esta quarta-feira, um ex-membro dos serviços secretos sírios a quatro anos e meio de prisão por "cumplicidade em crimes contra a Humanidade" no primeiro julgamento no mundo ligado aos abusos atribuídos …

França pondera passaporte de vacinação e códigos QR para regresso à "normalidade"

O governo do Presidente francês Emmanuel Macron está a estudar formas de recuperar alguma normalidade, admitindo a implementação de passaporte de vacinação e soluções com código QR para cruzar fronteiras e ter acesso a restaurantes, …

Na Suíça, os jovens vão poder voltar a cantar. Nos EUA, teme-se o impacto da variante britânica

A Suíça vai avançar com a primeira fase de um plano de desconfinamento cauteloso. Nos Estados Unidos, a variante britânica preocupa. Depois de a Suíça ter proibido o canto em dezembro do ano passado, os jovens …

China e Singapura realizam exercícios navais conjuntos

As Marinhas de Guerra da China e Singapura informaram na quarta-feira que estão a realizar exercícios navais conjuntos, iniciativa que a diplomacia chinesa espera que contribua para uma aproximação do aliado asiático norte-americano às suas …

Austrália aprova lei e é o primeiro país a obrigar Facebook e Google a pagar conteúdos jornalísticos

O Parlamento da Austrália aprovou a lei que impõe à Google e ao Facebook o pagamento aos órgãos de comunicação australianos pela publicação dos seus conteúdos jornalísticos, a primeira legislação do mundo deste género. A lei …

Situação clínica de Alfredo Quintana é "muito grave"

Alfredo Quintana, guarda-redes de andebol, de 32 anos, sofreu uma paragem cardíaca num treino, na segunda-feira. Encontra-se internado no Hospital de São João, no Porto, e a situação clínica é "muito grave". A situação clínica …

Documentos mostram que assassinos de Khashoggi usaram aviões de empresa controlada pelo príncipe herdeiro

Documentos judiciais revelam que os dois jatos particulares usados ​​pelos supostos assassinos do jornalista Jamal Khashoggi pertenciam a uma empresa que, menos de um ano antes, tinha sido apreendida pelo príncipe herdeiro da Arábia Saudita. Os …

António Guterres agradece confiança do Governo português

O secretário-geral da ONU expressou, esta quarta-feira, agradecimento e humildade por receber o apoio oficial do Governo português para um segundo mandato e prometeu fazer de tudo para continuar a ser digno da renomeação. "O secretário-geral …

Israel identifica cidadãos que não foram vacinados. Na Galiza, quem recusar vacina arrisca multa

O Parlamento israelita autorizou esta quarta-feira o Ministério da Saúde a comunicar às entidades públicas do país as identidades de pessoas não vacinadas contra a covid-19, levantando preocupações sobre a privacidade dos cidadãos que recusam …

Testes por saliva usados em eventos-piloto antes de festivais de verão

Os agentes ligados a festivais e concertos e a Direção-Geral de Saúde (DGS) vão realizar várias experiências-piloto para se perceber em que moldes se podem concretizar os festivais de música no verão. Uma das ideias é …