Governo britânico vai pagar a infetados com covid-19 para que fiquem em casa

number10gov / Flickr

O ministro da Saúde do Reino Unido,Matt Hancock

Os cidadãos infetados com covid-19 vão ter direito a uma prestação do Estado para ficarem em casa, um apoio destinado a pessoas com baixos rendimentos.

O Governo britânico tem dados que indicam que a falta de rendimentos das famílias é um dos principais motivos para os infetados não cumprirem a quarentena. Por esse motivo, as pessoas infetadas com o novo coronavírus vão ter direito a uma prestação do Estado para ficarem em casa.

Segundo o The Telegraph, o apoio, que vai começar a ser atribuído a partir do dia 1 de setembro, vai começar por aplicar-se apenas às pessoas com baixos rendimentos nas regiões que tenham regras especiais de isolamento, como Birmingham, Greater Manchester, partes de Lancashire, Leicester, Luton e Northampton.

Esta iniciativa vai ser testada em Blackburn, Pendle e Oldham, para já. Caso produza os efeitos pretendidos, será depois alargada às áreas onde a infeção está mais ativa. O Observador destaca que o apoio pode mesmo vir a aplicar-se a todo o país, caso exista uma segunda onda no próximo inverno.

O Objetivo é evitar que os infetados saiam para trabalhar. O incentivo será de 132 libras (cerca de 150 euros) a quem tiver de ficar e casa 10 dias e 182 (200 euros) se o esse período for de 14 dias.

O modelo vai permitir compensar quem tem de ficar em casa porque está infetado, mas também quem com eles contactou. Isto significa que mais do que um elemento do agregado familiar vai poder recebê-lo já que não há limite ao número de atribuições por família.

Os destinatários do apoio terão de entregar comprovativos relativos a outros apoios sociais que estejam a receber, extratos bancários e a notificação recebida através da aplicação Test and Trace, do Serviço Nacional de Saúde, a provar a situação de infeção ou de contacto com um infetado.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Recolher obrigatório, limitação horária nos restaurantes e restrições por concelho podem acabar hoje

Na reunião de terça-feira no Infarmed, os peritos concluíram haver condições para começar a aliviar algumas das medidas restritivas em vigor. Em Conselhos de Ministros, que se irá realizar hoje, o Governo irá definir novas …

Alerta de tsunami no Alasca depois de sismo de magnitude 8.2

A península do Alasca, a oeste dos Estados Unidos, foi atingida por um sismo de magnitude 8.2 na noite de quarta-feira (7h15 de quinta-feira em Lisboa) e já foi lançado um alerta de tsunami na …

Conselho de Ministros reúne-se para discutir próximos passos no desconfinamento

O Conselho de Ministros reúne-se esta quinta-feira para decidir os próximos passos no processo de abertura do país, dois dias depois de especialistas terem sugerido a evolução das medidas de restrição de acordo com a …

Capacete magnético mostra-se eficaz na redução de tumor cerebral

O diagnóstico de um cancro é sempre complicado, mas há partes do corpo onde a presença da doença pode ser mais ameaçadora. É o caso do glioblastoma, um tipo de cancro cerebral, que se não …

Engenheiros japoneses fizeram levitar objectos com "armadilha acústica"

Engenheiros japoneses descobriram uma forma de fazer pequenos objectos levitar usando apenas ondas sonoras, o que pode ser um passo importante para a tecnologia. A engenharia biomédica, o desenvolvimento de farmacêuticos e a nanotecnologia podem vir …

Juno fez a maior aproximação a Ganimedes das duas últimas décadas (e as imagens são de cortar a respiração)

A NASA divulgou, recentemente, um vídeo da sonda Juno a passar por Júpiter e Ganimedes, uma das suas luas. As imagens são de cortar a respiração. Juno visitou Ganimedes em junho. As imagens foram captadas no …

Homicídio com 32 anos resolvido com a menor amostra de ADN de sempre

Um caso de homicídio ocorrido há 32 anos, que muitos consideraram impossível de ser resolvido, foi finalmente desvendado (e tudo graças à amostra de ADN mais pequena de sempre usada para decifrar um caso). De acordo …

Braços robóticos controlados remotamente podem vir a realizar cirurgias delicadas

Um equipa de investigadores está a trabalhar para eliminar movimentos rígidos nos braços robóticos, de modo a torná-los mais ágeis. O objetivo é que no futuro estes possam empilhar pratos ou até realizar cirurgias delicadas. Os …

Alemão foi forçado a remover estátua do pai por esta se parecer com Hitler

Um alemão foi obrigado a retirar uma figura de madeira de um cemitério, que seria para homenagear o seu falecido pai, por ter semelhanças com o antigo ditador nazi. As autoridades do município de Weil im …

Podcast evita morte de um condenado (seis vezes)

Curtis Flowers foi julgado seis vezes pelo mesmo promotor de justiça. Um programa de investigação mudou o seu destino. O promotor continua a acreditar que Curtis é culpado. A própria equipa responsável pelo 60 Minutes, programa …